História Casal Preto e Branco - Capítulo 25


Escrita por: ~

Visualizações 22
Palavras 1.153
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 25 - Seja Bem Vinda! HOT!!


Fanfic / Fanfiction Casal Preto e Branco - Capítulo 25 - Seja Bem Vinda! HOT!!

Ariana P.V.O

Era Quarta dia 25 de outubro 20:30, estávamos todos no apartamento de Mani e Milla arrumados, resolvemos fazer uma festa pra Mani que sairá do hospital hoje. O Apartamento estava bem decorado, vários salgados e etc... Só iria ser a gente mesma da galera, a Lauren e a Milla foram buscar a Mani no hospital. A Milla iria dar o sinal pra gente.

Milla- ENTÃO MANI, ENFIM CHEGAMOS.

Todos arregalamos os olhos, o Ryan apagou a luz e todos se escondemos. Logo a Milla entrou e acendeu a luz, e a Mani entrou.

Todos-SURPRESA!

A Mani sorriu e foi abraçar todos.

Mani- Gente, da próxima vez coloquem outra pessoa no lugar da Milla, ela é muito indiscreta.

Ashy- Nos percebemos.

Começamos a conversar e beber, quando nos demos contas já era 00:45, fiz o Chaz parar de beber e fomos embora.

Niall P.V.O

A Ariana, Chaz, Justin, Ryan, Lauren, Ashy, Shay e Zayn foram embora, ficamos eu, Chris, Milla e Mani no sofá conversando.

Milla- Gente, o Chris vai dormir então boa noite.

Chris- Falou casal.

Os entraram pro quarto, e só ficou eu e a Mani.

Mani- Acho que está na hora de você ir nessa né? 

Niall- Está me expulsando?

Mani- Não, só estou te reemlebrando.

Niall- Desde quando você vai ficar fugindo de mim Normani?

Mani- Eu não sei do que você está falando.

Niall- A festa inteira eu quis falar com você, mais você me evita. Você tá com medo de mim?

Mani- Não é medo, é que eu nunca namorei aí eu peguei trauma de namorar com você e me machuca novamente.

Niall sussurrei- Por favor, volta pra mim deixa eu te fazer feliz.

Não deixei ela falar mais nada e fui pra cima dela e lhe dei um beijo, no começo ela recusou mais logo cedeu pra minha língua se encontra com a sua, nossas línguas dançavam em perfeita sincronia, ela cravou as suas unhas na minha nuca e mal sabia que ali era meu ponto fraco, ela entrelaçou suas pernas na minha cintura, e voltamos a nos beijar ela enfiou sua mão dentro da minha camisa e alisou meu abdômen. Meu pau ficou duro rapidamente.

Mani ofegante- Melhor no quarto.

Eu assenti e a peguei no​ colo, fomos pro seu quarto nos beijando, entramos no mesmo e eu tranquei a porta. Me desliguei ficando apenas de cueca e fui pra cima da mesma, tirei o seu short e sua blusa, vendo ela só de lingerie roxa, estourei seu sutiã e abocanhei seu seio direito, e massageando o esquerdo ela gemia e apertava os meus cabelos. Desci e fui direto pra sua calcinha, rasguei a mesma e abocanhei sem deixar ela recuar, eu estava selvagem e ela tava percebendo. Eu lambia seu clitóris e sugava o mesmo com roça, arrancando gemidos da mesma.

Mani- Ni-all awnn Ohhhhh.

Ela tentou me empurrar pra parar, mais não conseguia eu chupava com mais vontade fazendo a mesma se descontrolar, ela não parava quieta e eu segurei sua cintura fortemente. Ela não aguentou e gozou na minha boca, suguei toda sua umidade e vi que ela estava ofegante, suada e com os cabelos grudados no rosto, puxei a para um beijo selvagem a fazendo sentir seu próprio gosto, ela me virou na cama e me fez ficar sentado.

Mani- Minha vez de retribuir o prazer.

Eu sorrir e vi ela brincar com o cós da minha cueca, ela tirou toda e jogou a mesma no chão, ela pegou meu pau que já estava duro de mais, e começou a massagear, eu gemia muito, mais queria a sua boca no meu pau.

Niall- Mani, não me tortura por favor.

Ela sorriu contra o mesmo e abocanhou com tudo, eu gemi alto e não me importava com o mundo mais, só com essa garota que me proporcionava um prazer irreconhecível, ela no mesmo tempo que me chupava massageava minhas bolas.

Niall- Ca-caralho Mani.

Eu gemia e ela chupava gostoso, não aguentando eu gozei na sua boca e segurei sua cabeça. Ela engoliu tudo e se levantou, ela passou a língua nos lábios e aquilo deixou meu amiguinho acordado de novo. Puxei a para um beijo e a coloquei deitada de frente pra mim, a penetrei sem aviso algum fazendo a mesma tomar um susto mais logo se acostumar, ela a perna na minha cintura e me abraçou, eu já dava estocadas violentas e rápidas que no som da noite escutava nossos corpos se batendo, ela arranhou minha nuca me dando arrepios.

Mani- Niall, meus Deus Oh! Va-vai mais rápido.

Ela disse, me cansei dessa posição e ela percebeu e montou em cima de mim sem tirar meu pau dela, ela começo a quicar minhas mãos foram pra sua cintura pra ajudar nos movimentos.

Niall- Cavalga pro papai vai vadia!

Disse dando tapas na sua bunda, ela me obedeceu e começou a quicar mais rápido, eu me levantei e fiquei ajoelhado na cama. Coloquei as duas mãos na sua bunda, a ajudando a quicar,nois dois estavamos suando quando ela rebolou, foi o meu fim pra mim e pra ela. Gozamos e eu caí na cama e ela em cima de mim, olhei pra ela e vi que a mesma estava suada com os olhos fechados e com a respiração ofegante. Tirei seus cabelos de sua testa e lhe dei um selinho.

Niall- Isso quer dizer que voltamos?

Mani- Se você prometer se controlar?

Niall- Eu prometo me controlar.

Mani- Eu também vou me controlar.

Nos beijamos e nem percemos quando dormimos.

Mani P.V.O

Acordei com a claridade da luz no meu rosto, porra por que eu não fechei a varanda?! Fui levantar minha cabeça mais vi que alguma coisa prendia meu cabelo, puxei com toda força e olhei pra trás, era o Niall. Ele que estava com a cabeça encima do meu cabelo, ele estava abraçado a mim dormindo serenamente. Me estiquei pra olhar meu relógio e vi que era 9:45, não dava mais tempo de ir pra escola então foda-se. Fiz uma trilha de beijos da sua testa até sua boca, logo ele logo abriu os olhos e vi suas íris azuladas.

Mani- Bom dorminhoco.

Niall- De todos os anos, essa foi o melhor jeito de acordar. Bom dia, vamos pra escola?

Mani- Não dá mais tempo, perdemos aula. Eu tô cansada.

Niall- O pai também aqui é foda, claro que você iria ficar cansada.

Dei um tapa fraco no seu peito e me levantei.

Mani- Já que o senhor é foda, pode indo fazer o café enquanto eu tomo banho.

Me levantei e fiquei de pé do lado da cama , ele olhou pro meu corpo aí reparei que estava nua, peguei o lençol e se enrolei no mesmo. Eu fui pro banheiro e tomei um banho demorado, lavei o cabelo e sai, coloquei um short e uma blusa regata branca. Fui pra cozinha e tive a visão do meu Namorado só de cueca fazendo panquecas, fiquei babando por ele.

Niall- Tira uma foto que dura mais linda.

Mani- Idiota.

Me sentei na mesa e começamos a comer, entre brincadeiras e beijos.

Niall- Senti saudades disso.

Mani- Eu também, muito.

Niall- Eu te Amo Mani Kordei.

Mani- Eu te amo Niall Horan.

Nos abraçamos e nos beijamos





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...