História Casamento Arranjado - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Suga, V
Tags Bts, Jin
Exibições 33
Palavras 805
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente ta ai mais um capitulo pra vocês <3

Capítulo 16 - A verdade part 2


Fanfic / Fanfiction Casamento Arranjado - Capítulo 16 - A verdade part 2

- Sim... ele me disse isso várias vezes, no começo eu nem achava mais que era por culpa do bebê mas sim por que eu precisava me controlar, ele é realmente bom em me punir. No começo ele era um pouco agressivo mas não chegava a me bater, ele apenas me ignorava e dias depois eu já estava implorando para que ele falasse comigo, para que ele me amasse. Depois ele começou a me tratar como criança, uma vez ele disse que iria me dar algumas palmadas eu achei que ele estava brincando. Mas ele não estava. Ele me fez subir no seu joelho e em seguida ele me bateu até que eu chorasse... foi horrível, eu me senti como uma criança outra vez. – SuBin começa a chorar pois não aguentava lembrar daqueles anos que lutou tanto para esquecer. – Mas então por que a senhora simplesmente não o deixou ? – Deb pergunta e SuBin a encara com os olhos cheios de lágrimas. – Por que eu o amava, e eu achava que ele poderia mudar. – Diz SuBin e a mesma abaixa a cabeça envergonhada. – Eu entendo... o Jin é assim as vezes. – Diz Deb porem sua voz saiu um pouco mais alto do que um sussurro mas SuBin não a escutou pois tinha problemas de audição. – Eu sabia que o Minjun iria ganhar, ele sempre ganhava então eu passei os próximos dias me convencendo daquilo e no dia do aniversario dele eu cedi... e disse que iria ter o bebê, três anos depois que o Jin nasceram o MinJun ficou diferente, mais distante porem ele não era tão agressivo como antes e então eu conheci um homem em uma cafeteria ele era muito bom pra mim e a gente começou a ter um caso e seis meses depois o MinJun descobriu e então ele me expulsou de casa e me proibiu de ver meus filhos e por isso eu o abandonei. – Diz SuBin enquanto limpava suas lagrimas com seus dedos. – Eu já sei como irei te ajudar senhora. – Diz Deb sorrindo. – Mesmo ? Como ? – Pergunta SuBin e quanto Deb ia responder sua pergunta Jin entra no camarim. – Deborah... o que você esta fazendo aqui com essa mulher ? – Pergunta Jin friamente. – Jin não fale isso da sua mãe!!! – Diz Deb encarando Jin em um tom autoritário. – E quem você pensa que é pra mandar em mim ? Eu falo e faço o que eu bem entendo e você não tem nada haver com isso. – Diz Jin desviando o olhar. – É melhor você deixar isso pra lá Deborah, não vai resolver nada mesmo. – Diz SuBin se segurando para não chorar novamente. – Não fale uma coisa dessas senhora o meu plano vai da certo, vai ver. – Diz Deb sorrindo. – Ah que ótimo agora vocês estão de segredinhos ? – Pergunta Jin. – O que segredos ? Imagina – Diz Deb com a tentativa falha de tentar convencer Jin. – Garota eu te conheço, eu sei quando você esta mentindo, só não reclama quando eu fizer isso também. – Diz Jin enquanto segura o queixo de Deb violentamente a machucando. – Jin solta ela agora. – Diz SuBin enquanto se levanta da cadeira e Jin a olha. – Oh... parece que a velhota resolveu dar ordens também. – Diz rindo e apertando mais ainda o queixo de Deb. – Jin.. me solta por favor. – Diz Deb quase chorando de dor. – Ops... parece que a princesa vai chorar não é mesmo ? – Diz Jin rindo um pouco mais alto. – SOLTA ELA AGORA!!! – Grita SuBin e Jin a olha com o mesmo olhar em que MinJun a olhou quando bateu nela pela primeira vez.  – QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA GRITAR COMIGO EM SUA VELHA ?!! – Grita Jin e o mesmo solta a Deb a empurrando no chão e indo em direção a SuBin. – MinJun por favor... não. – Diz SuBin enquanto dava passos pra trás. – MinJun ? Você se lembra do meu pai ? Ah que pena por que ele esqueceu da sua existência. – Diz Jin rindo. – E-Ele não se lembra de mim ? – Pergunta SuBin enquanto seus olhos se enchiam d’água e ela não fazia esforço nenhum para esconde-las. – Ah não, ele se lembra de você sim, na verdade ele te odeia e disse que se você aparecesse na frente que ele te mataria ali mesmo. – Diz Jin sorrindo. – Na verdade eu queria fazer isso, mas ele deve ter mais raiva de você do que eu então eu devo deixar o urubu comer a carniça. – Diz Jin rindo fazendo sua mãe chorar. – JIN PARE DE FALAR ESSAS COISAS PARA A SUA MÃE!!! ELA TEM SENTIMENTOS SABIA ?!! – Grita Deb e MinJun entra na sala e quando ele  percebe a presença de SuBin logo solta um longo suspiro de frustração. – Eu pensei que tinha sido bastante claro quando eu disse que não queria te ver de novo na minha frente... 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e eu postarei o próximo capitulo domingo ou segunda :')


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...