História (Castiel)Bullying - um pedido de socorro - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Armin, Castiel, Dakota, Debrah, Lysandre, Personagens Originais, Rosalya
Tags Drama Romance Sobrenatural
Exibições 176
Palavras 1.336
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Volteiii!, sentiram saudades? 😚

Capítulo 8 - Ep 8 - presa na angústia.


Fanfic / Fanfiction (Castiel)Bullying - um pedido de socorro - Capítulo 8 - Ep 8 - presa na angústia.

                   

Cheguei em casa, olhei para os lados e vi que o Gakil não estava, típico isso não me surpreende nem um pouco já está mais do que seu hobbim(cho q é assim q se escreve) fazer isso.
Vou para o quarto e pego uma roupa qualquer, logo vou para o banheiro e lavo meu cabelo .
Sai do banho, olho para o meu relógio que está em cima da mesa do computador, já são 18h 34.
Saio do meu quarto e vou pra cozinha pegar um copo d'água. Estava descendo os degraus da escada quando vejo na sala, sentado no sofá três pessoas uma delas eu reconheço é o Gakil,  agora as outras duas eu não faço a mínima idéia de quem é.
Gakil: Julie~ - Ai!, o que ele quer?- você está atrasada.
O que?! Eu ?! Por que?! Eu não me lembro de ter combinado nada com o Gakil.
Vou chegando mais perto deles.
Agora eu posso sentir a energia mística deles! São dois demônios!
???: então Gakil essa é a garota?
Gakil : sim Hafor, essa é a Julie. . .
Hafor: o que você acha Corja?
Corja: vai ser interessante
Eu estou com um mau pressentimento disso, o que eles querem?
Corja: então Julie já deve ter feito isso antes, não?
- isso o que?
Hafor: não se faça de inocente.
Gakil está com um sorriso no rosto, isso não vai acabar bem.
Corja: você pode até ser uma anjinha, mas
Hafor : mostre-nos o quanto é boa no que faz.
Não estou entendendo nada
Gakil: Julie acho que não está entendendo nada, então vamos explicar de outra forma? O que acham Hafor e Corja ?

Não, então foi isso so porque eu desobedeci o Gakil ele armou isso!, nao acredito!
Hafor: por mim tudo bem
Corja: vamos. . .
Hafor:irei ser o primeiro,  Gakil segundo e Corja o último,  pode ser?
-Pode - os dois falam juntos. 

Hafor vem andando até mim e a cada passo eu dou um para trás. 
Corja: que pena primeira vez com a gente
Gakil: vou gostar de ouvir seus gritos.
Não. . .eu não quero isso, eu tô com medo, minha respiração está ofegante e meu coração batendo a mil por hora.  
Andei muito pra trás que consegui bater minha costa na parede,Hafor  chega mais perto de mim e encurrala.
Hafor  se abaixou um e sussurrou no meu ouvido.
Hafor: se nós brincarmos muito com você. . . , você irá se partir em mil pedaços? - logo após que ele terminou a frase Hafor lembeu meu pescoço. 
-*sussurro* por favor para, eu não quero isso. - meus olhos estão se enchendo de lágrimas.
Hafor: *sussurra* pequena, escuta a diversão está só começando.
Hafor pega no meu pulso com muita força e me leva para o meu quarto.

Quarto

- Hafor por favor não faz isso
-eu gosto quando as pessoas pedem mas adoro quando elas imploram.

Hafor veio chegando perto e eu dando passos para trás, cai na minha cama Hafor caio em cima de mim colocando suas pernas entre as minhas e colocando meus braços para cima.
Tentei me soltar mas foi inútil a tentativa.
- *snff* Hafor por favor não faz isso.
- acho que vou fazer o seguinte, cada tentativa de me tirar de cima de você e o não vou ter piedade. Então seja igual a um brinquedo, não  fale, não tente nada e não se mexa. . .Está bem?
- . . . . . - não consigo fazer nada, só fechei meus olhos deixando as lágrimas escorrerem pelo o meu rosto.  

…..

Já tinha ido o Hafor e o Gakil, só falta o Corja,  nesse exato momento estou nua e também estou sangrando . Não consigo parar de chorar, ainda estou com medo, medo dos dias para frente, medo de tudo agora e medo do que vai acontecer comigo. Entro no meu banheiro pego minha faca e comecei a fazer cortes nos meus dois braços depois foi nas minha duas pernas foi rápido mas os corte foram fundos. Quando terminei os cortes a única coisa que eu fiz foi olhar para o meu sangue escorrendo pelo meu braços e pernas e logo após caindo no chão. 
Não aguento mais! parece que estou acorrentada na angústia na depressão e na tristeza. . . Se eu morrer eu realmente irei fazer falta?
Isso é o que vamos ver. . .seguro a faca com as duas mão  miro no meu coração e em
-*murmuro* três…,dois…,um…
 
Quando eu ia cravar a faca em meu coração uma pessoa me abraçou, era Corja, eu estou surpresa com isso, por que ele me abraçou?
- por favor não faça isso. . . - Corja devagar tira a faca que estava em minhas mãos e coloca na pia.
- p-p-p-por que me abraçou?
- eu queria ver até onde você iria com essa loucura-Corja me solta.- Julie isso foi insano, por que fez isso?
-isso é a única coisa que faz eu me sentir viva - as lágrimas que antes tinham cessado voltaram.
- a dor? - balanço minha cabeça confirmando.- Julie você é um anjo, não vai aguentar. . .
- você chá que eu não sei disso!?, Corja. . . Por onde eu passo, *snff* onde eu vou, em qualquer lugar, as pessoas só querem *soluço* o meu mal.
- isso não é verdade.
- não. . .? - ele está olhando ficxamente para os meus olhos.
- *suspiro* …. - ele fecha os olhos mas quando os abre começa a ficar vermelho  
- O que foi?
- v-v-v você - ele coloca a mão em seus olhos e sai do banheiro. ( q fofo quero um Corja  para mim! )
Deixo minha cabeça cair para o lado direito, sinceramente ele pode até agir como um psicopata às vezes mas ainda é fofo.
Olhei para meus braços, quando vi , nossa! Eu tinha me esquecido que eu estava nua!
Então foi por isso que ele corou!
Guardo a minha faca, logo ligo o chuveiro, deixo a água fria cair em meu rosto, agora olho para meus cortes
-*murmuro* esse vão fazer cicatrizes, com toda a certeza.
Terminei meu banho e peguei minha toalha começo a me secar, quando fui me trocar esqueci que não tinha pego uma roupa.
Abri a porta devagar, vi que Corja estava deitado na minha cama.
Sai andando a passos lentos até chegar ao meu guarda - roupa, peguei meu pijama e minha roupa íntima. Voltei para o banheiro e me troquei, saí de novo.

-Julie, do que você mais tem medo ?
- talvez seja do Gakil e do Hafor
- desde quando você se corta?
-por que está interessado nisso?
- ….
Cheguei mais perto e me deitei ao seu lado.
- promete guardar segredo?
Olho para Corja, consigo ver em seus olhos muita dor e sofrimento.
- prometo
- então tá, imagine um garoto com a vida perfeita. Certo dia um homem misterioso chegou na casa do garoto e então matou a mãe eo pai desse menino em sua frente os pais do garoto foram torturados então Julie você consegue imaginar a dor de ver às pessoas que você mais ama morrer em sua frente?
- sim eu consigo
-já passou por isso?
- sim, eu tia Katherine e Gakil éramos uma família perfeita, tirando as brigas. No meu aniversário de sete anos Gakil matou minha tia na minha frente. Mas antes dele fazer isso eu estava começando a gostar dele… e então chegou o meu aniversário e ele, ele. . .
- entendendo, mas além dessa história do garoto que perdeu os pais tem outra mais obscura.
- *bocejo*
- acho melhor você dormir
- não continua a história
- não, eu vou conversar com o Gakil e vê se eu consigo te tirar daqui.
Corja me cobre com a coberta da um beijo em minha testa e sai do quarto fechando a porta logo em seguida.
Não demorou muito até que eu caísse no sono.


Notas Finais


Galera eu achei que eu iria odiar o corja mas não. ..
Julie se sabe que acabou de conhecer o cara, não sabe?
Julie:sim Ana eu sei, mas ele é fofo.
Corja: eu não sou fofo!
Autora: é só um possível psicopata!
Corja: calá boca!
Autora: # autora forever alone 😢


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...