História Casados de mentirinha - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Dakota, Debrah, Kentin, Leigh, Lysandre, Nathaniel, Rosalya
Tags Casados De Mentirinha
Exibições 41
Palavras 327
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Outro capítulo gente. Meus capitulos são pequenos por que eu posto todos os dias
Coloquem nos comentarios vocês querem uma treta apimentada ou deixa eles no mar de rosas.

Capítulo 4 - Eu sou muito burra


-Alex você não que me ajudar não

Alex-e arrisca a quebrar minhas unhas 

Eu peguei um refrigerante e joguei nos dois

Eles-por que isso Aly

Eu percebi que Armin tinha seu olho roxo-nossa machucou-Armin olhou pro castiel como se tivesse dizendo ela se preocupou mas com migo

O ruivo sai me deixando sozinha! Eu também sai vai saber se eles mandam eu limpa.

Eu sou muito burra talvez ele nem confome estava só fez aquilo para me agradar burra burra burra. Chequei em casa quase morrendo pq? Ele levou o carro. Isso foi vingança, fui para o banhei mas ouvir o chuveiro ligado então sai na ponta do pe e fui para o outro 

(...)

Eu sai do banheiro e topo com o Castiel sem camisa so de calsa fazendo algo

Cast-obrigada por se preocupar com migo

-des... ciumes

Cast - de você?  Nunca.!

-esqueci

Cast-promete-falou aproximando seu rosto do meu

-o que

Ele encostou sua boca no meu ouvido

Ele-que quando agente se separar voce vai pelomenos me desejar feliz aniversário

Eu concordei com a cabeça porque eu sente meu coração apertar com aquela frase


Nos comemos e olha como eu sou uma esposa exemplar lavei os pratos e ainda assistir jogo com ele mas eu não vejo a graça de correr atrás de um bola

Eu percebi que ele tinha uma parte do rosto inchado eu toque para ver se ele sentia dor no que levou um reclamação do ruivo

Ele-ta doendo

-pera eu já volto

Eu peguei uma pomada e um pano com gelo

-vem deita

Ele deitou no meu colo eu passei a pomada com muito cuidado mas as vezes ele reclamava e logo depois boteio gelo e fiquei fazendo carinho no seu cabelo.

Eu já estava com sono 

-ruivo 

Ele-oi pequena!

-to com sono

Ele se levantou quando eu ia me levantar ele foi mas rapido me pegando no colo e me pondo na cama ele se deitou au meu lado e me abraçou por tras eu botei minhas mãos em cima do seu braço acariciando de leve é incrível como me sinto segura em seus braços. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...