História Casadas por Contrato (Camren G!P) - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camreng!p, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Laureng!p
Exibições 1.035
Palavras 808
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 44 - Camila é uma mulher e tanto


Narração Lauren:

Puxei Camila pela cintura, e tranquei a porta do meu quarto, bem ainda não temos o nosso quarto, pois tratarei de providenciar o nosso e  o da nossa pequena esperança, conduzi minha esposa até minha cama, a deitando sobre o colchão, Camila chocou seu corpo de modo violento na espuma macia. Mordi meus lábios e a encarei –Você esta tão gostosa amor. Disse desabotoando a vista da minha bermuda.

-Um sinal que estou engordando. Rosnou –Lo, quando eu estiver gorda e feia, você ainda vai me querer? Me perguntou manhosa, apoiando os cotovelos sobre a cama e me olhando por cima do peito.

Já livre da minha bermuda, me sentei ao lado de Camila, e passei meus dedos diretos pela bochecha corada da minha latina –Eu te amo Camz, eu não sei da onde nasceu tanto amor dentro de mim, mais eu te amo. Rocei a ponta do meu nariz ao seu, sorridente. –E agora ainda mais, pois a mulher da minha vida, ira me dar um filho, um filho meu e eu não poderia estar mais feliz por isso.

-Eu te amo Lo. Sussurrou fazendo meu coração fracassar completamente.

-Eu mais ainda, linda. Encostei minha testa na dela –Hum, meu pai reagiu tão bem com a noticia do nosso bebe amor.

-Você suponho, que poderá ser uma menina?

-Sim claro, ele não teve nenhuma reação diferente.

-Que bom. Suspirou aliviada – E agora oque podemos fazer para fechar essa noite belíssima? Camila me questionou mordendo o lábio inferior.

-Eu acho que tem uma ótima maneira. Sentei sobre o quadril de Camila passeando com minhas mãos pelo corpo bronzeado, caralho que morena deliciosa.

(...)

Narração Autora:

-Oh.. O rapaz com a respiração ofegante, levantou alguns centímetros de seu corpo espatifado pelo chão, levou as mãos em sua nuca, suas pálpebras lentas se estalaram, mesmo sentindo seu celebro ser esmagado conseguiu se levantar por completo dando alguns passos em falsos.

Shawn  caminhou até a saída do barraco velho, com muita dificuldade, na verdade pouco cogita estar a beira da morte!

(...)

-Os ladroes estão foragidos Ally, e ainda mais a essa hora da noite, não conseguiremos acha-los. O militar rígido e de postura servil disse para a loura.

A mulher baixa concordou com a cabeça, ao banco do passageiro –Não podemos parar a busca, temos que colocar esses criminosos atrás das grades! Afirmou, os olhos da loura fitou confusa algo na beira da rodovia –Ei,Ei para esse carro. Disse e assim que o militar parou o carro, rapidamente a delegada Brooke saiu-se do veiculo. –Moço, moço. Gritou mirando o rapaz caído ao chão com as mãos sangrando, Ally pode constatar que também sua cabeça sangra –Me ajuda. Gritou agudamente e logo o militar também saiu do carro caminhando em passos largos até eles. –O leva para o carro, tudo indica que o rapaz levou um tiro. Rosnou apreensiva ajudando seu companheiro de trabalho a carregar o homem auto até ao carro.

(...)

Lauren segurou a cintura de Camila com suas mãos apertando a carne de sua silhueta acompanhando os movimentos frenéticos da esposa –Ah porra, de boceta apertada. Resmungou sentindo uma fisgada certeira em seus testículos.

-Lo HaHaHaHa, mete em mim, mete vai. Camila parou de cavalgar encima do membro da orbes verdes, Lauren por isso iniciou o vai e vem, tão reprimido de prazer, sentindo a boceta de Camila apertar seu pênis  com suas paredes internas.

(...)

-Ele ficara bem doutor? A delegada loura e baixa questionou o medico coçando as têmporas.

-O rapaz levou um tiro na cabeça senhora delegada,  corre muito risco, e esta sim em perigo, porem vamos fazer o possível para salva-lo, agora ele esta passando por uma cirurgia para tentarmos tirar a bala. –Vamos ter que esperar, e se após a cirurgia ele reagir bem e não ser vitima de hemorragias estará salvo. Disse anotando algo sobre sua prancheta.

(...)

-Há uma horas dessa, Shawn já deve estar ardendo nas chamas do inferno, tão quente e insuportável. Rosnou Demi arqueando a cabeça para trás do banco do carro em uma alta gargalhada!

-Bom, bom, bom! Austin apertou o pé no acelerador convicto –Agora sim, Camilinha está livre para ser minha e unicamente minha, assim que separa-las. Constatou.

- E Lauren somente minha, assim como foi, quando me beijava me fazia tua, debochando das estupides da Cubana imunda.

-Camila é uma mulher e tanta Lovato, darei tudo para ter aquela boquinha chupando meu pau, ha mulher gostosa, e acredito que estará mais gostosa ainda com os anos.

Demi revirou os olhos com cara de nojo.

(...)

Lauren agarrou os cabelos negros da esposa forçando sua cabeça contra si. –Ahhh merda Camz, chupa, chupa, meu deus que boquinha. Com os cenhos franzidos rosnou auto.

Camila segurou a base do membro de Lauren, masturbando aquela extensão e sua língua saboreando o pré gozo da esposa. 


Notas Finais


Ally e Shawn?

a humilho o Austin né dona Lauren


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...