História Casa dos shipps - Capítulo 19


Escrita por: ~ e ~Nija15

Exibições 345
Palavras 874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Survival, Suspense
Avisos: Adultério, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Semana de prova é foda, ainda mais as finais

Capítulo 19 - Desculpe me


Pov-Nija

.............má idéia - estava falando com a Cfrisk, que está triste

Cfrisk: Pelo menos ele ta em casa?

nija: ............não

Cfrisk: Por que eu fui fazer isso? Agora eu não sei onde encontrar ele

nija: ................Uma hora ele iria contar.....................mas ele nunca gostou de ser forçado............por que você queria saber tanto assim?

Cfrisk: Eu só queria saber melhor sobre ele

nija: ......................ele vai ir na inauguração do novo restaurante

Cfrisk: Como você sabe?

nija: ..........................Eu conheço ele desde criança e sei que ele não perderia uma coisa dessas

Cfrisk: Ele não vai vim aqui antes disso não?

nija: .................ele ta ajudando o sans a reviver o gaster............provavelmente não

Cfrisk: Eu preciso falar com ele

nija: .................má idéia²

Cfrisk: Por que?

nija: .................ele precisa de um tempo pra pensar

Cfrisk: ..................eu não quero que nosso namoro acabe

nija: ........nem eu

Pov-Diogo

ai minha cabeça.......hm? - eu vejo o gaster na minha frente - heh, heya gaster - eu e sans falamos juntos

gaster: Heya, parece que vocês precisam de respostas

~preguiça de escrever~

diogo: Posso perdoar ou......terminar

sans: Não use a segunda opção

gaster: Sans está certo, eu sei que seu passado foi difícil, mas você ainda pode decidir o futuro

diogo: Valeu gente, não sei como agradecer

gaster: Não se preocupe, eu fui revivido e isso ja foi um grande favor

sans: Não faça genocidio de novo

diogo: Ok, parece que finalmente eu sei como é sentir felicidade, vou anotar mais um sentimento que eu despertei,ah e vai ter a inauguração do restaurante, você vai sans?

sans: Eu vou sim e você gaster?

gaster: Isso não seria um problema?

diogo: Não

gaster: Então eu também vou

diogo: Tchau gente - os dois se despedem de mim e eu me teleporto para casa e eu vou diretamente para o meu quarto, vou dormir, acordo 19:00 (1 hora para a inauguração) e eu vejo a Cfrisk abraçada em mim

Cfrisk: Eu não vou te deixar sair até você dizer se me perdoa ou não

diogo: Mas e a inauguração?

Cfrisk: E a gente?

diogo: ..................

Cfrisk: Eu não quero que acabe, não quero

diogo: Por favor sai dai

Cfrisk: Não - ela começa a chorar- não posso

diogo: Sai logo

Cfrisk: Não

diogo: Eu uso meus poderes e tiro ela do meu quarto e sussurro - eu ainda não decidi

Pov-Cfrisk ~30 minutos depois~

eu ainda estou meio triste, mas vou tentar parecer o menos triste possível no restaurante, fomos para a inauguração e como sempre no estilo: Limousine e muito bem arrumados, e o sans inventou de começar a cantar determination junto com a chara

diogo: Pena a musica vai parar pela metade - ele fala enquanto faz movimentos com a mão e sans está fazendo a mesma coisa, deve ser um tipo de língua com os movimentos

Cfrisk: O que vocês estão fazendo? E eu estou me referindo a esses movimentos

diogo: Falando em uma língua diferente, por que?

Cfrisk: O que vocês estavam falando

diogo: Estávamos falando sobre uma pessoa

Cfrisk: E quem seria?

sans: É uma pessoa, vamos mudar de assunto

Cfrisk: Quem é?

diogo: Como eu vou saber?

sans: Nem eu sei

Cfrisk: É mentira - nessa hora só ficou eu sans e diogo dentro da limousine

diogo: Sans, ☢⚜✳�� - que?

sans: Ok - ele sai da limousine

Cfrisk: O que você disse?

diogo: ☢⚜✳�� - ele faz a mesma posição de quando o sans faz uma piada

Cfrisk: Por que você está guardando segredo e não conta pra min?

diogo: É complicado - de novo isso

Cfrisk: É por causa daquilo? Você ainda está bolado com isso?

diogo: Eu nunca fiquei bolado com você descobrindo parte do meu passado

Cfrisk: Eu só quero que você me perdoe

diogo: Mas eu te perdoo

Pov-Diogo

ela pula em cima de mim me dando um abraço e dizendo obrigado mas quando eu estava saindo do carro com ela em cima...

Cfrisk: Vamos fazer mais uma vez diogo? - essa gatinha estava manhosa

diogo: Não quero fazer aqui na limousine

Cfrisk: Ah seu chato, vamos logo e mais uma coisa - ela me beija e depois do beijo longo eu carrego ela no colo até o resto do pessoal

sans: Boa

diogo: E ela?

sans: Ja dei um jeito

Cfrisk: Quem?

diogo: Surpresa

Cfrisk: Ok - ela sai de cima de mim e cortaram a fita vermelha, todo mundo vai para os lugares e claro que eu fico sozinho com a Cfrisk

diogo: Vai querer o que? - tava tudo de graça

Cfrisk: Não sei, mas eu quero um doce - eu chamo o garçom e peço um sundae BEM grande e quando chega nós comemos tudo

diogo: Ainda não estou cheio

Cfrisk: Como assim? Eu to muito cheia

diogo: Ok ta na hora

Cfrisk: Na hora do que? - todas as luzes se apagam e aparece um holofote botando em cima de uma pessoa muito conhecida por vocês - não pode ser

diogo: Essa é a surpresa - e deu pra ouvir muita gente gritando o nome dessa pessoa, mas quem gritou mais alto foi a mettaton

mettaton: ALPHYS - ela estava numa viagem a trabalho e poucas souberam que A melhor cientista do mundo voltaria hoje

alphys: O-o-oi g-gente

CONTINUA


Notas Finais


Nija: .............................................................................acabou


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...