História Casamento Arranjado - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Romance
Visualizações 11
Palavras 858
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ola Pessoal! Tudo bem com vocês? Espero que sim kkkk
Bom, este é o meu primeiro romance e a primeira historia que posto aqui.
Espero que gostem e vou fazer o possivel para escrever uma boa historia para vocês. Tenham uma boa leitura !

Capítulo 1 - Proposta de Casamento


Capitulo 1- Proposta de casamento.

- Tem certeza disso Marcus ? – Perguntava Saul o primeiro ministro com um misto de preocupação e pânico.

- Tenho, e também não tenho escolha,se não fizermos essa união nosso país passará fome e sofrerá com uma guerra, essa escolha que nos deram foi ótima – Respondia Marcus o rei.

Saul passava as mãos pelos cabelos exasperado.

- Marcus me escute, não podemos entregar nossa princesa e nosso reino assim, por favor pense.

- Vou pensar nisso Saul, agora se me da licença vou para meus aposentos – Com essa resposta Marcus sai da sala de reuniões.

O rei anda pelos corredores de seu palacete os observava ao mesmo tempo, as paredes eram pintadas de vermelho e no chão azulejos pretos e brancos estavam colocados aleatoriamente. Ao chegar em seus aposentos se deparou com sua esposa, a rainha Tânia, brincando com sua filha Alison de apenas 4 anos em cima da cama.

- Boa tarde meu senhor – A rainha o saúda quando o avista.

A princesa ao ver o pai corre em direção aos seus braços.

- Boa tarde minhas perolas – Diz Marcus com a filha no colo e dando um selinho na esposa.

- Mamãe estava me ensinando a jogar xadrez, quer jogar comigo papai ?  - Pergunta a menina.

Marcus faz cafuné na cabeça da pequena.

- Talvez mais tarde minha pequena, tenho que conversar com sua mãe agora, por que não vai pintar ? 

A menina assente e sai correndo em direção ao seu quarto.

- Xadrez ? – Pergunta Marcus abraçando a esposa pela cintura.

- Por que a surpresa ? ela é inteligente daqui a pouco esta jogando muito bem – Responde ela com um sorriso, mas ao ver que Marcus não sorriu de volta seu sorriso também foi morrendo – O que houve meu senhor ? Não esta se sentindo bem ?

- Recebi uma carta de James hoje de manhã – Diz ele desfazendo o abraço e se sentando na cama, sua esposa também faz o mesmo – Ele diz que vai esquecer nossas diferenças e que temos permissão para usar suas terras para plantação enquanto as nossas continuam improdutivas...

- Mas isso é ótimo – Fala a rainha com os olhos brilhando.

- Mas tem uma condição, temos que unir nossos países casando nossa filha com o seu filho, caso contrario ele não deixara usarmos as terras e declarará guerra contra nós.

O brilho nos olhos da rainha se apagou imediatamente.

- Não pode ser, não tem outra saída ? – indagou ela preocupada.

- Não – Marcus se joga na cama e olha para o teto -  Não sei o que fazer Tânia, não quero entregar Alison para eles, mas se o casamento não acontecer uma guerra vai estourar, pelo bem do povo Alison terá que se casar com o filho de James.

- Entendo, se é o que o meu senhor decidiu quem sou eu para discutir – Diz Tânia com o semblante triste.

- Daqui a três dias James junto com a esposa e o filho vão vir aqui para acertarmos os documentos e tornar oficial a promessa do casamento, nesse dia você e Alison devem estar presentes para recebe-los.

- Sim, meu Senhor.

Marcus a enlaçou em um abraço, não queria esse futuro para sua filha, James era cruel e não media esforços para ter o que queria e se o filho fosse igual ao pai ?.

- Olha mamãe, olha papai eu pintei um cavalo ! -  Alison entra correndo no quarto empolgada e pula em cima do pai.

- Mas que cavalo lindo ! – Diz Tânia olhando a pintura da pequena.

- É o cavalo do papai – Alison sorria e fechava os olhos aproveitando os cafunés que a mãe estava fazendo em sua cabeça – Você me ensina a montar no cavalo papai ?

- Claro que sim minha perola.

Alison abre mais um sorriso largo. Ficaram brincando com a filha ate a mesma capotar de sono, Marcus a pega no colo e a leva para seu quarto, abre a porta e vê o quarto de Alison e sorri, as paredes pintadas de lilás estavam cobertas de pinturas de Alison que eram bem feitas para uma criança de 4 anos mais tarde iria ser uma ótima pintora como a mãe, ele desviou os olhos para o chão onde os brinquedos e tintas da menina não estavam em devida ordem e soltou uma gargalhada baixa, nisso a menina tinha puxado dele. Colocou Alison na cama, e sentindo a mudança de posição a pequena abre os olhos sonolenta.

- Papai do que você e a mamãe estavam falando ?

Marcus fica desconfortável não queria contar sobre o casamento pra sua filha agora, apesar de a mesma não ter idade para entender mesmo se desse a noticia.

- Nada importante minha pérola, só estava falando que daqui a alguns dias vamos receber visitas.

- Visitas ?  eles tem crianças ?  se tiverem eu e elas podemos brincar.

Marcus passa a mão nos cabelos loiros da menina que eram iguais aos dele, alisando-os.

- Sim eles tem um filho e ele tem 5 anos, acho que vocês podem brincar quando ele vier, agora vá dormir pérola, boa noite.

Alison se aconchega mais na cama.

- Eu te amo papai, boa noite.

Ao sair do quarto da filha Marcus torcia e rezava com todas as forças para que sua filhinha seja feliz nesse casamento.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...