História Casamento forçado - Imagine Kim taehyung - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Mark, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 62
Palavras 1.263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello friends..... Outro capítulo para vocês
Boa leitura 📖 ❤

Capítulo 2 - Casamento?


Fanfic / Fanfiction Casamento forçado - Imagine Kim taehyung - Capítulo 2 - Casamento?

Eu vou ir direto ao ponto... Você ira se casar 


Oi?  Meus pais fazendo uma piada?  Senhor! Foi a primeira piada que meus pais fizeram e foi uma das piores que eu ouvi, e precisava me chamar aqui, para falar isso?  Affs eu quase tive um ataque cardíaco!!

- Olha eu to decepcionada com vocês - falei fazendo uma cara de indignada - foi a primeira piada que vocês fizeram na vida e para ser bem sincera, foi horrível. Mais relaxa eu ainda tenho fé em vocês... Agora tenho que ir porque tenho muitos nadas para fazer- falei me levantando para ir embora 

- S/n Tuan você acha mesmo que isso é brincadeira? - minha mãe falou 

- Você ira se casar com o filho do dono da empresa Kim  - meu pai disse serio - Isso ira trazer lucro para a empresa,depois que vocês se casarem e tiverem o primeiro filho ele será o herdeiro das duas maiores empresas da Coréia do sul, assim juntando as duas e duplicando o lucro - meu pai disse isso sem ao menos se importar com a minha opinião 

- OQUE?  Vocês estão falando serio? Vocês estão falando que eu irei ter que me casar e dormir com um homem que eu nunca vi na vida?? - Falei muito irritada, mais meus pais nem deram bola - E sabe oque é mais engraçado? é que vocês acham mesmo que irei aceitar - falei com um pouco de humor na voz 

- Você vai se casar e pronto - meu pai falou me olhando serio - ou você sai de casa para nunca mais voltar 

- Ok! eu saio de casa,  vai ser um favor para mim fazer isso...  Eu e minha irmã vamos sair de casa,  não se preocupe nem eu nem ela iremos sentir falta de vocês - falei e senti uma lágrimas escorrer sobre minha bochecha.Eu sempre achei que meus pais me amavam, mesmo ausentes mais agora eu tinha certeza que era tudo mentira, eles viam eu e minha irmã só como um jeito de lucrar

- Sua irma?  Você ainda fala que a ama,  sendo que se você não aceitar será ela que irá fazer o seu dever - minha mãe disse fria como sempre 

- C-como a-assim? - Disse assustada. Como assim minha irmã tá envolvida nisso? 

- A família Kim tem um filho mais novo da mesma idade da Jennie - meu pai disse

- E se você for covarde e não aceitar a proposta,  Jennie ira se casar com Namjoon o filho mais novo da família Kim - continuou - Você vai deixar que isso aconteça?  Ela irá crescer e nunca irá poder encontrar o amor verdadeiro porque desde pequena já estará casada... Quando fizer 15 anos será obrigada a dormir com um cara que a mesma nunca amou...  tudo isso por sua causa, ela irá apenas carregar o cargo que você não pode carregar... Você vai deixar que isso aconteça com sua irmazinha que ama tanto?  - Minha mãe falou sorrindo igual uma cobra 

Como eles podiam fazer isso com as próprias filhas?  Como podiam fazer isso com o meu anjinho? minha pequena Jennie que não tinha culpa de nada, não tinha culpa de nascer numa família daquela, ela nem entendia a ganância dos homens, ela tinha apenas 6 anos, naquele momento deixei de ver eles como pais, naquele momento para mim eles eram o demônio em forma de gente, que só pensavam em dinheiro e status, eram tão gananciosos que vendiam as próprias filhas.

Nesse momento eu já estava chorando desesperadamente, não conseguia olhar mais para a cara desses monstros não pensei duas vezes e sai de lá,  mas ainda consegui ouvir a voz irritande da vibora da minha "mãe" dissendo :

" se descida até anoite,  e você já sabe se negar quem ira pagar será a Jennie " 

Sai da empresa chorando ainda, chamei um taxi e entrei no mesmo

- Para onde? - O taxista perguntou olhando para mim através do retrovisor 

- Praça central, por favor 

A praça era o meu lugar preferito, ela era todo colorida e tinha varias pessoas felizes... Meio que a alegria delas me contagiava e bem esse era um ótimo lugar para pensar 

POV'S TAEHYUNG 

Minha noite tinha sido otima minha prima Sana , tinha acabado de chegar de Paris, ela disse que tinha voltado por causa de um casamento, só que eu não fiz questão de perguntar de quem, afinal eu estava mais preocupado com  como eu iria meter nela ( se é que me entende) 

Sim nois somos primos mais idai? não temos nada sério e eu não sinto nada por ela,a não ser claro, quando eu estou dentro dela 

Ela estava estranha ontem, ela ficou comigo como se fosse a última vez que isso  fosse acontecer, e sinceramente se dependesse de mim não seria 

Acordei e já era uns meio-dia, levantei e vi que Sana  já não estava mais na minha cama, caminhei até o banheiro ( que também ficava dentro do quarto)  fiz minhas higienes e tomei um banho rápido, sai e me troquei.

Quando eu já tinha terminado de me arrumar a empregada Hyorin, que para ser sincero também já tinha ficado, já que ela é bem gostosinha, bem ela entrou no quarto e fechou a porta 

- Senhor Taehyung seu pai está te chamando no escritório - ela disse com um sorriso no rosto,  nem um pouco inocente - mais se você quiser agente pode ficar aqui mais um pouco e brincar - ela disse,  andou até mim e começou a beijar meu pescoço 

- Descupa Hyorin mais não gosto de deixar meu pai esperando - falei a empurando e saindo do quarto a deixando muito irritada, eu poderia ter ficado com ela denovo?  Sim claro que eu podia, só que eu não fico com a mesma mulher duas vezes, a única que eu ficava várias vezes era minha prima que por incrivel que pareça eu não me entediava 

Andei mais um pouco até a sala do meu pai e bati na porta

- Entra - meu pai disse do outro lado da porta, obedeci e sentei-me numa cadeira de frente com sua mesa - filho acho que você não sabe o motivo da sua prima ter voltado , sabe?  

- Não, mais ela disse que era por causa de um casamento - disse simplistas 

- Sim filho, o seu casamento - quando ele disse isso eu arregalei os olhos, como assim eu iria me casar?  - Ela é filha dos donos da empresa Tuan ,  vocês irão se casar para podemos unir as empresas e multiplicar os lucros 

- Não eu não irei me casar nunca - disse ja alterado - eu não irei deixar minha vida de soltero,  minha vida de balada, nunca não,não, e não 

- Taehyung eu irei ser bem direto com você - ele disse me olhando profundamente -, ou você se casa ou eu te deserdo do meu testamento e você sai dessa casa 

Que?  Ou eu me caso ou eu fico pobre?  Não posso ficar pobre, ele ira me tirar tudo, meu carro, meu apartamendo em Las vagas, tudo, eu não posso deixar isso acontecer

- Eu não prometo lealdade,  irei trair ela e irei ser o pior marido possível - disse com raiva 

- Eu não me importo com que você vai fazer ou não,  só não quero nenhum bastardo querendo alguma parte da minha empresa - disse voltando olhar alguns papeis em cima da mesa

Nem esperei ele dizer nada só sai daquela sala  

Minha vida está acabada 

Tchau balada 

Tchau mulheres

Tchau noitadas ......


Notas Finais


Continua? Sorry a pelos erros de ortografia
Bye bye ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...