História Casadas por Contrato (Camren G!P) - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camreng!p, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Laureng!p
Exibições 1.215
Palavras 1.085
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


é isso mesmo vcs não leram errado : PAPAI DO GÊNERO MASCULINO.

Eu acho ridiculo e já cometi esse erro em uma fic gip, tipo o personagem intersexual ser chamada de papa, eu não acho maneiro.
Mais não é a Lauren que vai ser pai Ahhhh leiam ai.

Capítulo 37 - Você sera papai!


Narração Lauren:

Me despertei sonolenta nesta manhã de segunda, e por dizer quem acorda animado em uma segunda feira?

Esfreguei meus olhos com o objetivo de me dar mais visibilidade, e procurei Camila de meu lado, fato que não a encontrei, a esse mesmo instante meus ouvidos escutaram barulhos de descargas vindo do banheiro e alguns choramingos, voei da cama ainda desnuda com as minhas roupas intimas.

-Camila? Bati na porta do banheiro a chamando, não obtive resposta, puxei a maçaneta e abri a porta! –Meu amor, oque esta acontecendo? Arregalei os olhos fitando Camila de joelhos a frente do vaso sanitário –Esses enjoos outra vez?

-Sim Lauren, eu não estou aguentando mais isto. Afirmou com a voz mansa –Tudo que eu como volta.

-Vamos para o hospital. Disse segurando suas mãos.

Camila negou com a cabeça, aceitando minha ajuda para se levantar. –Temos que trabalhar hoje amor.

-Sua saúde em primeiro lugar Camz.

-Eu já estou bem, os enjoos passam.

-Tem certeza?

-Tenho amor, vai se arrumar não se preocupe comigo! Rosnou indo até a pia do banheiro lavar seu rosto.

-Como pode me pedir para não me preocupar com você Camila, impossível. Deixei um beijo em seu pescoço e me afastei, me direcionando até meu armário, escolhendo alguma roupa para ir para o trabalho.

E como de costume optei por um terno, branco e sapatos sociais.

Narração Camila:

Assim que eu e Lauren tomamos nosso café da manhã, seguimos para a empresa, Lauren parece inquieta dirigindo, algo esta acontecendo até porque já conheço algumas de suas manias, e quando ela esta nervosa suas pernas dispara em um tique nervoso, e é exatamente isso que esta acontecendo.

Me virei um pouco de lado ao banco do passageiro e coloquei uma de minhas mãos na coxa da minha esposa –Lo, porque está nervosa? A encarei.

Esta que continuou seu foco no volante – Tem uma coisa acontecendo Camila.

Meu coração se resfriou amedrontado –Oque meu amor?

-Nada muito importante, so que a Demetria está abrindo uma empresa na frente da Aniston Jauregui.

Mordi meu maxilar frustrada –Para ficar mais perto de você obvio. Zonei tirando minha mão de sua coxa.

-Claro que não Camila.

-Há não Lauren, que interesse essa mulher teria se não fosse ficar perto de você? A encarei outra vez!

-Ela quer me derrubar Camila, derrubar a empresa e tudo que se liga a mim, pois duvido muito ela conseguir.

-Ela quer é ser fodida por você outra vez. Berrei com os cenhos franzidos.

-Como você se tornar infantil quando o assunto é Demi, Camila.

-Logico, como você queria que eu ficasse, quando se trata da sua ex puta?

-Já conversamos tanto sobre isso, não valeu de nada?

-Droga, eu vou arrancar o pescoço dessa galinha despenada. Constatei fechando os punhos.

-Para com esse ciúmes bobo, o negocio é muito mais serio que você pensa.

Suspirei aliviada em perceber que já estamos na frente da empresa, desfivelei o cinto e abri a porta do carro, e neste mesmo momento me arrependo, porque bati de cara com quem menos eu queria –Shawn.. Disse para mim mesma.

-Oi Camila. Ele disse franco parado a minha frente.

-Oque esta fazendo aqui? O questionei sentindo meu corpo ser abraçado por alguém, ou seja esse alguém é Lauren que me abraçou por trás, mesmo com vontade de arrancar o pinto dela eu não me afastei.

-Estou trabalhando, na montadora Lovato’S.

-A mais com certeza você estaria metido nesse rolo seu filho da mãe. Lauren rosnou soltando de mim e caminhando pequenos passos até Shawn, o segurando pelo colarinho.

-Lauren solta ele. Disse.

-Não ve que esse idiota, de bobo não tem nada Camila, escuta bem Mendes, eu vou acabar com você, vou acabar com a Demetria e com essa montadora ridícula,  você ira se arrepender de ter se juntado a ela, você ira se arrepender. O soltou se virando para mim –Vamos Camila. Rosnou pegando minhas mãos, seguimos até a portaria da empresa de mãos dadas, mesmo ao meu contra gosto, mais afinal Demi é inimiga de Lauren, eu não preciso me sentir insegura. Por mais que eu ainda sinto-me assim.

-Me desculpa Lo, eu sou uma infantil não é? A questionei enquanto esperamos o elevador para o segundo piso.

-Eu te entendo, mais que fique tudo muito bem esclarecido meu amor, a única coisa que eu quero é derrubar a Demetria, e por suposto não vejo porque também não o, Shawn.

-Shawn está sendo mal caráter, ele se juntou a essa piranha por birra, e tanto o desconsidero o grande amigo que ele foi algum dia. Apoie minha cabeça em seu ombro, entrelaçando meus braços envolta de sua cintura.

(...)

‘Quase hora do almoço’ Exclamei em pensamentos assim que constatei a hora em meu celular, ou menos, eu nem precisaria conferir a hora, pois meu estomago já me avisa com grandes roncos solitários.

Lauren esta em uma prolongada reunião com Fernando e mais alguns sócios, pelo oque eu sei, é sobre a montadora rival.. E na verdade eu não faço nenhuma questão de saber sobre isso, peguei minha bolsa e sai da minha sala, bati o cartão de minha saída, e desci até o estacionamento, antes de Lauren ir para a reunião ela deixou as chaves do carro dela comigo. Desliguei o alarme e levei minha mão para abrir a porta.

No entanto não consegui por minha vista se escurecer e meu corpo tombar sobre o chão.

(...)

Narração Autora:

-Camila. Shawn gritou atravessando a rua as presas, segurou o corpo da latina caído ao chão, tocando seu rosto –Camila acorda. Resmungou, com pouca dificuldade conseguiu levantar a morena em seus braços e leva-la até seu carro a colocando no banco de trás, assim seguindo até ao hospital mais próximo.

(...)

Foram longos minutos agoniantes, a espera de alguma noticia de Camila, suas mãos nervosas soam dentro do bolso da jeans andando de um lado para o outro pelo corredor, ao levantar a cabeça fitou o medico, um homem um tanto gordo e careca de roupas brancas saindo do quarto com uma prancheta em mãos.

O rapaz auto e embranquecido caminhou até ao medico com ligeirice –Oque ela tem doutor? O questionou apreensivo.

-Parabéns meu jovem você será papai, sua esposa esta gravida. Zonou sorridente. Shawn sentiu seu corpo se esquentar em um calorão, fechando os punhos. –Oque foi rapaz, não parece feliz com essa noticia?

-Oh claro estou muito feliz, só não conte para ela agora, quero fazer uma surpresa. Sorriu sem mostrar os dentes, confuso.


Notas Finais


pena q o filho não é seu Shawn. AHHHHH PENA NAADA

PODEM GRITAR A MILA TA GRAVIDA SUAS FAROFENTAS! Para quem tava me atacando aqui, eu tentei menti mais vcs são muito espertas, mais tava obvio né


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...