História Casados?-Destiel - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jensen Ackles, Misha Collins
Tags Casados, Castiel, Dean, Destiel, Drama, Sex
Visualizações 218
Palavras 584
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIEEEE MEUS AMOOOOORES

HOJE O CAP É PEQUENO PQ É A DESPEDIDA DE UMA PESSOAAAAAAA

BOA LEITURAAA

Capítulo 29 - Goodbye


  28 1x28

 

(….)

 

Continuação...

 

Castiel Point Of View:

 

A luz do Sol batia no meu rosto fortemente, fecho os olhos quase os esmagando e me espreguiço na cama com preguiça de levantar da cama macia do Hotel que estou.

 

O tecido do lençol melhora muito mais uma noite de sono.

 

Bato meu braço contra algo que ainda me abraça. Acho que começa com D e seu sobrenome começa com W....só acho.

 

-Dean-Chamo baixinho, vejo ele se remexer mas não acordar.

 

Me viro para tentar olhar a hora no relógio em cima do criado-mudo mas tá quase tapado pelas cobertas que em vez de ir para baixo vieram para cima de nós.

 

-Dean-Falo alto tentando assustar ele mas não adianta. Que homem ein!.

 

-DEAN-Grito balançando o braço que está abraçando minha cintura.

 

-O que você quer?-Dean pergunta manhoso enquanto esconde parte do rosto no travesseiro deixando sua voz mais abafada.

 

-Tem que acordar ue, já deve ser hora de eu ir trabalhar-Digo sendo meio óbvio.

 

-Trabalhar?-Dean pergunta enquanto esfrega seus olhos com os dedos levamente.

 

-Sim, hoje eu não estou mais casado com você-Digo sério enquanto olho ele abrir seus olhos lentamente revelando um verde super forte. -Você dormiu de lente?-Pergunto vendo que seus verdes estavam mais claros e fortes do que normalmente.

 

-Sim...droga-Dean reclama deixando sua cabeça cair no travesseiro fofo novamente já que ele tava apoiando(tentando) a cabeça na mão.

 

-Sério Dean...me deixa ir, eu preciso voltar pra casa e trabalhar, enfim, vida de sempre -Suspiro pesadamente só de pensar em ouvir meu pai dizendo ''vai lá no deposito e busca mais coisas para nós botarmos mais coisas na loja'' ou seja, um tédio completo e ainda por cima ele me tirou a caminhonete que tinha!

 

-....Tudo bem-Dean responde com um pouco de hesito. Merda...o ruim de se apaixonar é que eu quero que ele implore para eu ficar com ele ali ...pra sempre.-Foi boa nossa jornada até aqui, Cas-Dean diz sorrindo fracamante ou pelo menos forçando um sorriso.

 

Engoli em seco suas palavras, pareciam algo cravando no meu coração.

 

Eu me apaixonei por ele mas ele não se apaixonou por mim, meu coração quer que eu fique mas meu cerebro esta me lembrando a cada segundo ''ele odeia você, vai embora Castiel''.

 

Um pouco devagar eu levanto da cama sentindo a blusa que eu usava cair sobre meu corpo já que estava toda enrugada.

 

-Tchau Dean-Digo calmo, suspiro e ando até o guarda-roupa que tem minhas roupas de ontem e meus sapatos encostados perto dele.

 

Me agacho e pego meu tênis pretos meio surrado de tão podre, fico reto e abro a primeira porta onde já encontro minha calça e minha blusa que eu de propósito deixo ela ali junto com o meu sobretudo.

 

-Tchau-Dean responde também calmo, porra...ele realmente não se apaixonou nesses dois meses por mim!

 

Visto minha calça jeans escura e logo calço meus tênis pretos tamanho médio e bastante velho.

 

-Vai ir com minha camiseta?-Dean pergunta quando eu começo a caminhar.

 

Quando eu ouvi sua voz novamente, eu soltei o ar que eu prendia mas logo voltou tudo ao normal porque ele não estava pedindo para eu ficar e sim perguntando sobre a merda da camisa.

 

-Vou sim-Digo sério, ele também fica sério já que estava com um sorrisinho no rosto antes.

 

-Tudo bem então.

 

Continuo andando para longe do quarto, abro a porta e por ali eu sabia que eu não ia mais passar.

 

Bem vindo a sua vida novamente, Castiel, eee que felicidade eu estou.

 

Continua...


Notas Finais


GRUPOOO----> https://chat.whatsapp.com/invite/4u82coqNsS99jLNeyLtjuo

Espero que tenham gostado desse cap mini, sorry, tentei até explicar algum detalhe para deixar mais legalzinho mas não adiantou

*Desculpa qualquer erro!

BJSSS E ATÉ O PROXIMO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...