História Casadas por Contrato (Camren G!P) - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camreng!p, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Laureng!p
Exibições 1.142
Palavras 1.024
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 42 - Quem estava dentro daquele carro ?


Narração Camila:

Já são exatamente 11:52 de uma calorosa quinta feira, bom oito minutos para eu terminar meu trabalho, e quando estou pensando, mais um minuto se passou.

Foquei nos inúmeros números na tela do meu computador, os números de vendas dos carros montados pela Aniston Jauregui estão elevadíssimo, sem contar das inúmeras encomendas realizadas para o próximo mês.

Isso me da tanta raiva, essa puta ambição e cautela de Fernando, querer colocar Lauren, a minha esposa, para seduzir aquela vadia, eu jamais irei permitir. Amassei uma folha qualquer, encima da minha mesa depositando minha raiva saltitante sobre a simples folha branca de papel.

Minha porta se abriu como um assopro,  minha cabeça se levantou assustada encarando a porta –Vamos meu amor. Meu corpo se arfou com o paraíso a minha frente, o paraíso expressos sobre esses par de olhos verdes, tão linda, merda tão gostosa. Mordi meus lábios insano.

-Claro. Disse sem deixar de encara-la.

-Temos uma hora para almoçar, antes da consulta. Lauren disse.

Sim tenho uma consulta com uma ginecologista, logico tenho que saber como minha gestação ira prosseguir e tudo mais, afinal sou inexperiente sobre o assunto em ser mamãe. Me levantei pegando minha bolsa encima da mesa sorridente.

(...)

Almoçamos em casa mesmo, afinal Clara já esta fazendo algumas mudanças no cardápio pela chegada do nosso bebe, e por tanto me disse que desde do comecinho da gestação temos que cuidarmos porque o inicio é um  semestre muito importante.

. . .

-Eu vou falar com aquela estagiaria. Lauren se levantou negando com a cabeça. Até parece ser ela que está gravida, pois a medica está apenas cinco minutos atrasada e ela já esta tão agitada.

Tirei meu celular da bolsa para analisar a hora, 13:06 bom agora esta ginecologista esta me fazendo esperar um minuto a mais do meu nível de espera, ai meu Deus, o quanto calculista estou sendo, ou quer dizer o quanto calculista eu e Lauren estamos sendo, filhos nos fazem calculistas?

Guardei meu aparelho dentro da bolsa, e passei a fitar minha esposa conversando com a secretaria da doutora.

Narração Lauren:

-Ela avisou-me estar presa no transito i tambe... Os olhos da mulher a minha frente pararam atrás de mim –Há olha quem chegou. Deu um sorriso pequeno fazendo eu me virar, e encarar uma mulher alta de roupas brancas.

Fitei Camila sentada nas cadeiras de espera, fui até ela pegando sua bolsa –Vamos entrar meu amor. Sussurrei deixando um beijo em sua testa. –A medica estava presa no transito. A informei entrelaçando suas mãos com as minhas.

Narração Camila:

-Sua gestação esta quase cumprindo um mês Camila. A mulher loira disse escrevendo algo sobre uma folha. –Então por tanto, mantenha cuidado com o inicio é muito bom prevenir não carregar peso e nem se esforçar. –Muitas mulheres sofrem abordo no inicio da gravidez.

Traguei salivas, perder meu bebe, só de pensar nessa suposição já me da uma angustia infernal. –Isso jamais, seguirei todos os procedimentos. Afirmei.

-E como fica o fato dela trabalhar doutora? Lauren a questionou com a mão direita sobre minha coxa.

- Trabalha com oque Camila?

-Meu trabalho é tranquilo, trabalho sentada não há perigo. Exclamei

-Se é tranquilo não vejo problema, mais agora vamos falar sobre sua alimentação, irei passar uma lista de todos os bons nutrientes para ser ingeridos durante toda a gestação, esses primeiros anotados serão para o primeiro trimestre para fortalecer e estimular o desenvolvimento do bebe para que ele possa crescer saudável, e esses outros quando você cumprir os primeiros três meses irei te informar. Abaixou a cabeça e voltou a escrever sobre a folha.

(...)

-Não acho prudente você voltar para o trabalho hoje amor. Lauren disse assim que descemos a escada do consultório e seguimos em direção para a saída.

-Lauren, você escutou oque  a doutora disse, não tem problema eu trabalhar, relaxa meu amor ainda é o inicio. Suavizei esperando minha esposa abrir a porta do carro para mim.

-É que eu me preocupo, eu estou muito agitada com isso. Selou meus lábios antes de mim entrar no carro.

Narração Lauren:

Fechei a morta do passageiro e dei meia volta para a traseira do meu automóvel e em um piscar de olhos meu corpo foi jogado sobre a calça, fechei meus olhos rapidamente e em meus ouvidos inundou um barulho de pinel freado, e um cheiro de borracha queimada inalou por meu faro.

Abri meus olhos vagarosamente sentindo um peso em meu corpo, como se realmente uma pessoa tivesse encima de mim, e na realidade eu pude constatar que sim –Aquele carro estava te marcando. Disse um homem um pouco auto se levantando, pois um homem que não me é estranho –Lauren. Rosnou meu nome me ajudando a me levantar!

Limpei minhas mãos em minha calça –Eu te conheço han o pai da Carly? O questionei sorrindo apertando sua mão.

-Uma mão lava a outra um dia você salvou minha filha, e no outro eu lhe salvei. Disse –Louis, Louis Tomlinson. Assenti.

-Amor. A voz de Camila ecoou como um grito, correndo até a mim. A abracei entrelaçando meus braços envolta de seu corpo –Oque aconteceu?

-Parece que havia alguém querendo me matar, nada de mais.

-Nada demais Lauren isso é muito serio. Louis disse nos encarando.

-Oh eu te conheço. Camila rosnou olhando para o homem a nossa frente.

-Ele é o pai da Carly Camila, a menininha do parque lembra?

-Ah claro. Minha esposa sorriu apertando suas mãos assim como fiz!

-Bom eu tenho que buscar minha pequena no dentista, nos vemos Lauren.

-Nos vemos Louis. Sorri

-Tchau Camila.

-Até.

A latina com os cenhos franzidos se virou para mim com a face transbordando preocupação –Quem  estava dentro daquele carro amor, pode ser um ladrão, um criminoso um sequestrador! Disse tudo muito rápido que pouco compreendi.

-Acalma-se, isso não é bom para o nosso bebe, linda, esta tudo bem, por uma sorte Deus mandou esse cara e me salvou. Sussurrei deixando um beijo no topo da testa dela –Vamos para casa, ganhei um arranhões com essa queda.

-Lauren eu estou falan...

Segurei sua cintura a conduzindo novamente para o carro.


Notas Finais


quem sera??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...