História Caso da Lua - Baixakase - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bianca "Imbizita" Schiavon, Bruno "TotalCraft" Santana, Cauê "BaixaMemoria" Bueno, Jhennifer "Coelha" Angelina, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Marco Tulio "AuthenticGames", Maria Luiza Ramos (MoonKase), Minecraft, Originais
Personagens Bianca "Imbizita" Schiavon, Bruno "TotalCraft" Santana, Cauê Bueno, Jhennifer "Coelha" Angelina, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Marco Tulio "AuthenticGames", MoonKase, Personagens Originais
Tags Baixakase, Brigas, Cauê Bueno, Colegial, Drama Adolescente, Mara Luiza, Romance
Visualizações 34
Palavras 3.038
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Escolar, Esporte, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora gente... É que eu estou gripada e minhas aulas voltaram esses dias.
Sorry 😔

Capítulo 6 - O feitiço contra a feiticeira


Fanfic / Fanfiction Caso da Lua - Baixakase - Capítulo 6 - O feitiço contra a feiticeira

Pov Dorli


O Cauê nunca agiu assim antes por causa de UMA garota... Não acredito na probabilidade de que ele está apaixonado, ele? Hahahhahahaahhaha!!! Ele NUNCA trocaria tudo que tem agora por uma... Ou será que sim?

Essa dúvida ficou rodeando minha cabeça enquanto eu ia pra sala. Tudo estava muito confuso agora... Não... Não é possível que eu e meu irmão estejamos gostando da mesma garota... Não é possível!! Não é!! 

Entrei na sala e fui ao meu lugar do lado do Marcos.

Marcos- Ei... Cara... Se tá bem? - olhei pra ele e ele me olhava preocupado.

- Tô ótimo. - falei curto e grosso ainda pensando se realmente era verdade... Putz... Hoje o Marcos vai na minha casa com ela pro Cauê não ficar sozinho! E tipo... Nós dois estamos apaixonados pela irmã do meu melhor amigo!

Prof. Mário- Sr. Bueno, responda. - voltei a realidade quando o professor chamou.

- 7... - (imaginem qualquer conta ou coisa do tipo que terminem em 7 blz?) Eu tenho sorte de conseguir fazer duas coisas ao mesmo tempo... Pensar e ouvir. Isso me salva muitas vezes. A aula acabou e eu e o Macos fomos juntos pro refeitório (o horário deles é diferente do Cauê e da Moon). Sentei junto com o Marcos porque sim! 

Marcos- Então... Que horas a gente pode ir na sua casa? 

- Hmm... Slá... Umas... 14:00? Eu acho que a esse horário o Cauê não vai estar com ninguém... 

Marcos- Beleza... Ele leva muita gente pra sua casa? - ele perguntou meio incomodado. 

 💡veio uma ideia genial na minha cabeça...

O Marcos está com ciúme, pois está com medo do que o Cauê pode fazer com sua irmã... Então por que não aproveitar um pouquinho disso?

- Muitas vezes... Eu sou obrigado a escutar praticamente... - Nisso eu não menti... 

Marcos- Sério? - Confirmo com a cabeça. Não estava me sentindo culpado, não estou mentindo sobre nada! Talvez exagerando um "pouquinho"... 

Fiquei ali, brincando com o medo do Marcos por um tempo alertando sobre o Cauê... E o melhor é que ele estava caindo! Mano vou contar a verdade pra vocês o do porque eu estou fazendo isso... Antes, eu tinha uma namorada, mas infelizmente peguei o Cauê e ela na cama... Sim... Tipo, cara... Ser traído é horrível... Imagina pelo seu próprio irmão? É uma sensação pior ainda... Então tipo... Isso será meio que... Uma "vingança" minha... O Cauê me paga. Desde aquele dia eu nunca o perdoei... Por isso eu implico com ele as vezes... Pra ver se ele lembra e se arrepende do que fez... Mas acho que... Isso vai fazer ele parar. Eu pelo menos espero...


Quebra de tempo / Pov ♥Mara💙


Finalmente as aulas de hoje acabaram! Obrigada senhor! Agora vou fazer a sua maior arte quando chegar! Dormir! 

Cheguei em casa com o Marcos e me joguei na minha cama. Eu já estava cochilando quando o Marcos tacou um travesseiro na minha cara.

- AÍ PORRA! - gritei tomando um susto. Ele segurou uma risada e disse.

Marcos- Levanta sua karalha! A gente vai sair hoje... - me sentei na minha cama e bocejei.

- Pra onde? - falo bocejando.

Marcos- Pra casa do Dorli. - eu me levantei, acho um pouco rápido demais. - Nossa ficou até animadinha é?

- Teu cu. - falei mostrando o dedo do meio pra ele. Ele saí do meu quarto e fecha a porta. Que ótimo... Todos os meus planos de dormir a tarde INTEIRA porque é sexta feira foram estragados pelo meu irmão! Que ótimo...

Me levantei, e fui tomar banho. Depois do banho coloquei um cropedd cinza escuro, uma calça jeans, e uma bota castanha de cano curto. Fds vou assim mesmo...

O Marcos estava na sala jogando no celular dele. Taquei o travesseiro que ele tinha jogado em mim, nele. 

Marcos- Aí! - ele disse se sentando.

- Vamos logo -_-

Marcos- Tá animadinha hein? - olho pra ele.

- Animada o teu cu. Eu queria dormir o dia inteiro, e agora por tua culpa eu não posso. Então vamos logo nessa merda! - ele riu e se levantou. 

Marcos- Vamos, são... 13:25, vambora.


Quebra de tempo 


Demorou um tempo para chegarmos e... Uau! Eu não sabia que o Dorli morava numa "mansão" parece uma mansão... Só que menor... E mesmo assim é impressionante!

O Marcos tocou a campainha.

- Por que você me trouxe? - falei olhando pro Marcos.

Marcos- Por que eu e o Dorli vamos fazer o trabalho... E o irmão dele ia ficar sozinho... Daí ele pediu pra te trazer... - eu ia perguntar outra coisa quando a porta se abriu. NÃO ACREDITO! COMO ASSIM!?! 

- Cauê? - Por um segundo eu fiquei admirando seu abdômen. Ele estava sem camisa. Voltei a realidade quase no mesmo segundo.

Marcos- Oi Cauê. - o Marcos falou meio seco. O Cauê deu oi pra ele mas não parou de olhar pra mim... Parecia me comer com os olhos... 

- Cauê... Você... Está babando? - falei rindo um pouco. Parece que ele se ligou no que eu disse naquele momento. Porque ele estava todo desligado... Aquela cena era muito fofinha... Não pude evitar rir um pouco!


Por Cauê


Eu tava de boas em casa aproveitando que o Dorli tava tirando um cochilo, quando a campainha tocou. Quem será que é?

Quando abri a porta... Me deparei com a pessoa mais linda do mundo... Não consigo! Eu tenho que botar na minha cabeça que eu preciso me afastar dela... Eu preciso ter minha vida normal de volta... Mas não dá... Ela complica ainda mais usando esse cropedd que valoriza de uma maneira muito boa seu corpo... 

Mara- Cauê... Você... Está babando? - ela disse rindo um pouco. Senti minhas bochechas queimarem um pouco de vergonha... Mas aquele riso dela... Que incrível...

Escutei alguém tossindo atrás de mim... Era o Dorli.

Mano... Vai tomar no cu! Ele pode ser meu irmão mas não significa que eu goste dele! 

Dorli- Cauê, deixe eles entrarem, e va vestir una camisa logo! - ele falou me "obrigando" a sair dali. Subi pro meu quarto e vesti uma camiseta qualquer. Eu ainda estou com raiva do Dorli... E se ele estiver gostando dela também? Ou... Se... Espera... Eu tenho que parar com isso, eu definitivamente PRECISO esquecê-la... Mas como? Como não se apaixonar? Alguém bate na porta do meu quarto.

- Entra! - olhei pra ver quem era.

Mara- Oi... - ela falou com um tom um pouco triste na voz. Eu senti meu coração disparar no momento em que a vi. Me senti mal por um breve momento, mas voltei ao normal alguns segundos depois. Um silêncio absurdamente desconfortável tomava conta do quarto. Eu nem sabia o que dizer... Nem ela aparentemente. 

- Então... O Marcos é seu irmão? - ela confirmou com a cabeça. - Quer fazer alguma coisa?

Mara- O que? - brisei por um único momento. 

- Minecraft? - quando falei aquilo foi como se o rosto dela se iluminasse de alegria. E não vou mentir... Ela conseguiu ficar mais linda ainda.

Mara- Adorei a ideia! - ela falou um tanto empolgada.

Liguei o computador e peguei minha cadeira. Até que percebi uma coisa...

- Eita... Não tem outra cadeira aqui... - falei procurando torcendo pra que tivesse.

Mara- Ah tudo bem... - ela falou se ajoelhando de frente pra tela do computador do meu lado.

- Você vai ficar assim?

Mara- Vou! Se for preciso sim! - isso que me encanta nela... Ela não tem medo de se expressar...

- Por que você não senta no meu colo? - aquilo saiu da minha boca por impulso. E percebi que ela me olhou estranho. - N-nã-não é o que você está pensando... É que... Eu só pensei que seria mais fácil pra você jogar... - eu acabei me embolando um pouco no começo mas consegui falar... Por que quando gostamos de alguém ficamos assim? Me perguntei enquanto ela pensava na resposta.

Ela mordeu o lábio inferior olhando o chão. Porra! Isso é que é pensar e seduzir...

Mara- Ok... Mas não vai incomodar você? - fiz que não com a cabeça. - Ok, mas a culpa não vai ser minha se você reclamar de peso. - ela falou se levantando e sentando no meu colo. Eu estava quase surtando pra não enlouquecer! Ela é bem levinha... Também né? Ela é baixinha... 

Começamos a jogar. Era Bed Wars. Mas a cada momento que ela caia ou morria, ela se enclinava pra trás... Me fazendo querer surtar de enlouquecer! Essa garota sabe mecher comigo... 


Pov Mara ♥


A minha vez acabou... Que droga... Tava quase... 

Cauê- Minha vez! - ele falou empolgado e se enclinando um pouco pra frente, deixando seu corpo colado no meu. Eu fiquei quente... Subiu um calor e uma vergonha alheia naquele momento. 

Meu Deus... É enorme... Espera... Eu preciso PARAR de pensar nisso! Urgentemente preciso! 

O Cauê continuava jogando. E percebi que ele era meio ruim... Mas não pior que eu...


Pov Cauê


Eu precisei me enclinar um para jogar, e acabei deixando sem querer ela contra mim. Percebi enquanto jogava que ela ficou vermelhinha. MEU DEUS QUE FOFURA! 

Algumas vezes acabei me desconcentrando e caindo no void enquanto pulava. Mas também né? Olha o que estava na minha frente! Ela é perfeita demais meu Deus... Como é possível uma garota de aparência tão simples... Ser tão bonita? Mas tem algo nela que me deixa intrigado desde o primeiro dia... Não foi apenas a atração que eu tive... Mas a sensação... De já conhecê-la antes... Não foi na festa... Foi antes... Tenho a sensação de já ter conhecido ela antes mesmo dessa festa... Eu tento lembrar as vezes... Mas é como se... A memória estivesse bloqueada... Eu não sei... E talvez nunca irei saber...


Pov Mara ♥


Decidimos ir jogar outra coisa. Eu saí de cima do colo dele e fui em direção a sua cama. Me joguei nela e fiquei pensando no que poderíamos fazer.

Cauê- Por que o Dorli te chamou de Moon? - o Cauê pergunta DO ALÉM e eu lembrei que estavamos na casa dele. Cuidado com a burra...

- É um apelido meu... Que praticamente todos me chamam assim... 

Cauê- Eu posso te chamar assim? - ele perguntou com uma carinha fofa IRRESISTÍVEL!

- Pode... Afinal você é meu amigo... - Na hora em que falei isso eu lembrei dele beijando aquela garota... Senti um pouco de náusea, mas voltei ao normal no segundo seguinte. - Tive uma ideia! - falei um pouco alto.

Cauê- Qual?


Pov Cauê


Mara- Que tal... A gente chamar o resto do pessoal pra fazer alguma coisa? Afinal... Acho que eles dois vão demorar... 

- Tá mas... Quem?

Mara- O Total... A Coelha... A Livinha... A Bi... E o Jv... E se eles terminarem mais cedo... Eles dois podem vir também... 

- Vir pra que?

 Mara- Você vai ver... - ela falou pegando o celular dela. - eles todos estão online... Você topa a ideia?

- Mas o que é?! - falei curioso.

Mara- Já disse... Você verá... Embora não seja nada especial... 

- Conta! - Falei levantando, e deitando minha cabeça na perna dela.

Mara- Não.

- Nouzan... Que cruel você é mouça... - ela riu. Eu sorri fraco. 


Quebra de tempo 


pessoal chegar. Nossa conversa se baseou em eu insistindo nela me contar... -_-

A campainha tocou, e eu e ela fomos atender.

Mara- Oi gente! - ela falou abraçando a Coelha, e depois a Lívia. Todos eles entraram. A Mara falou para sentarmos no carpete. Ela foi pra cozinha.

- Vocês sabem o que ela vai fazer? - falei perguntando pra eles.

Total- Essa doida chamou a gente pra vir jogar alguma coisa... Mas eu não sei bem que jogo é... A Coelha não quis contar... - a mesma sorriu e beijou a bochecha do Total... 

Lívia- Aff... Vocês não vão ficar fazendo a gente segurar vela né?




Coelha- Conta aí o motivo de você ter faltado hoje! - ela falou brincalhona... Mas deu pra ver o tom de ameaça na voz.

Lívia- Eu conto... Mas duvido que vocês dois tenham coragem pra contar! - ela falou desafiando. A Moon voltou.

Moon- Voltei! Chega de treta por enquanto! - ela estava com uma garrafinha vazia na mão. Espera... Não...

Coelha- Finalmente!

Jv- O jogo é o que? - ele falou saindo da brisa que ele tava. Todos nós rimos menos ele.

Moon- Desafios! - ela falou animada.

- Como joga isso? - perguntei. Aparentemente a brisa do Jv é contagiosa... 

Moon- É quase igual verdade ou desafio... A diferença é que só tem desafios, E - ela acrescentou esse "e" mais alto. - Se você lançou o desafio você não pode falar a pessoa que você vai fazer o desafio...

Todo mundo ficou bugado (até eu)

Moon- Exemplo: A garrafa caiu na Coelha e na Bi, a Bi vai lançar um desafio pra Coelha tipo, você vai ter que ficar em cima do... Daí a Coelha vai girar a garrafa e na pessoa que cair ela vai ter que ficar em cima. O jogo reinicia quando alguém chega, e começa com a pessoa que a garrafa escolheu para fazer o desafio. - ela deu uma pausa. - Entenderam? - Confirmamos. Esse jogo é bem simples... Só a explicação dela que ficou meio embolada.

Moon- Muito bem... Quem começa? - ela colocou a garrafa na mesa.

Bi- Eu! - a Bi girou a garrafinha. Parou em... Mim '-' 

Bi- Muito bem Sr. Cauê... Eu te desafio a fazer uma declaração para a... - eu girei a garrafa. E parou na Lívia. O Jv me encarou mortalmente... Nunca pensei que teria esse medo dele... É sério... '-'

- Tenho mesmo que fazer isso?

Mara- Sim - ela falou fingindo dar uma risada maléfica.

- Aff... - bufei. - Ok né... - bateu um arrependimento na hora... Pra que que eu fui aceitar!?! 

- Lívia... Eu não te conheço muito bem... Não soube te encarar direito quando te vi cantando com as outras... Eu não sabia quem você era... Mas você parece uma pessoa bem legal... Sua voz é bonita... Espero que sejamos amigos... - A Moon, junto com a Coelha e o Total bateram palmas.

Total- Nunca pensei que você fosse capaz de fazer uma declaração de amizade pra alguém... Merece palmas. - a Bi, o Jv e a Lívia também começaram a bater palmas. Começou a bater uma vergonha alheia naquele momento. Eu senti meu rosto queimar. 

Mara- Owwwn que bonitinho gente! Ele tá com vergonha! - ela falou me abraçando de lado. Eu senti meu rosto pegar fogo quando ela fez isso. Tá quente aqui ou sou só eu? - Vai Lívia, gira a garrafa. - ela falou me soltando.

A Lívia girou a garrafa. Caiu na Coelha. Ela encarou a Coelha com um olhar travesso.

Lívia- Te desafio a ficar de pé até alguém chegar! - a Coelha estava realmente brava com isso. Mas ficou de pé. Todos nós estávamos rindo dela.

Coelha- Parem de rir todos vocês! - ela falou brava ainda de pé.

Moon- Gira a garrafa aí Coelha! - ela falou rindo.

Coelha- Vai se fuder Moon -_- - Ela girou a garrafa com o pé mesmo. Caiu no Jv.

Coelha- Te desafio a... - ela ficou pensativa. - Comprar comida pra mim e pra... - ele girou a garrafa. Parou na Moon.

Moon- Muehehehe... - Ela fingiu uma risada maléfica.

Bi- Gorda... - todos nós rimos. Depois que o Jv cumpriu o desafio... Adivinha quem chegou!?! Exatamente! O Dorli e o Marcos.

Dorli- O que vocês estão fazendo? - ele perguntou enquanto a Coelha voltava a se sentar.

Mara- Jogando, vocês estavam demorando muito lá em cima... Então nós chamamos uns amigos e viemos jogar... - ela falou numa simplicidade que pelo amor de Deus...

Dorli- Acho melhor... Vocês ficarem aqui hoje... - ele disse olhando a janela.

- Por que? - antes que ele respondesse escutamos um barulho do lado de fora. Fomos todos até a janela e vimos que tinha começado a chover, mas não era uma chuva comum... Era chuva de granizo!

Todos nós voltamos a nos sentar. O Dorli se sentou na direção oposta da Moon. O Marcos não quis jogar, ele estava cansado, por isso ele disse que ia ficar lá no quarto de hóspedes pra tirar um cochilo. Assim que ele saiu, voltamos a jogar.

A Moon girou a garrafa e caiu no Dorli.

Moon- Haha! - ela falou rindo vitoriosa. Ela é bem competitiva... - Te desafio a beijar a... - todo mundo ficou tenso. Até eu! O Dorli girou a garrafa e caiu na... Não... NÃO!

Dorli- Parece que o feitiço virou contra a feiticeira. - ele falou dando um riso. Pude perceber quando ele se levantou que me olhou de um jeito, como se tivesse ganhado um prêmio. Pois é... Eu e meu irmão estamos DE FATO apaixonados pela mesma garota!


Pov Dorli


Me aproximei da Moon e vi que ela estava vermelhinha. Cheguei perto do ouvido dela.

- Relaxe... Eu não vou morder você... - Percebi que ela ficou ainda mais vermelha. Finalmente selo nossos lábios. E não vou mentir... Ela beija bem...


Pov Mara ♥


Aí meu Deus! Socorro!

Senti uma explosão de sentimentos invadir minha mente. Aquele beijo era calmo... Mas um pouco quente ao mesmo tempo. Era um beijo bom... Não vou mentir pra agradar ninguém... Mas eu estava adorando...

Ele pediu passagem e eu sedi. Assim que o ar fez falta ele se afastou um pouco. Pude ver em seus lábios, que ele sorria fraco. Enquanto eu estava vermelha de vergonha.

Ele voltou pro lugar dele ainda sorrindo um pouco. A Coelha, a Lívia e a Bi não deixaram de me sacanear depois daquilo... 


Pov Cauê


Meu coração... Estava completamente quebrado... Eu não acredito que fui praticamente obrigado a ver meu irmão beijando a menina que eu gosto.


Senti uma lágrima bem teimosa sair do meu olho. Mas limpei rapidamente para que ninguém visse.

Jogamos algumas outras partidas até que começou a ficar mais tarde, e a chuva ainda não havia parado, ela só havia ficado ainda mais forte. Combinamos de que as meninas íam ficar todas num quarto de hóspedes, e os meninos no outro que o Marcos estava.


Quebra de tempo / Pov Mara ♥


Nós todas fomos para o quarto em que iríamos ficar. O quarto tinha oito camas ao todo. Pra que tudo isso? Não tenho ideia... Cada uma de nós se deitou em uma e dormiu. Só sobrou eu e a Coelha acordadas.

- Coelha... Por que vocês faltaram hoje na escola? - pude ver pela luz do seu abajur que ela ficou vermelha.

Coelha- Sabe Moon... Às vezes nós coelhos precisamos de cenouras...

Não entendi o que ela quis dizer mas também não pretendo entender...













Continua?


Notas Finais


Eita... Dorli vingativo hein... Mas será que ele está fazendo o certo?
E a Coelha hein? Quem entendeu o que ela quis dizer pode botar aí nos comentários...
Coitado do Cauê... Mas será que ele realmente merece essa pena?
E a dúvida mais cruel de todas...



Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...