História Casada por engano. - Capítulo 10


Escrita por: ~ e ~GarotadoMalikkk

Postado
Categorias Erik Durm, Marco Reus
Exibições 134
Palavras 476
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie meus biscoitos aí vai mais um capítulo,espero que gostem ^^

Capítulo 10 - Eu não sei viver sem você.


//Violet//

Por dentro eu estava um caquinho mas eu tinha que me manter forte pelo Erik,pelo meu pai e e pela Sophie e principalmente pela minha filha.Esperei para que Reus e Sophie chegassem em casa para contar a ''novidade'' para meu pai e irmão.

-Eu preciso conversar com vocês.-falei assim que Sophie e Reus chegaram.

-O que foi?-meu pai perguntou curiosa.

Eu respirei fundo fechando meus olhos,senti a mão de Erik se entrelaçando a minha o que me deu forças para contar.

-Eu estava provando o meu vestido de noiva e eu passei mal,eu e a Sophie pensávamos que era fome porque eu estava com fome,então chamamos o Erik para almoçar.Quando acabamos fomos direto ao hospital para ter certeza que estava tudo bem,o médico fez alguns exames e descobrimos que eu tenho um tumor no cérebro e ele é inoperável.-falei.

-O que?-meu pai falou confuso.

-Isso..isso é sério?-Reus perguntou sério.

-Eu tenho câncer.-repeti olhando para eles.

-Não,não pode ser.-meu pai falou andando de um lado para o outro passando as mãos pelo cabelo de um jeito nervoso.

-Vai ficar tudo bem pai.-falei levantando e o abraçando na tentativa de acalmá-lo.

Ele me abraçou forte como se ele estivesse me acalmando,depois de um tempo senti mãos em minhas costas eu abri meus olhos que só então percebi que estavam fechados encarando a Sophie que estava nos abraçando e depois de um tempo estava envolvida em um grande abraço inclusive o Reus também estava nesse abraço.

Depois de um tempo nós nos separamos e eu prometi para todos que eu iria ficar bem,eu resolvi descansar um pouco enquanto Sophie iria preparar um lanche para nós.

-Eu vou com você.-Erik falou enquanto eu subia as escadas.

-Tudo bem.-falei.

Nós ficamos em silêncio até chegarmos no quarto,Erik parecia impaciente querendo me contar algo.

-O que foi?-perguntei querendo acabar com o silêncio agoniante entre nós.

-Eu não quero que você morra.-ele falou com os olhos cheios de água o que partiu meu coração.

-Eu não vou.-falei o abraçando forte.

-Eu te amo muito.-ele falou chorando.-E eu simplesmente não consigo viver sem você.

-Eu prometo,farei o possível para ficar com vocês.-falei me esforçando ao máximo para não chorar.

-Eu não sei viver sem você.-ele falou me abraçando ainda mais forte.

-Erik me escuta.-falei me afastando um pouco dele só para olhar em seus olhos.-Se eu morrer.

-Não.-ele falou desesperado.

-Erik.-falei firme segurando seu rosto.-Se eu morrer,você vai cuidar da nossa filha e vai dar muito amor para ela e vai dizer que a mãe dela a amava muito.-falei e ele assentiu antes de me abraçar de novo enterrando o rosto em meu pescoço.

-Eu te amo.-ele falou baixinho o que me fez rir.

-Eu te amo.-falei e ele me beijou,era um beijo lento mas cheio de paixão,eu e Erik deitamos na cama e ficamos abraçados até que eu adormeci em seus braços.


Notas Finais


Então o que acharam?Por favor comentem meus amores.
Beijos e até a próxima :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...