História Cas agora é um bebê? - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Bobby Singer, Castiel, Dean Winchester, Sam Winchester
Tags Cas
Visualizações 93
Palavras 1.232
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


DEMOROU MAS TÁ AÍ!
Gente que capítulo gostoso.
Desculpe os erros.

Capítulo 6 - Mas já?


Fanfic / Fanfiction Cas agora é um bebê? - Capítulo 6 - Mas já?


Gabriel e Sam estavam lidando muito bem com o sentimento, que até então, era desconhecido para o castanho. Dean estava gostando da ideia do arcanjo como seu cunhado. Castiel, por sua vez, estava visivelmente maior. As roupas que Sam comprou para ele já não serviam mais. Ele estava crescendo.

Passado uma semana desde a declaração de Gabriel para Sam, Dean decidiu levar seu pequeno para comprar mais roupas. Castiel adorava passear, principalmente quando envolvia compras. Ele queria levar tudo que via, mas Dean o controlava, ele fazia biquinho pelo repreendimento,  mas logo esquecia.

Gabriel ficou na casa de Bobby com Sam, já que Bobby havia saído com Jody Mills. 

Sam estava sentado na mesa do escritório de Bobby, olhando algumas fotos de Dean e Cas no Notebook. Gabriel estava sentado em cima da mesa com um pirulito na boca, olhando o teto. O maior o olhou e comentou:

-Gabriel. Você vai... Uhm... Trazer Castiel de volta ao tamanho normal?

-Se vocês quiserem eu trago. -Ele virou sua cabeça para Sam e sorriu de lado. Sam retribuiu.

-É que bom, eu gosto do Baby Cas, e o Dean AMA ele, mas acho que já está na hora dele voltar ao normal. Faz um tempo que não vamos à caça por causa dele. -Sam não falava aquilo por mal, ele gostava do Castiel assim, mas se eles quisessem voltar ao trabalho, não poderia ser com Cas daquele jeito.

-Você acha que seu irmão vai concordar, meu bem?

-Não custa tentar perguntar, não é?

Gabriel abriu um sorriso malicioso para Sam, que tinha voltado seu olhar para as fotos. Gabriel engatinhou por cima da mesa até chegar próximo ao rosto do moreno, que percebeu a aproximação e fechou o Notebook, olhou para o castanho, suas pupilas estavam tão dilatadas que quase não era possível ver sua íris, Sam amou aquilo. Segurou na cintura de Gabriel e o trocou de lugar com o Notebook em seu colo. O castanho começou a beija-lo intensamente, sendo retribuído bem.

O tempo parecia estar parado. Tudo parecia se resumir naquele beijo, naqueles toques e em como se amavam. Estava tudo perfeito, nada poderia estragar aquele momento só deles.

-Mas por quê, Dean? -Foi audível a vozinha de Castiel do outro lado da porta. Em uma fração de segundo, Gabriel estava novamente em cima da mesa.

-Já te disse, Cas. Sam não é a mamãe só porquê ele tem cabelo grande. -Dean entrou na sala com Castiel, que segurava um lindo pirulito colorido em uma mão e na outra uma rosa murcha. Dean carregava três sacolas, com estampa listrada, em uma mão. O loiro finalmente olhou para Sam e Gabriel e percebeu expressão séria deles, sabia que teriam que conversar.

-Dean, precisamos falar sobre Castiel... -Gabriel falou, não tirando os olhos de Dean, que entrou em pânico.

-Eu quero ele assim! Ele não pode mudar! -O loiro se colocou na frente de Castiel, numa posição defensora, como se fossem atacar Cas a qualquer momento.

-Entenda, irmão, eu também gosto do Castiel assim, mas nós praticamente nos aposentamos por causa dele. Temos que voltar a ativa! E se alguma coisa resolver mata-lo? Ou matar a gente? Vamos protege-lo ou vamos matar a coisa? -Sam dizia com aquela sua típica expressão de filhote. A posição defensora de Dean foi desaparecendo, até que ele se abaixou e  abraçou Castiel. O menino fechou os bracinhos em volta do loiro e falou quase num sussurro;

-Dean, deixa eu voltar, vai ser melhor.

Sam e Gabriel se aproximaram tentando ouvir melhor Castiel. Dean descolou seus corpos e perguntou se ele tinha certeza disso, ele fez que sim rapidamente. 

Lágrimas saíram dos olhos de Dean enquanto ele se afastava de Castiel, dando espaço para Gabriel passar. Sam puxou seu irmão com um único braço, confortando-o. 

Gabriel se aproximou de Cas num movimento rápido, fechou os olhos tocando no menino, uma luz forte invadiu a sala revelando novamente as asas do arcanjo, os Winchester's fecharam os olhos, mas Castiel continuava olhando seu irmão como se ele já estivesse acostumado (e estava).

A luz cessou. Dean e Sam abriram os olhos, olharam para Castiel, ele continuava o mesmo. Olharam para Gabriel, seu rosto estava sereno. Virou-se para os Winchester's e disse:

-Se ele não voltou ao normal agora, voltará daqui, no máximo, quatro horas. -Sam pegou o celular e viu as horas.

-Agora é 19:47. Até às 23:47 ele volta. 

Castiel foi até Sam e lhe entregou a rosa, o moreno sorriu e agradeceu, e então ele foi até Dean, parou em seu pé e olhou para seu rosto.

-Eu to com sono. -Dean nada disse, apenas o pegou no colo e foi até a escada, mas parou com Gabriel correndo atrás deles dizendo:

-Ei! Ei! Ei! Parados! -Castiel levantou o olhar para seu irmão e Dean permaneceu imóvel -Você vai dormir com esse pirulito aí? -Ele e Cas sorriram bobos, até que ganhou o doce.

                   ___..___

~DEAN 

Dei um banho em Castiel. 

Coloquei nele um pijama de ursinho azul que eu havia comprado hoje, e decidi vestir por cima seu sobretudo. Ele ficava lindo naquela coisa gigantesca.

Eu me sentia triste, mas animado. Era essa confusão de emoções na minha cabeça. Preferi ficar calado e Castiel parecia saber disso, pois ele ficou quieto também.

Coloquei ele na cama e o cobri com uma manta de veludo. Ele parecia confortável, estava calmo, deitou e já fechou os olhinhos. Mas quando não me sentiu, se sentou rapidamente. Ele tinha se acostumado a dormir comigo.

-Deita comigo. -Seus olhinhos estavam quase caindo, decidi não fazer ele esperar mais. Me deitei ao seu lado e o evolvi em meus braços. Ele se aconchegou, vindo mais perto, e em questão de segundos, adormeceu.

Eu tive um dia cheio com meu pequeno, que daqui a pouco não vai ser mais pequeno... E talvez nem mais meu! Senti o sono me pegando, eu não queria dormir, mas foi inevitável. Adormeci tão rapidamente quando Castiel. 

Não tive sonho. Somente adormeci. Nada mais.

                   ___..___ 

-Olá, Dean! -Eu já sabia quem era. 

Abri os olhos rapidamente é lá estava ele. Castiel, meu anjo. Ele estava tão lindo! Seus olhos azuis brilhavam ainda mais, seu rosto estava pálido e seus cabelos negros estavam bagunçados, isso me deixava louco!

-Castiel! -Sorri ao vê-lo. Ele pulou em cima de mim, me abraçando fortemente, fazia isso quando era pequeno, SÓ QUE NÃO ME ESMAGAVA! -Cas... Você está me... Esmagando... -Tentava falar em meio ao seu esmago. Ele saiu de cima de mim e sorria radiante.

-Muito obrigada por cuidar de mim, Dean. Eu estou realmente feliz por ter voltado ao meu tamanho normal. -Não sabia que ele podia lembrar. 

Eu só queria chegar até ele e abraça-lo, vestir roupas de abelhas e ursos, cantarolar Hey Jude, pegar ele no colo até adormecer, brincar de cosquinhas, e ama-lo. Principalmente ama-lo.

-Você ainda pode fazer isso. Bom... A metade disso, 'né. -Ele falava um pouco envergonhado. Maldita hora dele poder ler pensamentos! Olhei para sua face corada, querendo só segurar ela entre minhas mãos e o beijar. Fiquei mal por sentir isso, pois até duas horas atrás ele era um bebê.

Castiel se aproximou quando viu meu sorriso, pousou seu braço no meu pescoço e me beijou.

MEU DEUS! EU ESPEREI TANTO POR ISSO! 

Beijei ele com tanta delicadeza,  tomando o maior cuidado em cada lugar que eu relava, mas ele parecia desesperado como se sua vida dependesse daquele beijo, e eu gostei. Gostei como nossas emoções opostas se encontraram, formando uma coisa tão linda! Tão única! 

Esse dia não poderia ficar melhor, não tinha como!












Notas Finais


Beijoss❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...