História Castelo de cartas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Kim Seokjin, Lágrimas, Namjin, Namjoon, Paixão, Sexo, Vhope
Visualizações 34
Palavras 906
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom trouxe mais uma fic para vcs espero que gostem, e me perdoem pelos erros.

Capítulo 1 - Novo emprego


Fanfic / Fanfiction Castelo de cartas - Capítulo 1 - Novo emprego

POVs Jin

Ai estava eu, como todos os dias procurando um emprego nas ruas de Seul. 

  Eu poderia estar vivendo aos custos dos meus pais agora, mas quando me assumi gay fui expulso de casa. Então fui morar no apartamento dos meus amigos, arranjei um emprego numa cafeteria, mais fui demitido por comer algumas rosquinhas, tragico, não? Depois não consegui mais arranjar emprego, estou até agora vivendo nas custas de Jimin e Taehyung meus melhores amigos. Minha sorte é que minha faculdade já estava toda paga.

  Chego na portaria do meu prédio e encontro o yoongi, o nosso porteiro, e um ótimo amigo.

 

  -OI yoongi, bom dia

 

  -OI  Jin.- Ele falou com mais umas de suas carrancas matinais.

 

  -você sempre tão alegre, invejo sua disposição- Falei rindo ele Ele me mandou um gótico.

 

  -Vai tomar no cu, Jun- Ele disse é depois pegou um envelope de uma gaveta de sua mesa- Isso é pra vc.

 

  -Oque é?-Pergunto me inclinando no balcão é pegando o envelope de suas mão.

 

  -Se eu souber já teria roupa do-Falou com uma cara sinica.

 

  -é da embresa, Kim-Disse sem dar vi lá pro que ele falou.

 

  -E o que eu tenho haver com isso?

 

  - eu mandei meu curriculo pra ele semana passada, será que eu consegui um emprego-falei com um olhar esperançoso.



    -Por que em vez de vc me perguntar vc não abre e ler?



    -eu vou abrir lá em cima, tchau- eu digo e ele acena pra mim.

 

Logo eu saio correndo nas escadarias do prédio. é a situação está tão precaria que nem elevador nos temos. depois de subir tudo aquilo correndo pego minhas chaves e abro a porta da minha humilde residência, e encontro a Jimin cozinhando (ou melhor queimando minhas panelas) e Taehyung jogando vídeo game com o Jungkook o namorado do Jimin.

 

  -MINHA GENTE trago novidades.

 

  -Tá mais não precisa gritar né, esqueceu que temos vizinhos- Disse Jimin.

 

  -Desculpa, mais ainda tenho novidades, chegou um envelope da empresa Kim.

 

  -tá ida ai?- falou Jungkook.

 

  -Como assim ida ai, isso significa que tenho um emprego.

 

  -Jin você já leu?- perguntou Taehyung.

 

  -Não mas...

 

  -Então como você sabe que é isso- Falou Jimin.

 

  -Tá então vou ler''SR KIM SEOKJIN É COM ORGULHO QUE NÓS DA EMPRESA KIM ANUNCIAMOS QUE VOCÊ FOI ACEITAR PARA TRABALHAR COM NOSCO, ESTEJA AQUI AMANHÃ AS 7:30.''  eu não acredito que agora tenho um emprego- falo feliz e só mesmo tempo surpresa. porra eu não acredito que agora tenho um emprego.

 

QUEBRA DE TEMPO

  Estou eu aqui tentando achar uma roupa descente para ir a empresa. eu acordei 4:00 e agora são 6:00, eu estou 2 hrs tentando achar uma roupa para ir e não consigo.

 

  -Quer saber foda-se.

Falo e pego uma roupa básica. Uma calça de algodão, uma camisa social Branca e um par de sapatos sociais que minha mãe tinha comprado para eu ir em uma festa que ia ter na igreja.

 

QUEBRA DE TEMPO 

 

Saio correndo de dentro do ônibus. é eu não tenho carro, olho no meu celular e são 7:25, pai amado faltam 5 minutos  sorte que eu desci em frente a empresa e é uma puta de uma empresa, com vidro e aço pra todo o lado,simplesmente incrivel. Entro na mesma e vou ao saguão falar com umas das muitas secretarias.

 

  -Bom dia, com licença moça eu vim para meu primeiro dia de trabalho aqui.

 

  -Bom dia, como é o seu nome?- a moça pergunta olhando o computador.

 

  -é Kim Seokjin.

 

  -certo sr Kim  é só me acompanhar- a moça que a poucos estava sentada se levanta indo em direção ao elevador.

 

  -Moça eu gostaria de saber que cargo eu iria obter aqui na empresa.

 

  -Você é o nosso novo estagiário, então vc fará de tudo.

 

  -ESá a empresa é do CEO Kim Namjoon?.

 

  -Sim.

  A moça me responde e o elevador abre no ultimo andar da empresa, e ela pede para eu seguir ela até uma porta branca imensa que do lado tem uma mesa com uma mulher sentada.

 

  -Tifany avise ao CEO que o novo estagiario da empresa chegou.

 

  

     - Mais eu mau cheguei já vou ver o CEO?


-O nosso CEO gosta de ver todos nossos novos funcionár...- antes mesmo da mulher terminar de falar sai uma outra mulher de dentro da sala com o cabelo todo pro alto, a blusa aberta e o batom borrado.

 

  -O CEO  já pode atende-lo- Diz  a mulher toda bagunçada falando comigo.

 

  -Certo.

 

  Entro na sala e encontro um homem muito GATO, sentado numa cadeira/poltrona branca giratoria, e com batom borrado nos seus labios.

 

  -Sr Kim, será uma honra para nós ter você como nosso mais novo estagiário

 

  -é uma honra trabalhar na maior empresa de publicidade da Coreia do Sul- digo me curvando.



   -Então, vc tem alguma experiência com publicidade?



   -Bom... Não, eu sou uma pessoa muito esforçada e aprendo rápido. Você não irá se arrepender- Digo e ele nem me olha




   -Assim espero não gostaria de ninguém fazendo bagunça em minha empresa- ele diz é me olha de cima a baixo fazendo uma cara de diferente.- Não toleramos atrasos, desrespeito, traições entendeu?-falou olhando nos meu olhos



   -Pode deixar não farei nada disso- eu digo sorrindo, mesmo que o jeito dele seja irritante eu não posso perder esse emprego.



   -Agora pode se retirar- Ele fala é voltar a encarar seu computador.



   Fasso uma reverência e me retiro de sua sala. Pelo vidro o dia vai ser longo



    


Notas Finais


bye bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...