História Casamento arranjado: Doce obsessão - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga
Tags Gaahina, Itahina, Naruto, Romance, Sasuhina
Visualizações 425
Palavras 2.440
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi pessoas lindas! Demorei mais voltei. Acabou que comecei uma nova fic e me empolguei escrevendo ela. Não sei se vcs estão lendo o nome é Jogos e é um Sasuhina mais picante. Mas voltando estou em débito com essa fic. Então vou tentar postar mais um capítulo essa semana. Mas vai depender da inspiração. O cronograma é a festa da recepção. O vôo e a lua de mel.

Capítulo 8 - Admirada!


Fanfic / Fanfiction Casamento arranjado: Doce obsessão - Capítulo 8 - Admirada!

No capítulo anterior:

Ele a beijou. Intensificou as carícias distribuindo chupões e mordidas por todo o pescoço e colo dela. Sem  receio de deixar marcas. 

Era insanidade mas ela  o instigava a quebrar todas as suas regras. 

Se perguntava se seria tão bom pra ela quanto ela estava sendo pra ele. Apenas sabia que não a perderia jamais. A garota que se tornou o alvo de seu desejo e que agora o pertencia de todas as formas.

___________________x___________________

Hinata já esquecia de tudo quando sentia os toques nada genties do ruivo. Mas o celular dela tocou novamente trazendo a sanidade  da garota que riu do grunido de insatisfação de Gaara. 

- Temos que ir mesmo?.- perguntou antes de beijar a Hyuuga  nos lábios. Ela girou o corpo ficando por cima. 

- Sim. Ou quer ficar viúvo?  Meu otossan me mata se eu faltar.- Hinata disse antes de levantar deixando Gaara com gosto de quero mais. Ele seguiu ela com o olhar até ela desaparecer entrando no banheiro. A garota enrrolada no lençol só podia ser admirada tamanha a beleza.

Aquele olhar cheio de luxúria não passou despercebido pela Hyuuga que se perguntava se era impressão sua ou o verde dos olhos dele estava mais intenso?

Ajeitou o  cabelo para não molhar antes  de entrar debaixo do chuveiro. Estava se sentindo plena e feliz. Sorriu para  si mesma. Mesmo com as coisas que descobriu sobre Gaara acreditava veemente que poderia ser feliz ao lado dele. Passou a mão  no pescoço aonde estava meio dolorido não se importou.  Aceitaria ele e todas as suas faces. Sentiu um pouco de insegurança pensando se esse desejo iria perdurar mas lembrou da tatuagem com o kanji amor. Havia tomado isso como um sinal para si. Poderia encontrar amor nele não é?

Saiu de debaixo do chuveiro e se enrrolou em uma toalha. Analisou as marcas no espelho.  Sasuke já havia deixava uma ou duas parecidas então não era nada que não soubesse  cobrir com um pouco de maquiagem.

Saiu do banheiro com um sorriso no rosto. Encontrando o olhar perigoso do ruivo tentação.  Ele estava sentado na cama olhou para ela da cabeça aos pés.  Hinata sentiu um arrepio mas resistiu a vontade de ir até ele e voltar para onde pararam. 

- O banheiro é todo seu.- disse corada e Gaara apenas se levantou esboçando um meio sorriso por perceber  o efeito que tinha na garota.

Hinata se secou e procurou a roupa  que tinha separado. Não podia usar o vestido afinal mentira sobre ele. Resolveu vestir o que tinha escolhido para usar na recepção. Colocou o sutiã e acabou lembrando  que sua calcinha tinha virado retalho. O pior é que não  tinha outra ali ja que não morava ali. Pensou nas malas no carro então relaxou. Vestiu o vestido e depois pegaria uma na mala que tinha feito para viajar. 

Ajeitou o melhor que pode o pentado   novamente no cabelo. No mínimo  estava bom apenas a tiara havia saido e foi fácil recolocar. Fez  o melhor que podia fazer. Gaara saiu do banheiro e vestiu o terno que tinha tirado. Hinata pegou o vestido que teria usado e jogou na cama antes de despejar uma taça de vinho nele. O vinho iria disfarçar a marca vermelha na cama e além disso seria o alibe sobre o "problema na troca do vestido" que ela havia mentido.

Faltava as jóias e maquiagem. 

Sentou de frente a penteadeira. Gaara percebeu  as marcas nela e se recriminou. Não deveria ter se descuidado. 

- Não acha melhor soltar os cabelos?.- perguntou analisando as feições dela. 

- Não aprendi outro penteado, melhor manter assim. -Disse passando lapis no olho.- na segunda porta do corredor  é o escritório poderia ir até o cofre e me trazer uma caixa preta ? A senha  é 1114.

Ele saiu dali. Pensava que deveria ter esperado ou nem ter causado aquelas malditas marcas. Estava preocupado com a recepção e como iriam julgar ele.

Voltou ao quarto deixando a caixinha de veludo sobre a penteadeira.  Viu Hinata maquiando todo o pescoço e colo. Em poucos minutos não havia nem sombra das marcas que o preocupavam. Relaxou.

Hinata passou um batom rosa meio nude apenas para complementar a maquiagem. Pegou o colar  de pedras azuis escuro.

- Pode colocar pra mim?.- pediu a ele 

Gaara apenas se levantou e se colocou atrás da garota que aguardava ele fechar o fecho do colar. Ela se colocou na frente do espelho que tinha ali. 

- Estou bem? Tem alguma coisa fora do lugar?.- perguntou preocupada analisando a própria imagem com cuidado.  Apesar de gostar do vestido lembrava do que o pai disse sobre ser muito revelador.

- Está linda.- ele disse abraçando ela por trás. Beijou ela na nuca. 

Hinata sorriu.

- Então vamos?

Sairam em direção ao jardim aonde o carro estava estacionado. Hinata pediu pra abrir a mala do carro.

- Aonde estão minhas malas?.- Hinata perguntou ao motorista.  

- Já foram levadas ao jatinho particular Senhorita.

- Vamos ter que passar em uma conveniência. - ela disse

- Vamos nos atrasar mais, é melhor ir direto.Algum problema?.- Gaara perguntou, percebendo que havia um pelo semblante de Hinata.

Hinata puxou Gaara até um canto. 

- É que eu estou s-em calcinha.- ela disse e ele olhou pra ele tentando entender o problema.- você rasgou a minha e eu não posso ir assim.

Gaara teve que gargalhar. Fazia tempo que não ria tanto, até lacrimejar. 

- Isso não é engraçado. - Hinata disse chateada. 

- Claro, claro.- ele limpou as lágrimas.- vai ter que ir assim. Ninguém vai saber.

-  Mas Gaara. 

- Vamos Hinata.- ele entrou no carro seguido por ela.

- Pra onde Senhor?.- o motorista perguntou. 

- Direto pra recepção. - ele disse controlando o riso.

Chegando lá deram de cara com Hiashi. Ele lançou um olhar de desaprovação pelo vestido.

- Não precisa nem explicar.- ele disse.- Agora você não é mais minha responsabilidade então boa sorte rapaz. - disse para Gaara.

- Otossan!.- Hinata disse indignada

- Vou cuidar bem dela sogro.- Gaara respondeu

Entraram comprimentaram a todos. Foram direto para o lugar deles na mesa a frente. 

- O que foi?.- Gaara perguntou vendo que Hinata estava quieta.

- Vou cuidar bem dela?- ela disse chateada. 

Ele passou a mão pela cintura dela. 

-Vamos ter nossa primeira discussão hoje também?.- disse no ouvido dela.

- Não mas. Esquece. Só não tenha a mesma visão do meu pai sou independente ok? 

- Sei que sim.

Depois dos discursos  dos padrinhos, que consistiu em Naruto fazendo umas piadas e desejando felicidade sincera aos dois e Tenten tentando conter as lágrimas ao felicitar a amiga o jantar foi servido.

- Gostou do que eu escolhi?.- Hinata perguntou curiosa 

- Está tudo excelente.- Gaara respondeu depois de engolir o que mastigava.

- Espere até provar o bolo.- ela disse orgulhosa por ter acertado o gosto dele. 

- Não gosto muito de doces.- ele disse e ela lembrou de Sasuke. Espantou ele dos pensamentos. 

- Sobra mais pra mim.- disfarçou. 

Quando o bolo foi servido Hinata comia com tanta vontade que Gaara roubou uma garfada dela.

- Gaara esse é meu.- ela disse protegendo o prato de porcelana.

Era uma delicia ela tinha razão. Acenou para o garçom. 

- Pode me trazer um pedaço de bolo.- ele pediu

- Desculpe senhor mas acabou os convidados amaram então não sobrou nada mesmo que a quantidade fosse o drobro do que era necessário. 

- Eu disse que era bom.- Hinata sorriu antes de levar uma garfada a boca e mastigar gemendo um hum de satisfação pelo doce. Gaara aproveitou a distração dela para roubar o último pedaço do prato. Recebendo um olhar assassino da esposa em retribuição. 

- Tudo que é seu é meu esposa.- ele disse antes de dar um selinho nela.

Resolveram caminhar pelo salão.

Hinata foi arrastada para junto de alguns conhecidos e Gaara teve que cumprimentar alguns sócios. Quando ficou só apenas se pos a observar a esposa que sorria e conversava com todos os convidados que se aproximavam dela.

- Que casamento cheio de emoção. - Temari disse se referindo ao escândalo que Sasuke fez na igreja.

- Sim.- Gaara disse sem tirar os olhos de Hinata.

- Não tira os olhos dela, sabe que vai ter que ir com calma não?.- Temari disse analizando ele 

- Nós já transamos.- Gaara disse reprimindo um sorriso.

- Gaara! Espera  quando? 

- Depois da igreja. 

Temari olhou pra Hinata que sorriu pra Gaara antes de dar atenção para outra pessoa que veio comprimentala

- E foi tudo bem? Quer dizer parece que sim mas ela viu suas cicatrizes? 

- Viu. - ele respondeu bebendo mais do champanhe.

- Ih?

- Não  ligou ou fez alarde como as outras. Na verdade disse que também tem mas a diferença que eu não posso ver.

- Isso foi profundo.- Temari disse analisando a Expressão dele.- Qual o problema?

- Não consegui me controlar. - ele disse ainda seguindo Hinata com os olhos já que ela atravessou o salão com Hanabi.- acabou que estavamos conversando e ela contou as fantasias dela e eu  do que gosto.

- E isso é ruim?.- Temari perguntou já que via que Hinata estava bem e parecia feliz.

- Ela quer tentar. Quer ver o quão sádico posso ser disse que talvez eu nem seja já que nunca aflorei esse lado.

- Isso é maravilhoso Gaara. Porque essa cara ?

- Não quero machucar ela Temari. Não posso perde-la.

- Não vai, esquece o incidente com aquela garota foi a muito tempo atrás, se permita viver ao lado de sua esposa. Apenas  descubra do que ela gosta e seja romântico. 

Gaara suspirou. 

- Mamãe devia ter vindo.- Temari disse. - Acho que me enganei. Você acertou quando se casou com essa garota.

- Zerei a vida. - Gaara  disse.- Você admitindo que está errada é raro.

- Não se acostume. 

Hinata se aproximou de ambos. Ao mesmo tempo que Shikamaru.

- Eai comprimentou todo mundo?.- Gaara perguntou 

- Sabe que devia estar me ajudando nisso ela disse abraçando ele.

- Ah Hinata quero te apresentar meu namorado Shikamaru Nara.- Temari disse.

Hinata sorriu.

- A quanto tempo Shikamaru- san.- já conhecia Shikamaru da época da faculdade de direito. 

- Então você é a cunhada.- Shikamaru disse surpreso. 

- Vocês se conhecem ?.- Temari perguntou 

- Claro. A melhor advogada do Japão. - Shikamaru disse

- Está exagerando eu nem advocacio mais.

- Porque não quer.- Shikamaru respondeu.

- Estudamos juntos na verdade nos enfrentamos  no tribunal.- Hinata contou a Gaara que a interrogava com o olhar.

- Espera Shikamaru é promotor se vocês se enfrentaram quem ganhou?

- A Hinata.- Shikamaru disse.

- Não na verdade foi ele.- Hinata negou.

Gaara e Temari olharam confusos.

- Foi o primeiro caso de ambos e o cliente foi absolvido por falta de provas mas Hinata descobriu que ele era culpado e o convenceu a confessar.- Shikamaru contou brevemente. 

- Me diz que vocês nunca namoraram.- Temari disse pela admiração com que eles se olhavam

- Não.  Claro que não.  Shikamaru sempre gostou de loiras e eu descobri que tenho uma queda por ruivos de olhos verdes mas isso é tão extranho como pode ser uma boa combinação?.- Hinata brincou

- Hahahaha Hinata.- Gaara disse beijando a bochecha dela.

A dança foi anunciada. Os noivos caminharam até  o salão vazio. Não tinham ensaiado nada. 

A música começou a tocar e Hinata quase teve um troço. Gaara a tirou pra dançar mas ela apenas deu a mão a ele distraida.

- Não posso dançar isso.- sussurou no ouvido dele.

- Porque?.- ele disse no mesmo tom

- Era minha música com o ..- disse angustiada

- Não  podemos parar estão todos nos olhando.- ele disse conduzindo ela de leve para os lados.- Você não escolheu a música? 

- Eu deixei a par da cerimonialista  não sabia qual escolher e não achei que ela ia por logo essa.- apoiou a testa no ombro dele queria chorar. A música thouse years da Cristina perri. Quase podia ouvir a voz de Sasuke via eles no sofá da sala aconchegados um no outro enquanto  a música tocava e Sasuke traduzia ela no ouvido dela: morri todos os dias esperando você. 

- Hinata.- Gaara disse chamando atenção dela. A música ainda estava no começo. Se concentra na minha voz.- ele disse antes de começar cantar baixinho só pra ela ouvir

You're just too good to be true(Você é boa demais para ser verdade)- ele limpou a garganta.-Can't take my eyes off you(Não consigo tirar meus olhos de você) - Hinata mal acreditava que ele estava cantando para ela. Uma música linda que ela conhecia e adorava. Ficou emocionada. Esqueceu tudo e se concentrou na voz grossa de Gaara em seu ouvido.-You feel like heaven to touch(Você é como tocar o céu)I wanna hold you so much(Quero tanto te abraçar). Tenten que conhecia a novela Sasuke saiu em disparada ao ver o rosto da amiga. Não  pensou duas vezes antes de puxar o cabo do som.- At long last love has arrived(Enfim, o amor verdadeiro chegou).And I thank God I'm alive(E agradeço a Deus por estar vivo).- Temari que estava proximo na frente pode reconhecer a música que Gaara cantava baixo demais para as pessoas ouvirem. Hinata não percebeu que a música tinha parado, Gaara  continuo dançando com ela era um momento dos dois e ela havia se agarrado nele como se o mundo dela estivesse todo ali. Naquela dança.  -You're just too good to be true(Você é boa demais para ser verdade).Can't take my eyes off you(Não consigo tirar meus olhos de você). Temari colocou a musica bem na parte que julgou estarem.

I love  you baby, and if it's quite alright.I need you baby, to warm the lonely nights.I love you baby, trust in me when I say.Oh pretty baby, don't let me down, I pray.Oh pretty baby, now that I found you, stay.And let me love you baby, let me love you.

Gaara girou Hinata que sorriu a música deles estava tocando. Nada poderia estragar esse momento. Dançaram como se tivessem ensaiado para aquele momento. E no fim Gaara curvou Hinata e quando a música acabou se beijaram. 

- Agora podemos ir?.- Gaara perguntou a ela.

- Sim. E obrigada.- disse emocionada e deu um selinho nele.

Ele apenas assentiu.  

Se despediram dos amigos e sairam tinham um avião para pegar.

- Gaara-kun você  não  me contou pra onde vamos?.- Hinata perguntou curiosa estava quase dormindo aconchegada no ombro de Gaara  no banco de trás  do carro.

- Surpresa.- disse enquanto olhava alguma coisa no celular.

- Espero que seja romântico. - disse antes de bocejar e adormecer. 

Depois de 40 minutos chegaram Gaara não quiz acordar  Hinata então a pegou no colo. Subiu as escadas até  o avião. 

- Não leve a Hana eu posso subir sozinha.- Balbuciou baixinho dormindo.

Gaara achou engraçado.  Deitou ela na poltrona confortável e sentou ao lado dela. Como disse na música não conseguia tirar os olhos dela. Poderia obeserva-la pra sempre afinal sua esposa era admirável!


Notas Finais


Oi a música que acho que todos conhecem sasuhina
https://youtu.be/rtOvBOTyX00

E a música que amo e Gaara cantou com tradução pra quem ama 10 coisas que eu odeio em você o link ta ai.

https://youtu.be/cMHs8xXxnXc


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...