História Casadas por Contrato (Camren G!P) - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camreng!p, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Laureng!p
Visualizações 1.840
Palavras 1.027
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom dia.

Um hotizinho de leve Ok?

Capítulo 41 - Lauren está metida nisso até o pescoço.


Narração Camila:

-Não Lauren. Disse autoritária sentada no tapete da sala enquanto minha esposa tenta levar mais uma colher de torta de maça ate minha boca, pois até aceitaria porque a torta de maça de Clara é excelente, porem já comi dois pedaços por tanto eu e meu bebe nos sentimos inteiramente satisfeitos.

-Camila só mais uma colher, meu filho sente fome sabia! Arqueou uma sobrancelha me encarando com o prato de torta em uma mão e na outra a colher.

Rocei meu nariz ao seu, e a dei um selinho longo e demorado –Nosso filho é tão pequeno amor.

-Mais tem que se alimentar, para que ele possa crescer.

Suspirei vencida abrindo a boca, e logo Lauren levou a colher com torta para dentro dela, mastiguei e em seguida a engoli –Já estamos satisfeitos não é meu amor! Acariciei minha barriga sorrindo.

-Já contou para seus pais? Me questionou espalhando beijos por meu pescoço até meu ombro.

-Ainda não, oque acha de darmos um jantar aqui em casa, para os seus pais e os meus e assim nós contamos.

-Eu não vejo porque descordar. Sussurrou acariciando meus cabelos –Afinal meu pai queria tanto um neto.

-Sim um neto, como Fernando é tão possessivo capaz dele rejeitar nosso bebe, se for uma menina.

-Oque importa Camila? -Eu e você estaremos aqui para dar todo o amor do mundo para ela, e além do mais Sinu e Alejandro serão os avos essenciais para minha filha.

Encachei minhas pernas envolta da cintura de Lauren, sentando em seu colo –Sabe Lo. Cochichei desfazendo os primeiros botões da camisa social dela –Eu estou louca. Cravei meus dentes em seus lábios deixando ali uma mordida bem avantajada.

-Louca é? Me perguntou com suas mãos massageando minhas coxas expostas pelo shorts pijama em que uso, Lauren grudou seus lábios em meu ponto de pulso e passou a maltratar minha pele, sua respiração bate contra meu ouvido oque me deixa ainda mais arrepiada. –Louca pelo oque Karla Camila? Afastei meu corpo ligeiramente, e colei nossos lábios, Lauren tirou as mãos de minha coxa a levando até minha cintura, a apertando. Suspirei fundo com nossas línguas em contato, enfiei as mãos entre os fios dos seus cabelos me ajeitando melhor meu corpo em seu colo. –Aqui mesmo? Soltou meus lábios entre seus dentes ofegante.

-E porque não? Disse terminando de desabotoar os botões da camisa dela, puis minhas mãos sobre os seios medianos de Lauren mesmo por cima do top preto os apertei percebendo minha esposa tragar saliva. –Quero tanto te sentir Lo. Resmunguei manhosa. Me levantando do seu colo. Lauren fez o mesmo puxando minha cintura com uma mão e a outra descendo meu shorts junto com a calcinha, me sentei no sofá de pernas abertas totalmente expostas para Lauren.

Esta que se ajoelhou enfrente a mim, abaixando sua cabeça contra minha intimidade.

Senti a língua fria dela se chocando com o meu ponto mais quente do corpo, Gemi eufórica por mais contato enquanto sua língua deslizou de meu clitóris até minha entrada e depois se afastou –Lauren. Choraminguei, agarrando seus cabelos a forçando com mim –Me chupa caralho. Disse e assim ela voltou ao seu trabalho.

(...)

-Isso cavalga na minha cara. Lauren tomou ar, e por isso dei mais intensidade aos movimentos frenéticos para frente i para trás, enquanto os lábios dela me chupam deliciosamente, e além do mais quando sua língua me penetra quando eu menos estou esperando. Pouco pude segurar o turbilhão de sensação me descarreguei em um orgasmos intenso.

-Haaa Lauren.. Rosnei com a voz rouca, e meu corpo quase sem força para me sustentar encima dela.

Me levantei do sofá com as pernas bambas, encarando minha esposa suspirando ofegante com o rosto brilhante, meu orgasmo deve ter sido tão forte que minha excitação escorreu pela face de Lauren.

(...)

Narração Lauren:

-Gostosa isso Camila uhh.. Apertei suas nádegas impregnando força e abaixando Camila para receber-me por inteira dentro dela. Assim comecei a estoca-la forte e dura.

-Porra Ohh. Minha esposa resmungou cravando as unhas em meu ombro doloridamente, pois quem se importa com a dor, quando o prazer é maior?

Soltei minhas mãos do seu traseiro arfando meu corpo e pausando meus movimentos –Cavalga em mim. Rosnei com os braços apoiados no acento do sofá.

Camila deu inicio aos movimentos frenéticos, merda tão bom tão gostoso.

(...)

Narração autora:

Jeniffer se virou de lado sobre a cama abraçada com o travesseiro de Fernando.

Pois este que demorou segundos para entra pela porta, caminhou até o criado mudo ao lado da cama do casal, retirando seu relógio de pulso e se sentando sobre a cama –Conversou com Lauren hoje? A mulher loura perguntou basicamente sem muito interesse.

-Sim tivemos uma reunião. Virou seu rosto de lado encarando a esposa.

-Ela aceitou, quer dizer a Camila aceitou?

-Eu não sei, mais isso não me importa, Lauren é minha filha e terá que fazer oque eu mandar!

-Também não é assim Fernando, agora que as meninas se intenderam e estão vivendo em harmonia você inventa essa historia maluca.

-Não é historia maluca Jeniffer, é a Aniston Jauregui que esta em jogo, e por mais mesmo eu estando aposentado sempre serei a primeira voz dessa empresa, pois tudo que nossa filha faz há falha no meio.

-Lauren em esses cinco anos conduziu a empresa muito bem.

-Você quis dizer, a Camila conduziu nossa empresa, porque Lauren ahh soltava a maioria da sua obrigação para ela.

-Fernando eu estou lhe pedindo, por favor deixa nossa filha e nossa nora viver em paz, haverá outra forma de resolvermos esse problema, até parece que somos incapazes de enfrentar nossos rivais cara a cara.

-Eu não sou incapaz Jeniffer, eu nunca fui incapaz, só quero o nome da minha família em instabilidade, sem precisar nos preocuparmos com artimanhas de fracassados.

-Não meta Lauren e Camila no meio disso.

-Ah Por favor. Se levantou com as mãos na cintura negando com a cabeça –Lauren está metida nisso até o pescoço, pois se não fosse por ela essa mulher estaria bem longe dos Aniston Jauregui, é uma mulher rejeitada Jeniffer quer a todo custo descarregar o seu rejeito. 


Notas Finais


Cade o nandão camren shipper?? Vai se lasca cara!

Pra avisar em pessoinhas: Larry vai entrar pra fic, sei que já teve uma pequena participação la no comecinho pois pretendo por eles fixos. Ok? Ahh bom domingo meus amores!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...