História Casados (Parte 2) Yomi - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yu Yu Hakusho
Personagens Botan, Genkai, Hiei, Kazuma Kuwabara, Keiko Yukimura, Koenma, Kurama Youko, Mestra Genkai, Mukuro, Personagens Originais, Sensui, Shinobu Sensui, Toguro, Yomi, Yukina, Yusuke Urameshi
Tags Botan, Karim, Kurama, Lara, Yomi, Yu Yu Hakusho, Yusuki
Visualizações 21
Palavras 1.465
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom meus queridos eu escrevo assim faço o esqueleto dos capítulos e depois escrevo. Porém esse ficou me perturbando e aí dividi em dois. E decidi postar de brinde antes.

Capítulo 23 - Primeira e única


Fanfic / Fanfiction Casados (Parte 2) Yomi - Capítulo 23 - Primeira e única

KARIM 

Tony sempre soube como por meus pés de volta no chão, meus braços em volta do seu pescoço eu beijo Tony em uma tormenta de desejo inerente, Tony meu adorável mafioso de olhos azuis, como ele costuma dizer nas minhas horas de desespero, verde no azul Karim.
__Seu olhos amor , ainda uma tormenta raivosa preciso de uma piscina de borda infinita clara e tranquiliza.
__Eu não sou forte o bastante.
__É a rainha deles..... devem ter respeito....
__Eles esperam uma tirana capaz de elevar o culto Uke-mochi ao patamar que possuía. Mas não é o Uke-mochi desejava ela é boa. Ela desejava paz e prosperidade.
Lágrimas escorregam pelo meu rosto, Tony me segurava grudada a ele , braços firmes ao redor da minha cintura, me olhando olho no olho.
__Minha Deusa má, primeira e única. Você não vai fraquejar, nós nunca corremos, pessoas correm de nós......
__Por que nada nos deterá, nunca paramos, nunca desistimos e sempre jogamos mais alto que qualquer um.
__Fazemos o impossível para não entrar numa guerra....
__Por que só sairemos dela quando o último cair em agonia, engasgado com próprio sangue.
__Ninguém está a salvo.....
__A morte é a única certeza.
__A menos que você seja uma Uke-mochi, minha princesa.
__Certo. Eles são loucos Tony, estão ligados à mim pela terra eu sei o tamanho de suas obsessões, e da doença que cresceu na espera.
__Você é Karim Yomi primeira e única, uma Deusa Uke-mochi, filha da lendária raposa Kurama Yoko, companheira de eternidade do grande rei do Makai Yomi, matou o filho dele e ainda tem sua cabeça. Depois disso tudo que vier é lucro.
__Tens razão, temi pelo meu pescoço, mas tenho minha raposinha perigosa para me manter com cabeça, nesse caso o problema não é a minha cabeça é a cabeça dos outros.
__Desde quando você liga para cabeça dos outros. Mantenha o foco, eles querem medo, faça esses desgraçados terem medo. Dê a eles e ao Makai uma prova de sua força.
__Já vi que vai doer.
__Tudo que é realmente bom, dói.
__Pra minha alegria essa merda de corpo sempre focado em sobreviver, na hora que a dor chegar ao denominado escruciante vai parar de sentir.
__Pronta?
__Não mas vou assim mesmo.
Dou um sorriso e outro beijo profundo e demorado. Sim Tony seus braços ainda são meu refúgio mas seguro.
Eu não tinha percebido mas Mokuro, Hiei, Yomi e os meus pais tinham entrado, na verdade eu não dou a mínima pro que podem estar pensando. Agora tenho problemas maiores
__Filha....
É minha mãe, mas eu ignoro.
__Vou obrigar o casalzinho feliz a se beijar e depois levo a nova gêmea má embora.
__Amo você Tony.
__Também te amo minha deusa. Toca o terror.
__ Pode deixar.
__Que merda foi essa de te amo?
__Vai que eu morro Anthony Contreras.
__Não ouse Karim Yomi. A azul não é má o suficiente.
Ele sai andando, calmamente.
__O que houve filha?
__Papi raposa o culto de Uke-mochi, vai bater a nossa porta daqui há alguns minutos, exigindo prisão e morte aos hereges dos três mundos. E não há muito o que fazer, eles estão infiltrados nos três mundos, eles tem planos que iríam por em prática daqui há no mínimo 80 anos. Eu achei que estaria pronta até lá, porém há 10 anos eles começaram a se mover. E agora virão me exigir sangue, dos inocentes, e o retorno dos mundos as primeiras heras.
__Por que não nos contou? Podíamos ajudar.
__Não podia não. Um culto só tem um senhor "A Sabedoria que Gonverna" Qualquer movimento de alguém que não seja a sabedoria será considerado ato de guerra.
__Filha desde quando sabe disso?
__Desde que nasci. No meu primeiro sopro de ar. A história de Uke-mochi desfilou no meu pobre cérebro, e a inocência sequer ameaçou nascer depois de tudo que vi. A cada hera um trio de Uke-mochi, nasce para restaurar o equilíbrio da mãe  terra.
A Sabedoria que Gonverna. O Amor que Constrói. A União que Próspera.
E o Makai deve ser de novo a casa da rainha Uke-mochi.
__Meu Deus.
Pobre papi. Yomi balança a cabeça e sai. Eu já não sou um assunto dele. É o que me diz a saída.
__Se eu fosse você eu ficava. Eles vão querer saber de você.
__Que fique claro que é só pra evitar uma guerra.

__ Ok companheiro não esperava um e foram felizes para sempre, felicidade é para os fracos os fortes tem metas. Vamos receber os malditos emissários.

Ele ignora a piada.

Minha mãe se agarra ao meu pai, eu sigo em frente.
Tusido é o escolhido para falar comigo, eu me obrigo a seguir todos os protocolos ridículos desse culto insano.
__Soberana de todas as heras. Diante de ti , teu humilde servo se apresenta para iniciar o processo de trazer seu glorioso mundo a antiga forma.
__Por que eu desejaria semelhante ato? Os mundos evoluíram, sei que estão em cada instituição, em cada pequeno povoado, em cada lugar de poder. Porque regredir?
__Uke-mochi é a deusa da terra, da fertilidade, dos seres vivos.....da alimentação....
__Então, como podemos desejar uma guerra Tusido?
Ele me olha surpreso por eu estar usando seu nome de batismo.
__Sou sua mãe Tusido é óbvio que sei seu nome. Está impresso em mim cada um dos meus muitos filhos.
__Mas é o que a tradição manda.
__Não, e você sabe. Não ouse pedir a uma mãe que enterre os seus filhos.
Uke-mochi é invocada para tornar a vida abundante: seja de felicidade, de alimento ou de amor. Guerra e sangue nunca estiveram nos planos, mesmo na morte horrenda que teve, se tornou vida.......
__Sim é o que queremos.....
__Não, querem ser temidos, querem sangue e glória. E decidiram me ameaçar......
A terra treme enquanto minha voz se altera.
__Na eminência de receber meu título de rainha, pelos métodos que essa hera escolheu você ousa me desafiar?
O tremor é maior e as coisas começam a cair.
Eles se olham apavorados , e mensagem dos três mundos, começam a chegar.
__Minha rainha sua fúria, começa a interferir no equilíbrio das dimensões.
__Não ouse me subestimar, ou dizer como devo governar sou jovem ainda. Meu reino devia, ser só daqui há no mínimo 100 anos porém a terra sentiu seus tolos movimentos e me mandou assumir meu reino.
__Senhora das heras nos perdoe. Mas as coisas não pareciam ir muito bem, sua irmã casou-se com um garoto mortal.
__Minha irmã, também tem sua missão, ela sabe muito bem que Akemi, morrerá e que ela terá que vir ao Makai, e encontrar seu companheiro de eternidade.
__Minha rainha, e seu companheiro de eternidade?
__Eu o conheço desde os 5 anos de idade. Removo o bloqueio e o maldito cipó florido, me arrasta prendendo-me  ao Yomi por inteiro, sinto a respiração dele contra o meu pescoço.
__Pare já com isso já te falei que não pode fazer isso.
__Você sente falta dele? Tudo bem mas desfaz já tudo isso posso ficar presa a ele um pouco mais preciso falar com eles.
Não posso sequer pensar em Yomi agora. O maldito cipó, fica preso somente aos nossos pulsos.
__Voltarão aos seus postos e me ajudarão a governar, já que sou jovem de mais, e não tenho conhecimento suficiente. Não  ousarão declarar guerra ou decretar o fim da hera moderna. A cada palavra o tremor foi aumentando até que eles estavam apavorados.
__Como quiser soberana das heras.
__Tusido, outro movimento desse não será tolerado, será punido com a morte florida. Seus corpos serão retalhados e jogados aos animais selvagens. Fui clara.
__Como o dia senhora. Como o dia.
__Até breve Tusido.
Eles se vão sob o mais implacável olhar que eu possuo. Me mantenho de pé, espero cada passo que os leva para longe por fim o sangue comessa a escorrer de meus lábios, me dobro com a dor e o sangue escorre fazendo  uma poça no chão, cambaleio. Sim eu usei minha energia vital para fazer o belo truque que apavorou a todos. Não, eu não tenho poder sobre os elementos, pelo menos não ainda. Hiei me ajudou junto com todos os Yokais que patrulham as fronteiras, semearam com uma planta que é essencialmente raiz. Movo um pouco ela é crosta se move. Provocando tremores que potencializam falhas nas placas a baixa da superfície. Como estão na mesma linha vibratória o tremor se espalha para os três mundos. Mas usei tudo. Minha energia espiritual, muito da minha energia vital. Meu corpo não consegui se sustentar e falha de dentro pra fora. Hiei me segura.
__Me põe no tanque, e me tira para o torneio, não posso confiar neles. Se não fosse por você estaríamos todos mortos.
__Desgraçados me deu vontade de estripador todos eles.
Eu apago, mas ainda dói. Merda dói muito.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...