História Casais com Lucy - Votação - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Bickslow, Erik (Cobra), Freed Justine, Gajeel Redfox, Hibiki Lates, Igneel, Jackal, Jellal Fernandes, Laxus Dreyar, Loki, Lyon Vastia, Metalicana, Midnight, Mystogan, Natsu Dragneel, Orga Nanagear, Rogue Cheney, Rufus Lore, Skiadrum, Sting Eucliffe, Zeref
Tags Vários Casais Com A Lucy
Exibições 64
Palavras 3.022
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpem a demora. Entãoeu vi que ia me enrolar com o Rolu e as surubas, então peguei uma one que já estava pronta.
Espero que gostem.
Lista completa nas notas finais.
Fiquem a vontade para votar ou mandar casais novos, pode ser tanto da fairy tail quanto de outros animes.

Capítulo 9 - Daddy - Stincy


Fanfic / Fanfiction Casais com Lucy - Votação - Capítulo 9 - Daddy - Stincy

"A momentos que precisamos uns dos outros, pois na vida ninguém vence sozinho"

Acordou ofegante estava molhada pelo suor, sentia seus olhos molhados pelas suas lágrimas que pareciam nunca secar. Era mais uma noite que não iria dormir, os pesadelos a atormentavam as memórias de um passado aterrorizante a seguiam.

Rolou seu olhos pelo quarto banhado pela luz da lua que entrava pela janela. Suspirou e se levantou sentindo um calafrio percorrer seu corpo ao encostar seus pés quentes no chão gélido.

Andou a passos mudos, desviando hora ou outra de alguns moveis.

Olhou pela janela era simplesmente uma noite encantadora. A lua estava cheia o que dava um charme a mais nas ruas vazias.

A garota abaixa a cabeça e morde o lábio inferior, aquela sensação era horrível era como se as lembranças ruins nunca fossem embora, ela só queria esquecer o passado de vez.

Fechou a cortina deixando o quarto ser invadido pelo breu da noite, era assim que lembrava de sua vida uma completa escuridão!

Andou em direção a porta, segurou a maçaneta com sua pequena e delicada mão girou a mesma abrindo a porta que rangeu.

Percorreu o corredor silenciosamente e desceu as escadas indo em direção da cozinha.

Estava com sede! Sempre levava um copo de água para o quarto, pois dai não precisaria levantar e vir a cozinha, porem esse noite ela havia por se esquecer.

Abriu a geladeira pegando uma pequena garrafa de água mineral, pegou um copo e despejou o liquido da garrafa no mesmo. Depois que guardou a garrafa na geladeira bebeu a água sem muita vontade.

- Vejo que está com sede! - a não ele não, suspirou pesadamente para logo se virar e encarar seu irmão postiço.

- É o que parece! - falou indifere. Arqueia uma sobrancelha ao velo olhá-la de cima a baixo - o que foi? - olhou para si mesma e se tocou que estava usando uma fina camisola preta, corou de vergonha e agradeceu mentalmente por estar escuro sendo assim o mesmo não perceberia.

- O que foi Blonde ficou muda? - falou divertido, ele sabia o quanto ela odiava ser chamada de Blonde

- Eu já disse não me chame assim Abelha - falou se esquecendo da vergonha que sentia a pouco.

- E você vai fazer o que Blonde, se eu continuar a te chamar de Blonde? Blonde - a garota fez careta e Sting riu.

- Isso - ao falar isso jogou o que sobrou da água que estava no copo no rosto de Sting.

Ele abriu e fechou a boca algumas vezes seguidas, ainda não caíra a fixa do que sua irmã fez.

- Por que fez isso? - perguntou passando a mão no rosto.

- Porquê você é um idiota! - falou simplesmente, se virando pronta para deixar a cozinha só que antes de completar sua ação sentiu seu corpo ser agarrado pelos braços do mais velho.

- Você é má Blonde - um sorriso maldoso se estampou no rosto de Sting, ele iria aprontar e Lucy sabia disso.

- Me solta infeliz - rosnou irritada, Sting apenas fingiu não ouvir e jogou a mais nova por cima do ombro como um saco de batatas.

O garoto andou cautelosamente até a porta dos fundos com a loira em seus ombros, que já havia desistido de tentar descer. Abriu a porta sentindo o vento gelado da madrugada chocar contra sua pele causando um arrepio que percorreu todo seu corpo.

- Espera você não vai fazer o que eu estou pensando né? - perguntou ao perceber que seu irmão estava a levando em direção da piscina.

- Talvez! - fechou os olhos ao sentir seu corpo se chocar contra a água fria, suas costas se chocaram contra o fundo da piscina fez uma careta e nadou para a superfície vendo Sting a encarar com um sorrisinho no rosto - a água está boa? - perguntou cinicamente.

- Desgraçado - murmurou baixo, estendeu a mão para Sting na intenção de ter ajuda para sair da piscina, pelo menos foi isso que o mais velho pensou. Ao pegar na mão da irmã o garoto sentiu seu corpo ser puxado e segundos depois estava completamente encharcado.

- Porra Blonde - falou com insatisfação, a loira riu e seu irmão a olhou com indignação.

- Olho por olho e dente por dente, maninho - cantarolou Sting revirou os olhos.

- Pirralha - sussurrou o garoto saindo da piscina e a garota saiu logo após do irmão.

Olhou para o mais velho, era uma cena quase erótica. Ele estava completamente encharcado seu pijama azul que colou no seu corpo.

A loira encarava o corpo do mais velho descaradamente e com ele não era diferente encarava as curvas da irmã que estavam totalmente a mostra graças a camisola colada.

- Boa noite mano - a mais nova falou antes de correr em direção do seu quarto.

Sting estalou a língua indo para seu quarto onde tomou um banho e se jogou na cama caindo em um sono profundo.

<><><><>

Lucy acordou sem ânimo, mesmo sendo sábado ela não estava muito feliz.

Levantou e foi para o banheiro, tomou um banho e vestiu uma regata preta e um shorts jeans azul curto.

Desceu as escadas e foi para a cozinha onde viu um bilhete na geladeira.

"Lucy, sei que é você pois sempre acorda antes de Sting. Eu e seu pai fomos no mercado, não sei a hora que iremos voltar pois vomos almoçar em um restaurante. Beijos"

- Novidade - sussurrou tediosa.

Bebeu uma xicara de cáfe com calma, olhou para o relógio vendo que ainda era cedo 07:33.

Estalou a língua enquante se levantava e ia em direção da sala, porem enquanto saia acabou batendo seu corpo no de Sting que estava entrando no local e como não queria cair no chão segurou em seu irmão porem o mesmo estava sonolento acabou caindo por cima da mais nova.

- Sai de cima - falou envergonhada e Sting sorriu com malicia, mesmo com sono ele conseguia ser... Ele mesmo!

- E se eu não quiser? - perguntou malicioso.

- De-deixa de ser idiota, seu idiota! - falou raivosa tirando apenas um sorriso divertido.

- Tudo bem pirralha - saiu de cima da mais nova que se levantou junto ao irmão que entrou na cozinha. Suspirou andando para seu quarto.

Era sempre assim deis de que chegou naquela casa a seis anos atrás quando seus pais morreram. Os dois viviam brigando até mesmo pelas coisas mais banais.

Lembrou de quando seus pais morreram naquele maldito acidente de carro, respirou pesadamente se jogando em sua cama.

- Um dia tudo isso irá acabar, um dia eu vou conseguir esquecer essa merda de passado.

<>Dia seguinte<>

Sting estava sentado em uma lanchonete, segurava um copo de suco já vazio. Estava inerte em seus pensamentos não conseguia parar de pensar em sua irmão.

Saiu de seus pensamentos ao ouvir uma voz doce era a voz que vinha invadindo sua mente deixando-o cada vez mais loco.

- O que você quer? - sua voz estava mais áspera que o normal. Olhou para uma mesa perto da sua e a viu ali com um colega de classe.

- Vamos direto ao assunto Lucy! - ela concordou e o garoto continuou a falar - eu sei que você gosta de mim, então podíamos formar um casal ou algo do tipo.

- E quem disse que eu gosto de você? - perguntou com uma das sobrancelhas arqueada.

- A qual é não vai ficar se fazendo de difícil ou vai? - Sting sentiu um nojo daquele garoto de cabelos alourados.

- Babaca - sua irmã levantou e jogou o conteúdo do copo que segurava no rosto do garoto - até nunca mais! - deu de costas saindo da lanchonete.

O loiro riu da mania que sua tinha de tacar conteúdos dos copos nas pessoas, pelo menos era apenas líquido e não o próprio copo.

Sting viu o garoto deixar uma quantia de dinheiro na mesa e logo sair pelo mesmo lugar em que sua irmã foi a pouco.

- Isso vai dar merda! - sussurrou se levantando e pagando o que havia consumido. Saiu a passos rápidos na mesma direção em que os dois foram, acabou chegando a um beco.

- Deixa de ser idiota - ouviu a voz de Lucy em um tom elevado.

- Você me humilha na frente de um monte de pessoas e acha que eu ia deixar por isso mesmo? - sua fala soará sarcástica.

- Está acontecendo alguma coisa aqui? - perguntou ao se aproximar dos dois, passou um de seus braços pelo pescoço da mais nova colando seu corpo contra o da menor.

- Não está acontecendo nada! - respondeu-lhe o garoto dando alguns passos para trás - estávamos apenas conversando, mas agora eu tenho que ir!

O garoto correu para fora do beco como se sua vida dependesse daquilo. A loira riu e o mais velho apenas deu um sorriso.

- Está me devendo uma pirralha - disse com um pequeno sorriso.

- Eu poderia muito bem ter acabado com ele - se gabou com um sorrido convencido nos lábios, porem o mesmo murchou ao ouvir uma gargalhada vinda da parte do mais velho - não ria idiota.

- Você é uma piada! - começaram a andar pelas ruas movimentadas, Sting mantinha seu braço ao redor do pescoço de Lucy que sorria de canto.

<>Dias depois<>

Sting passou os últimos dias com a cabeça ocupada, seus pensamentos estavam todos voltados a sua querida irmã mais nova.

Contorce o rosto em uma pequena careta, só de pensar que seus pais haviam saído em uma longo viagem, que eles disseram ser a segunda lua de mel. Só a ideia de passar um longo tempo sozinho com sua irmã fazia Sting ter pensamentos impróprios.

Levantou da cama em um pulo, o barulho da forte chuva que caia era como um melodia que ele nunca cansaria de ouvir.

Saiu de seu quarto parando em frente ao de sua irmã, estava pronto para chamar a menor porém achou melhor deixa-la só. Ela ainda tinha medo da chuva, ele sabia que há fazia lembrar dá um passado ruim.

Por um momento Sting parou para pensar no que seria melhor numa hora como aquelas, apertou os lábios um no outro.

- Quer saber que se dane - ao dizer isso ele gira a maçaneta abrindo a porta em seguida. Entrou no quarto da mais nova o local estava em uma completa escuridão, rolou seu olhar pelo cómodo.

Ela estava ali sentada no canto do quarto abraçando suas próprias pernas. Sting suspirou. Andou pelo quarto e se sentou ao lado da irmã ficando em silêncio.

- É só a chuva! - falou calmamente obtendo a atenção da mais nova para si.

- Eu sei! - afirmou sorrindo tristemente.

O mais velho sorriu passando seu braço pelo pescoço da mais nova abraçando a mesma de lado.

- Você não mudou nada, continua a mesma garotinha medrosa de sempre! - falou tentando animar um pouco pois o clima estava ficando pesado. Ouviu ela sussurrar algo como desgraçado, sorriu pelo menos obteve uma resposta.

Alguns minutos haviam se passado, Sting continuava do lado da irmã olhando para o nada. Sentiu um peso em seu ombro olhou para a garota e viu que a mesma havia adormecido.

- Ainda continua igual a antes! - levantou com cuidado para não acordar a mesma, colocou a mesma na cama para logo sair do quarto.

<>Uma semana depois<>

Lucy estava sentada na escada olhando a movimentação da festa que seu irmão estava dando.

Olhou para a entrada da cozinha e o viu agarrando uma puta qualquer. A loira havia ficado mexida, na verdade nem ela entendia o porque de não gostar de ver ele ali beixando outra.

Se sentia mal... Mal ao ver ele ali beijando outra garota? Aquilo era ciúmes de irmãos ou algo mais.

Nem ela entendia. Suspirou. Estalou a língua levantando em seguida, foi em direção de uma mesa onde continha bebidas ácoolicas.

Pegou o primeiro copo que viu e o levou a boca, o líquido era forte desceu rasgando sua garguanta.

- Acho que isso não é para você! - ouviu uma voz masculina porem doce atrás de si, olhou para o ser vendo um dos amigos de seu irmão.

- E quem seria você? - perguntou com o cenho franzido.

- Sou Natsu Dragneel, mas me chame apenas de Natsu - disse doce e a loira sorriu.

- Sou Lucy - se apresentou, tinha que ser educada. Conhecia os amigos do irmão só de vista nunca havia conversado com nenhum.

- Seus olhos são mais bonitos de perto! - falou e a garota o olhou sem compreender - desculpa.

- Ah - falou ao pegar outra bebida que foi tomada de suas mãos por Natsu. 

- Acho que você não pode beber isso! - quando Lucy ia protestar uma garota surge não sei de onde e puxa Natsu para dançar - depois nos vemos.

Revirou os olhos com um sorriso bobo no rosto, pegou outro copo de uma bebida azulada e bebeu. A loira continuou bebendo até não ter mais noção de seus atos.

Sting saiu de perto da garota que se agarrava a pouco e viu uma cena que o deixou incredulo. Sua irmã estava beijando um garoto que ele não recordava o nome, beijando não eles estavam quase se comendo.

A raiva estava presente em seu olhar. Espera raiva? Ele estava com ciúmes de sua irmã?

Se aproximou dos dois que ainda estavam se agarrando. Sting se controlou para não fazer uma coisa idiota.

- Lucy - sua voz saíra áspera e fria, realmente ele estava com muitos ciúmes.

A garota se afastou do seu peguete e olhou pro irmão.

- Sim? - sua voz estava diferente... Mais sexy?

- Vamos conversar! - exclamou Sting que lançou um olhar dizendo "vaza" para o garoto que entendeu o recado saindo de perto dos irmãos.

- Você o espantou! - falou a mais nova com dezaprovação.

O maior revirou os olhos e puxou Lucy para o segundo andar, parou somente ao chegar no corredor dos quartos.

- O que quer? - a gorota perguntou com a voz embargada pelo álcool.

- Você está bebada?! - Sting perguntou já sabendo a resposta, na verdade eles também estava porem menos que a morena.

- Ei Sting você gosta de mim? - perguntou inocente, porem para o mais velho aquilo foi sexy.

- Por que a pergunta mana? - o garoto a segurou pela cintura e sussurrou em seu ouvido.

- Nada de mais - sussurrou - ei Sting você quer ser meu Daddy?

O garoto mordeu o lábio inferior, aquilo era errado muito errado. Olhou para a sua irmã que tinha uma expressão tímida e aquilo foi a gota d'água para Sting, deu um foda-se para sua sanidade prensando a mais nova na parede tomando seus lábios em um beijo quente e escitante.

Se separaram do beijo ofegantes Lucy sorriu com malicia.

Sem se segurar mais Sting puxa a mais nova em direção do seu quarto.

Chegando no quarto o garoto prensa a irmã na porta e começa a beijar, chupar e mordiscar o pescoço da mesma que arfava e deixava alguns gemidos baixos escaparem o que fazia o maior ficar mais perdido no prazer que sentia naquele momento a enorme vontade de estar dentro de sua querida irmã.

Sting tira a regata de Lucy e logo se depara com o sutiã azul da morena, sorri com malicia o desejo era presente em seus olhos.

Logo o sutiã da garota está jogado em algum canto do quarto enquanto seu irmão se encontrava admirando os seus seios rosados.

Quando ele saio desse transe abocanhou o seio direito da garota chupando e mordiscando enquanto massagea o esquerdo com sua mão, a menor soltava gemidos baixos e frequentes enquanto arfava de prazer.

Logo Sting largou o seio direito e fez o mesmo tratamento no esquerdo. Ficou naquilo por uns cinco minutos.

Logo voltou a beijar a morena um beijo selvagem e com luxúria.

O Sting agarrou as coxas torneadas da irmã fazendo-a prendelas no seu quadril. O mesmo anda em direção a cama onde deposita a irmã com delicadeza na cama, ele tira sua propria blusa e calça ficando apenas com uma cueca boxer preta o que fez ela corar e o mais velho sorri malicioso.

Sting deita encima da menor mantendo seu preso sobre seu cotovelo para não machucá-la. Ele volta a beijar os lábios rosados de Lucy.

Enquanto ele beija a irmã uma de suas mãos vão ao encontro da intimidade da garota, ele começa a estimulá-la por cima do pequeno e fino tecido da calcinha fazendo-a gemer de puro prazer.

- Você já está tão molhada maninha - ele fala divertido.

Logo ele afasta o fino tecido da calcinha e penetra um dedo na intimidade de fazendo-a gemer mais alto, movimentando o dedo em um vai e vem calmo.

Vendo que a garota se acontumou ele penetra mais dois dedos o que faz a irmã soltar um gemido mais alto, ele começa a fazer movimentos vai e vem em um ritmo rápido, depois de alguns minutos ela goza e Sting leva seus dedos a boca.

- Você é doce mana! - ele fala rouco.

Logo ele começa a chupar a intimidade da irmã fazendo ela ir a loucura soltando gemidos mais altos e agudos. Logo Lucy chega ao seu segundo orgasmo.

Sting tira sua boxer projetando para fora seu enorme membro e a menor cora, ele se coloca no meio das pernas da irmã e começa a penetrala.

Lágrimas começaram a cair dos olhos da loira, era uma dor enorme. Quando o membro do mais velho se encontrava totalmente dentro da irmã ele esperou que ela se acostumasse e mesmo sentindo um pouco de dor Lucy mexeu o quadril num pedido mudo para que seu irmão começasse a se mover.

Sting começou com estocadas lentas e fracas fazendo a garota gemer em reprovação.

- Daddy... Mais rápido - suplicou a garota e o seu irmão sorriu malicioso.

Logo as estocadas foram ficando mais rápidas e fundas fazendo a loira gemer de puro prazer.

Depois de algum tempo Lucy sente seu corpo estremecer e ela acaba tendo um orgasmo e depois de mais algumas estocadas Sting tira seu membro de dentro da menor chegando ao seu ápice derramando seu sémen fora da irmã.

Sting deita ao lado de Lucy abraçando a mesma por trás.

- Sabe maninha eu gosto muito de você - ele riu baixo passando a ponta do nariz na orelha da mais nova que ri.

- Que pena Daddy - ela ri - eu não gosto de você, eu te amo!

Sting ri subindo em cima da irmã postiça e a beijando calmante.

- Tomara que continue me amando quando acordar amanhã...


Notas Finais


✨Magos✨

👉 Zerlu ✔
👉 Nalu ✔
👉 Jellu ✔
👉 Stincy ✔
👉 Rolu (RoguexLucy) (27)
👉 Gralu (GrayxLucy) (10)
👉 Lolu (LokexLucy) (13)
👉 Biscklu (BiscklonxLucy) (4)
👉 Freelu (FreedxLucy) (3)
👉 Stincy (StingxLucy) (21)
👉 Lalu (LaxusxLucy) (6)
👉 Galu (GajeelxLucy) (12)
👉 Hiblu (HibikixLucy) (6)
👉 Colu (CobraxLucy) (8)
👉 Orcy (OrgaxLucy) (4)
👉 Rulu (RufusxLucy) (5)
👉 Maxlu (MaxxLucy) (2)
👉 Romelu (RomeoxLucy) (9)
👉 Midlu (MidnightxLucy) (4)
👉 LucyxNatsu de Edolas (3)
👉 Lylu (LyonxLucy) (12)
👉 LucyxGildarts (1)

✨Demónios✨

👉 Jaclu ✔
👉 E.N.DxLucy (18)

✨Dragões✨

👉 Acnolu ✔
👉 Iglu ✔
👉 Draclu ✔
👉 Healu (LucyxHeatholorgia) (6)
👉 Weisslu (WeisselogiaxLucy) (5)
👉 Skialu (SkiadrumxLucy) (5)
👉 Metalu (MetalicanaxLucy) (6)

✨Surubas/Dragões/magos✨

👉 Acnoluig ✔
👉 StiLuRo (StingxLucyxRogue) (16)
👉 AcLuSkia (AcnologiaxLucyxSkiadrum (9)
👉 WeisseluSkia (WeisselogiaxlucyxSkiadrum) (7)
👉 ZerLuIg (ZerefxLucyxIgneel) (20)
👉 ZerLuAcno (ZerefxLucyxAcnologia) (13)
👉 ZerLuEnd (ZerefxLucyxE.N.D) (21)
👉 E.N.Dluig (E.N.DxLucyxIgneel) (2)
👉 Naluig (NatsuxLucyxIgneel) (2)

✨Suruba/Neko✨

👉 Halu (Happy x Lucy) (9)
👉 Lucy x Frosch (1)
👉 Lucy x Lily (1)
👉 FroshxLectorxLilyxLucy (3)

✨suruba/Yuri✨

👉 ErLuMi (ErzaxLucyxMira) (9)
👉 Erlu (Erza x Lucy) (8)
👉 Milu (Mira x Lucy) (1)
👉 Calu (Cana x Lucy) (1)

✨Outros✨

👉 LucyxOC (personagem original) (5)
👉 LucyxL (1)
👉 LucyxKirihito/Akura-Ou (1)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...