História Casamento de faixada. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Himawari Uzumaki, Neji Hyuuga
Tags Boruhana, Boruto, Casamento De Faixada, Naruhina, Naruto, Nejihima
Visualizações 51
Palavras 733
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - O casamento e despedida


  P.O.V Neji

-oque ela faz aqui?-tio Hiashi estranhou a presença de Himawari conosco.

-ela será a minha esposa-eu respondo.

-ela é a sua prima-meu tio diz com o olhar direto para mim.

-no nosso clã casamento entre tios e sobrinhos ou primos é permitido-lembro ele das regras do clã.

-desculpa, eu havia esquecido-Hiashi diz.

-bem, só viemos avisar que Neji encontra uma esposa-meu pai diz.

-boa sorte para o casal-ele diz forçado e fecha a porta na nossa cara.

-grosso-eu resmungo.

-vamos até o cartório para registrar o seu casamento com a Himawari-meu pai diz.

-certo-eu e Himawari dissemos juntos.

Nós fomos em direção a o cartório.

-nós teremos se fazer alguma coisa?-Himawari perguntou.

-como assim?-eu fiquei confuso.

-tipo beijar...ou fazer oque os adultos fazem-Himawari ficou envergonhado.

-não, este casamento é de mentira nós não iremos fazer nada-eu respondo sem olhar para Himawari.

-ok-

Ficamos em silêncio até chegarmos no cartório.

-chegamos-meu pai diz.

-finalmente-digo aliviado.

Nós entraramos no cartório e ficamos esperando por quase meio hora na fila até finalmente sermos atendidos.

-olá-a recepcionista nos cumprimentou.

-olá-dissemos juntos.

-vieram casar ou mudar de nome?-a mulher perguntou sem vontade.

-casar, eu e é esta garota-toquei no ombro de Himawari.

Ele entregou duas folhas e duas canetas.

-basta assinar os termos, e estarão oficialmente casados-ele explica.

Eu pego o papel e assino, Himawari fica com a caneta próxima a marca de assinatura porém não assina.

-oque foi Hima?-eu pergunto de forma calma.

-n-nada-ela gagueja.

-Himawari, esta assinatura é importante para sua família e para mim também, eu já expliquei que não há oque você temer-tento convencê-la.

Himawari assinou o documento e devolveu a folha para a mulher que rapidamente carimbou.

-vocês estão oficialmente casados-ela anuncia desanimada.

-obrigado-agradeci e levantei.

Nós saímos do cartório e ficamos parados na faixada do cartório.

-Neji, quando um príncipe ou princesa se casa ele terá que ficar um mês longe de treinos e passar este mês com esposa ou esposo, ou seja, não apareça no templo Hyuga para treinos-meu pai diz.

-sim senhor-eu assenti com a cabeça.

-ok, Himawari vá para sua casa arrumar suas roupas e se despedir da sua família, e Neji vá para sua casa esperar ela lá-meu pai nos coordena.

-sim senhor-eu digo.

-sim vovó-Himawari diz.

Depois dessa conversa cada um foi para um lado.

(...)

P.O.V Himawari

Voltei para a minha casa, meu pai e minha mãe me abraçaram assim que eu entrei.

-vamos sentir sua falta-meu pai disse me abraçando forte.

-eu também vou sentir falta de vocês-disse segurando meu choro.

Meu pai e minha mãe me abraçaram o mais forte que podiam e eu fiz o mesmo.

Para evitarmos choro desnecessário resolvemos nos separar do abraço.

-onde está o meu Oni-Chan?-eu pergunto.

-eu não sei-meu pai coça a nuca.

-ele me disse que ia até o templo Hyuga se despedir da Hanabi-minha mãe respondeu.

-ok, vou lá chamar ele-meu pai diz.

-obrigado pai-eu agradeço.

Meu pai saiu de casa indo ao templo Hyuga chamar meu irmão para se despedir de mim.

-oque o Neji acha sobre este casamento?-minha mãe pergunta curiosa.

-ele acha que está fazendo um favor para nós e para ele também-eu respondo.

-ele disse algo sobre relações com você?-minha mãe fica apreensiva.

-ele disse para mim não temer, ele não fará nada comigo-eu respondo e minha mãe fica tranquila.

-ainda bem-ela diz aliviada.

-vou arrumar minhas coisas-eu digo.

-quer que eu ajude você?-ele se oferece.

-claro!-eu aceito a ajuda da minha mãe.

Nós subimos as escadas e fomos até meu quarto.

-vou sentir saudades deste quarto-eu digo sorrindo e observando meu quarto.

Parei de ter memórias e comecei a fazer minhas malas.

(...)

Depois de vários minutos, eu havia terminado de fazer as malas então eu e minha mãe descemos e fomos a sala onde meu irmão estava me esperando.

-olá Imotõ-Chan-ele me cumprimenta.

-olá Oni-Chan-eu cumprimento ele de volta.

-o Naruto me contou sobre seu casamento com o primo Neji, meus parabéns garota-ele me dá um leve tapa no braço e um sorriso.

-obrigado-eu agradeço e devolvo o sorriso.

Boruto me abraça.

-sou sentir saudades Imotõ-Chan-ele sussurra em meu ouvido.

Eu o abraço também.

-eu também sentirei Oni-Chan-sussurrou em seu ouvido.

Nós nos separamos do abraço.

-ok-meu pai colocou a mão sobre o ombro de Boruto-eu e Boruto temos que conversar sobre uma coisa particular nossa, então nos dê licença-

Meu pai e o Boruto foram em direção ao escritório do meu pai.

-eu já vou indo-aviso.

Minha mãe me abraça.

-tchau filha-ele se despede.

Eu devolvo o abraço.

-tchau mãe-eu me despeço.

Nos separamos do abraço e eu saí da casa e fiquei acenando para minha mãe até ela sair da minha visão.

-hora de iniciar minha nova vida-eu digo com um sorriso no rosto.

...continua.


Notas Finais


No próximo capítulo teremos hentai BoruHana, e no capítulo 5 eu creio que teremos a entrada do novo casal.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...