História Casadas por Contrato (Camren G!P) - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camreng!p, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Laureng!p
Exibições 1.149
Palavras 635
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heyy aviso:
Mores vou ficar sem internet ;(!! Minha morte, me desculpem tá?

Eu tentarei postar pelo celular ok?!

Caso eu não postar fiquem sabendo que até final de semana eu atualizo bele? Amo u6is

Capítulo 45 - De quem é esse maldito cheiro Jauregui?


Narração Camila:

Minha manhã de sexta feira começou maravilhosa, bom, primeiro logo cedo Lauren me despertou com beijos e cafunes e em seguinte fizemos amor, sim fizemos amor bem de manhazinha, é tão bom acordar e ser amada pelo amor da nossa vida, pois digo que sim,  tomamos banho juntas e descemos para tomar nosso café, tudo devidamente regrado para mim, Lauren esta seguindo ao pé da letra a lista que a medica me passou.

Há, e também o trabalho na empresa por esta manhã fluiu tão bem, que pouco me dei conta da vistoria diária dos veículos montados, claro com a companhia de Mani tudo fica mais agradável, até mesmo trabalhar.

-Então quer dizer que você ficou gravida antes de mim Cabello? Normani frangiu os cenhos com as mãos na cintura.

Segurei minha prancheta em uma mão e a caneta na outra e encarei minha amiga, sorrindo –Eu não esperava por isso Mani. Disse assinando as notas fiscais dos carros recém montados, pronto para serem importados, e outros também para serem fornecidos para revendedoras.

-Oh claro, transa sem camisinha, e depois fala que não esperava ficar gravida, Camila? Questionou-me brincalhona.

-Ai Mani. A repreendi com o rosto corado –Isso não me importa, eu estou imensamente feliz com esta noticia.

-E eu também fico feliz amiga, agora meu filhote terá uma companhia. Rosnou acariciando o ventre.

A fitei de boca entre abertas –Já fizeram a inseminação? A perguntei ansiosa.

-Oh ainda não Mila, meus óvulos estão inférteis, por isso estou tomando alguns medicamentos para que possam tornar férteis, e assim eu estarei pronta para inseminar o sêmen em mim. Afirmou com os olhos marejados de felicidade e esperança.

(...)

Por hoje eu ter ido para o trabalho com o meu carro, cheguei um pouco mais cedo em casa, aproveitei para tomar um banho quente, e descansar alguns minutos após o jantar.

Não sei quando, mais depois do jantar eu subi, nervosa e angustiada, por Lauren ainda não ter chegado em casa, será que aconteceu alguma coisa? Esta foi algumas das minhas inúmeras perguntas abraçada ao meu travesseiro. Até eu cansar-me de realizar um questionamento para mim mesma, e pegar no sono.

(...)

Minhas pálpebras sonolentas se despertaram, quando senti o colchão se arfar com um peso maior, me virei e pude ver Lauren, tirando sua camisa social e logo em seguida a calça jeans.

Mordi meus lábios, e frangi meus cenhos a fitando –Te acordei amor? Se virou me questionando.

-A onde você estava Lauren? A perguntei em um bocejo.

A morena de olhos profundamente verdes se aproximou de mim, tentando selar meus lábios, algo que impedi imediatamente ao sentir um cheiro feminino em seu ponto de pulso, algo que não é o cheiro de Lauren, e sim um aroma de perfume feminino, um perfume de outra mulher!

Frangi os cenhos bravamente e a emburrei para trás –De quem é esse maldito cheiro Jauregui? A questionei ásperas me sentando por impulso encostando minhas costas na cabeceira da cama. –De quem é essa perfume Lauren? Voltei a pergunta-la.

-Que perfume Camila?

-Este cheiro que esta impregnado no seu pescoço, meu eu tenho a absoluta certeza que não é, e muito menos teu, de quem é?

Ela se levantou coçando a cabeça –Não inventa historia, a onde não há Camila. Resmungou calçando as pantufas se direcionando para o banheiro.

Me levantei e catei meu travesseiro e minha coberta, pronta para sair do quarto dela.

-A onde você vai Camila? Parei meus passos enfrente a porta e me virei mirando Lauren com os braços cruzados embaixo dos seios e os cabelos presos em um coque desajeitado.

-Eu vou para o ‘meu’ quarto, ou pensa que irei dormir com você depois de chegar uma hora dessas, e ainda por cima com um perfume desconhecido, não se equivoque Jauregui. Rosnei.

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Lauren q merda é essa? hienn

ate!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...