História Casos de Família - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Dan, Daniel Silvânia, Sil
Exibições 15
Palavras 957
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - O segredo de Edgar


Ao amanhecer o dia Sil acorda atrasada.
Sil: Edgar, to muito atrasada. Hoje é o primeiro dia de aula e eu estou atrasada.
Edgar: relaxe amor, você pode chegar atrasada.
Sil: posso não é reunião com os pais, me ajuda.
Edgar: vai tomando banho vou acordar Lucas.
Sil toma banho e Edgar volta pro quarto.
Sil: me ajuda, fecha aqui meu sutiã.
Edgar ajuda Sil a fechar o sutiã.
Sil: meu sapato, cadê?
Edgar: você tem um monte de sapatos, Sil.
Sil: eu quero o de ontem.
Sil procura debaixo da cama e coloca os sapatos.
Sil: amor, leva Lucas pra escola, eu levo ele no shopping.
Edgar: vai , vai amor.
Sil segue pra escola, na escola os pais dos alunos aguardam Sil pra reunião de pais e mestre. Daniel não comparece na reunião.
Depois da reunião Sil vai pegar Lucas como combinado.
Sil: vamos filho?.
Lucas: mãe, Isabela não quer ir.
Sil: oi Isabela.
Isabela: oi, é que minha mãe não vai deixar.
Sil: você não falou pra ela?
Isabela: não.
Sil: vamos, eu te deixo em casa.
Lucas: não mãe, Vamos pro shopping.
Sil: ela não falou nada pra mãe dela.
Lucas: você prometeu, mãe!
Sil: você Quer ir?
Isabela: quero.
Sil: então a gente vai pro shopping rapidinho e depois eu te deixo em casa.
Eles vão pro shopping e brincam, assiste filme e tomam sorvete, Sil compra algumas roupas e brinquedos pra Isabela. 
Sil: vamos embora? Sua mãe deve ta preocupada.
Isabela: vamos tia.
Sil leva Isabela pra casa e Cláudia ( mãe de Isabela) estava esperando Isabela com Edgar.
Cláudia: onde você tava Isabela?
Sil: Edgar?
Edgar: é, eu vim, a mãe dela tava preocupada.
Sil: a gente tava no shopping, desculpa eu não ter avisado.
Cláudia: quem você pensa que é? Só por que é rica acha que pode sair com minha filha pra onde quiser.
Sil: calma, eu errei em não ter te avisado.
Isabela: olha mãe, a tia comprou pra mim.
Cláudia: devolve, você não precisa disso.
Sil: aceita, por favor, ela é amiga do meu filho.
Cláudia aceita e coloca Isabela pra dentro.
Sil, Edgar e Lucas vão pra casa.
Sil: não entendi você tá aqui.
Edgar: falaram na escola que você tinha saído com a filha dela e ela me ligou e eu vim pra cá.
Sil: que mulher mal agradecida.
Edgar: já passou, amor.
Ao chegar em casa Cláudia liga pra Edgar.
Por telefone Cláudia: Edgar, não quero sua mulher com minha filha, ela já tem o amor de Lucas.
Edgar: para, Sil fez na melhor intenção.
Cláudia: não quero, Isabela com sua mulher.
(Isabela e Lucas eram irmãos, filhos de Cláudia com Edgar, Edgar criou Lucas com Sil sem Sil saber que Lucas era filho de Edgar.)
Edgar desliga o telefone.
Sil: quem era?
Edgar: o pessoal da banda, cancelaram o show.
Sil: hum que bom, posso aproveitar meu marido. ( Sil fala abraçando Edgar)
Edgar e Sil estava no maior clima quando Manu entra no quarto com tudo.

Manu: Sil, Si... opaaaaa!
Sil: bate na porta menina!! ( Sil fala vestindo a blusa novamente)
Edgar rir.
Sil: diz o que aconteceu pra você entrar assim, como um furacão e sem educação no meu quarto.
Manu: desculpa casal, tenho uma notícia pra te dá.
Sil: fala Manuela!!!
Manu: consegui o estágio no hospital Santa Maria!!!!
Sil e Manu gritam: Ahhhhhhhhhhhhh!!!!!
Edgar: parabéns cunhada !!!!
Manu: sabe aquela secretária sem sal,, Edgar?
Edgar: sei.
Manu: então ela ligou pra avisar que eu sou a mais nova estagiária do doutor Daniel Diau de Lima.
Sil paralisa.
Sil: você, você vai estagiar pra Daniel?
Manu: sim, não é o máximo???
Sil: é, claro que é.
Manu: Sil, quero dá um jantar pra comemorar , posso?
Sil: claro que pode, meu amor, essa casa é sua.
Manu: vou chamar poucas pessoas, só o Pedro, a Cecília e nossas irmãs.
Sil: tenho muito orgulho de você e tenho certeza que se nossos pais tivessem aqui ia está igual.
Manu: passei tão pouco tempo com eles.
Sil: mas eles , onde eles estiverem, estão muito orgulhosos da bebezinha deles.
Manu: você que é nosso orgulho, tão correta, tão amada.
Sil: te amo, minha menina.
Manu: te amo, minha mãe, minha irmã, é por você essa conquista.
Sil e Manu se emocionam e se abraçam.
Edgar: sem choro vocês duas, o momento é de comemoração.
As duas limpa as lágrimas.
Edgar: você merece, é uma menina de ouro, merece estagiar no melhor hospital e com o melhor médico barraqueiro ( Manu e Edgar riem e Sil fica sem graça)
Pensamentos de Sil: " meu Deus, Manu vai trabalhar com Daniel, ele não pode saber de mim, eu não quero saber dele)
Manu: Sil, Sil?
Sil: oiii.
Manu: vou dormir na casa de Cecília, só passei pra te dar a notícia, a gente vai virar a noite estudando.
Sil: não vai pra balada não, né?
Manu: Claro que não, agora eu sou uma quase médica de responsabilidade.
Sil: assim que eu gosto de ver.
Manu: vou indo, gente. Desculpa atrapalhar o momento pegação de vocês.
Sil: vai logo, vai.
Manu beija o rosto de Sil.
Manu: tchau, tchau Edgar!
Edgar: tchau, parabéns e juízo.
Manu: obrigada! 
Manu sai e Sil fica calada.
Edgar: que foi, não ficou feliz?
Sil: claro que fiquei, é que agora que eu me dei conta que ela cresceu.
Edgar: logo mais é Lucas.
Sil: depender dele , ele vai ser trombonista igual você, por que segundo ele, você não precisa estudar.
Edgar e Sil rir...
Edgar: vem cá, vem terminar o que Manu atrapalhou.
Sil: perdi o clima. ( Sil fala rindo)
Edgar puxa Sil pra cima dele e a beija.
Os dois se deitam e dormem.


Notas Finais


Isso não vai prestar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...