História Amor por contrato # Livro 1 da Triologia Amor Por - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Casamento, Conteúdo Adulto, Decepção, Drama, Hot, Paixão, Romance, Sexo, Suspense, Tortura, Vingança, Violencia
Visualizações 276
Palavras 1.478
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá meus amores ,hoje sou eu que vou escrever A Nahh. ..Então queria perdir desculpa pela demora só que ouvi um problema .O capítulo estava pronto só que a Bia estava com ele ..E não sei como o Not dela formatou sozinho e perdemos o capítulo. Então como ela está um pouco ocupada só eu que fiquei responsável pelo capítulo. ..
Ok .
Espero que gostem. E boa leitura
Boa leitura 😍✌

Capítulo 16 - Capitulo 16


Ana narrando 

Meus olhos pesam,  sinto minha cabeça da voltas  ,meu corpo doi e me sinto enjoada.

Escultô a porta abrir e tento olha de onde vem o barulho mais uma tontura me pega e deixo meu corpo cair na cama .

Olho para direção do barulho e vejo Felipe me Olha preocupado . Sim preocupado , era a primeiras vez que o via me olhar assim ,com medo e preocupação. 

Tento em levantar e ele vem ao meu encontro .Noto que atrás do mesmo se encontrar um homem vestido em uma camisa social branca e uma calça também social , ele me olha e eu o  olho .Vejo que seus olhos são castanhos e seus cabelos são meios castanhos avermelhados .Ele era lindo isso eu não podia negar tinha braços fortes e carregava uma maleta preta na mão direita .Mais alguma coisa me fazia o ver como uma pessoa diferente e não como homem. Se ele tivesse 36 seria muito, mais ainda sim o maldito Felipe estava em meus pensamentos e me cordenava por o achar mais bonito que o homem que suponho ser o médico a minha frente .

Noto que Felipe está ao meu lado e olha pra mim e para o  homem com uma cara nada Boa. 

Bufo e tento me levantá,  ele me ajuda e quando fico de pé me sinto enjoada e saío de seus braços e corro em direção ao banheiro .

- ANA - ele grita .

Sento  no chão e sinto lágrimas em meus olhos.Porque isso estava  acontecendo comigo ? Porque logo comigo?  .

O enjôo vem com força total e eu me curvo em direção ao vaso e vômito tudo que avia comido .Se é que ainda tivesse algo dentro do meu estômago. Me sinto fraca e de repente sinto uma mão forte toca meus braços de forma protetora. Olho em direção a mão e me assusto ao ver que Felipe está ao meu lado me olhando ternamente .

- Ana o que esta acontecendo,  você está me deixando preocupado - ele fala .

Tento abrir a boca para falar mais o enjôo volta novamente e me curvo em direção ao vaso novamente. 

- Ana - ele  sussurra preocupado .

- Me deixa em paz Felipe -falo -não quero que veja isso é. .Isso é nojento -falo e sinto as  lágrimas no meu rosto. 

-Felipe - escultô uma voz grossa fala -traga ela para cá - diz .

- Consegue se levanta -ele diz e eu aceno com a cabeça de forma Arfimativa .

-Bom,  vem - ele diz e me puxa fechando a porta do banheiro e me ajudando a andar .

Me sinto mal , ainda me sinto enjoada .não sei o que tenho , acho que foi algo que comi que me fez mal .

- Esta tudo bem - ele diz .

- Es.....- tento falar mais uma tontura me pega com força e me apoio em Felipe que mé segura firme para não me deixa cair .

- Meu Deus Ana - ele diz preocupado -vem ..vamos - ele diz e me pega no colo .Não falo nada , não retruco, não reclamo. Afinal quem eu estava querendo enganar era ali que eu me sentia protegida ,mesmo querendo negar era ali  nos braços dele que me sentia segura e era ali que era meu lugar. Esse lugar me pertence , pertence a mim e não a kriss e nem uma outra qualquer. Mas mim .

Ele me põem na cama e alevanta noto que o homem já estava usando  um jaleco e vem em minha direção. 

- Olá senhora Ferraz , sou Doutor Guilherme eu irei atender a senhora hoje ,pois meu pai teve que resolver alguns assuntos - diz  -bom vamos começar. 

- o que está sentindo ?

- Dor de cabeça,  enjôo e tontura - falo fechando os olhos com força sentindo minha cabeça dar voltas .

- já vem sentindo isso a algum tempo ou só começou a sentir agora?

Congelo .olho para Felipe e vejo seus olhos me olhando fixamente. Droga ele não sabe que eu já estava me sentindo mal desde a nossa discussão no escritório. 

- Sim - falo baixo quase sussurrando e ainda me pergunto como o médico ouvio e Felipe que me olha com os olhos arregalados e depois vejo um misto de raiva e preocupação no seu olhar. 

- Como assim já estáva se sentindo mal e não falou nada Ana ? - Felipe pergunta com sua voz fria e neutra em raíva e preocupação. 

- Você estava ocupado de mais, não queria te perturbar com coisas futes - falo e vejo o médico me olhar com os olhos arregalados e Felipe me Olhar com um olhar enterrogativo.

-A sua saúde não é uma coisa fútil Ana,  a saúde da minha mulher porque você é minha mulher vai esta sempre ém primeiro lugar - diz agora irado .

O olho desafiando o mesmo .e tento responder mas o enjôo não deixou. 

- Ah você  abre a boca para falar MINHA Mulher como se eu fosse Su....- não consigo terminar pois o enjôo volta e por extinto me viro e acabo vomitando ali mesmo no chão. 

Gemo de dor , meu estômago doi mais mesmo assim não consigo para de com o enjôo. 

- Muito bem - O médico fala e eu me sinto envergônada por fazer ele ter que participar desse momento "Marido e Mulher "de uma relação - Acho que já tenho minhas conclusões mais para confirmar se estão certas vou colher uma amostra de sangue para exames e quando estiverem prontos comunico o Sr . Ferraz - ele diz e o vejo prepara uma seringa e pega um algodão e álcool .

Ele retira a amostra de sangue a guarda em sua maleta .

-Muito bem vou passar por uns comprimidos para   dores de cabeça e  uma injeção para enjôo e tontura se não passarem e a senhora continua sentindo enjôo , tonturas e dores de cabeça recomendo que procure um hospital o quanto antes - ele fala em direção a Felipe e o vejo acenti com a cabeça.  .

O médico aplica às injeções e vejo ele anota alguma coisa no seu caderno .

-Ok ,muito bem ,não fassa esforço e não se estresse sua pressão está baixa e isso pode ser um risco para senhora - ele diz - fique de olho em sua mulher e cuide dela senhor Ferraz - ele fala olhando Felipe que nada diz apenas acente novamente .

Vejo Felipe vim até mim e me pegar no colo ,tento me levantá e sair mais ele é mais rápido e me pega mesmo sem eu querer e vejo o Doutor abrir a porta para Felipe passar comigo .

- Para onde está me levando - falo .

-Para o nosso quarto - ele fala e eu arregalo os olhos. COMO ASSIM NOSSO QUANTO? ?? ACHO QUE ELE QUIS DIZER MEU QUARTÔ . Meu subconsciente me joga na cara essa realidade .

Noto que Felipe chama alguém é olho na direção que escultô passos e vejo kriss que ainda não olhou para Felipe mais assim que olha arregala os olhos e vejo seu olhar volta para mim de puro ódio. 

Olho para ela com um olhar vitorioso e me enrosco no pescoço de Felipe e escultô ele suspira - Bom - penso .

Só para provocar me aconchego em seus braços e falo com a voz rouca de sono pelo remedio que tomei ter sido forte .

- Amor me leva pro NOSSO QUARTO logo -falo dando ênfase na palavra nosso e quarto ,  o olho e o vejo me olhar desconfiado. Claro que ele sabe que fiz isso só para provocá a Kriss.

Ahh ..Só de falar esse nome me sinto enjoada .

Fecho os olhos pela tontura que me pegou novamente e sinto os olhos de Felipe em mim e na mesma hora o sinto me aperta contra si no seu peitoral forte e gostos....que?  Para com isso Ana! ! Até doente você  tem pensamento sujos -meu subconsciente grita novamente . 

- Kriss mostre a saída para o Doutor Guilherme que vou levar Ana para o quartô - ele diz e vejo ela abrir a boca para falar algo mais Felipe a lança um Olhar severo e ela saí mais antes me olha com o olhar de puro ódio e eu pisco para ela e me aconchego nos braços de Felipe. A vejo bufa e dizer em silencio as palavras : VOCÊ. IRÁ. ME .PAGAR  ,e eu sorrio para ela e Felipe me Olha. 

Eu apenas abaxei minha cabeça em seu ombro e me pergunto se ele não está cansado. Por já ser alguns minutos ah está em pé. 

- Doutor Obrigado por tudo e Kiss irá mostrar a saída para o senhor - Felipe fala sai andando sem deixar o médico falar nada . Bufo. .Felipe sendo Felipe. 

Sinto meus olhos irem pesando conforme ele anda e logo me vejo cai na escuridão que me abraça intensamente .


Notas Finais


Hello amores ...tentei revisar o o maximo que pude ..mais se ainda tiver algum erro me perdoem ta bom..me perdoem..Bom. capítulo Grandinho para recompensar o tempo perdido ...amores o que vcs acham que a Ana tem? .
Em ?
O que ser que ela tem ?.
Bem só vamos saber quando o Doutor Guilherme entregar o exames ..hum. ...Esse Doutor. ..O que será que ele sentiu em relação a Ana. .?
Sera que vai rolar mais armações? ...
Bom. .Vamos ver o próximo capítulo. ..
Comentem, favoritem e se possível votem vcs não sabe como isso me deixa feliz e inspirada ..
Bom meus amores por hoje e isso ..espero que tenham gostado e comentem sobre o que achãm que a Ana tem ? ..
Kkkk quem já tem palpite vamos ver se vai acerta ...
Kk..ok...
Beijos e até o próximo capítulo. ..
Beijos da Nahh 😍😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...