História Castle of Glass - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Show Nu, Won Ho
Tags Angst, Showhyuk
Exibições 75
Palavras 1.028
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá pessoal tudo beme? Essa fanfic eu queria fazer já faz um booooom tempo, então eu realmente espero que esteja boa, Aproveitem a leitura e espero que gostem <3

Capítulo 1 - Capítulo Único


Eu já vi o mundo inteiro, fiz de tudo que qualquer um gostaria e deixando um sentimento de inveja, mas tudo mudou em uma  noite quente de verão, tudo começou a rachar como pequenos estilhaços de vidro espalhados pelo chão. Nós éramos selvagens e felizes, os dias eram uma loucura sem igual como se nunca estivéssemos sóbrios o suficiente para a vida chata e cotidiana, as luzes das diferentes cidades que visitávamos eram um banho de iluminação para nossos olhos. 

Eu sempre te perguntava com os mesmos olhos duvidosos, se iria continuar a me amar quando meu rosto envelhecesse e eu já não fosse mais bonito, você ria da minha cara emburrada e dizia que nunca iria deixar de me amar mesmo que nossas personalidades fossem totalmente diferentes como um quebra cabeça, sua alma era algo puro de mais para a minha alma dolorosa e quebrada, suas palavras doce preenchiam o ambiente me permitindo ser feliz uma vez na vida, sorrindo como nunca fiz na vida. 

Todo dia, antes de dormir, eu rezava para o Senhor, mesmo sabendo que você não acreditava, pedindo que quando eu fosse para o céu que eu pudesse levar o meu homem, quando ele chegasse diga-me que deixará Pai, toda aquele jeito doce, seu rosto perfeito  e corpo que me fazia querer festejar por saber que era único em sua vida, ele era o meu sol, minha vida dependia de si, era a exceção que conseguia me fazer brilhar e sorrir.  

Mas eu deveria saber que nem tudo são rosas e harmônico, todos diziam que alguma coisa estava diferente, que nós dois tínhamos mudado, os roxos em minhas pernas e rosto não eram algo normal dizia o meu irmão, meu medo de falar com as pessoas e meus olhos sempre em alerta era algo problemático dizia meu antigo melhor amigo, eu sabia que desde aquele dia quente de verão você havia se tornado frio, sempre que chegava bêbado era a mesma coisa, a mesma rotina repetitiva, não importava se eu tentasse me esconder, eu era encontrado e castigado por ser um mal menino. Shownu sempre fora definido como alguém que costumava ser cheio de amor e cuidado, um anjo em outras palavras, mas algo aconteceu, eles nunca vão entender, você costumava rir bastante das minhas piadas ou até mesmo do meu rosto emburrado, mas em seus olhos eu vejo algo que mais ninguém consegue ver, sua face, o seu jeito ríspido e grosseiro de falar, tudo se tornou frio e assustador, como se eu não passasse de um brinquedo sem vida. 

Meu mundo virou, tudo por causa das memórias que assombravam a minha mente, eu me apaguei de meu coração, pois um coração bondoso é inútil e falho nesse mundo cheio de mascaras e pessoas maldosas, era o que me dizia, queria me tornar pior, como você costumava dizer, os amantes se assemelham um com o outro, e acho que este é o meu jeito de tentar voltar a me aproximar de você. O amor é tão cruel, antigamente costumava ser a minha razão de respirar, hoje quem bloqueia o meu ar é alguém que eu costumava amar. 

Eu não consigo mais ver o nosso antigo relacionamento, fico abraçado no escuro, mesmo com os meus olhos fechados não consigo dormir com o coração confortável, você havia chegado e estava me procurando, podia ouvir a sua voz amarga me chamar e uma lágrima solitária desceu em meu rosto. Vagueando as ruas ansiosamente, com medo de olhar para trás, apenas seguia em frente sentido a chuva em meu rosto, estou machucado e mesmo assim continuo a correr atrás de você, o amor é uma doença que destrói cada misero pedaço de um ser.  

Te dei tudo que tinha e você jogou no lixo, a pior parte de descobrir uma traição é aguenta-la por amor, eu sabia da sua amante, eu sabia que vocês estavam planejando fugir, mas como um tolo acreditei até o ultimo segundo que era apenas uma fase transtornada do nosso relacionamento, nossa ultima noite foi difícil, diferente dos outros dias você não estava bêbado, mesmo assim me machucou fisicamente e psicologicamente, se lembra do que me disse? "Inútil Minhyuk, apenas isso que seu nome me lembra, além de merecer os roxos que eu te deixo de lembrança escute um conselho meu, ninguém quer te aguentar, acabe com a sua vida antes de estragar a da sua família. " Essas palavras estavam gravadas em meu peito, eu devia concordar, você nunca estava errado. 

Como voltar a ser um estranho com alguém que viu a minha alma? Eu não poderia, como um covarde não consegui falar com meu querido irmão Hoseok, eu não era um lutador, as feridas não iriam se cicatrizar, meus sonhos fracassados junto com as imagens de um antigo eu, olhei pela ultima vez para as aguas enquanto balançava as minhas pernas, antigamente eu costumava visitar aquela ponte para fazer declarações de amor, hoje eu volto para ela novamente, mas dessa fez para por um fim a todo o sofrimento que essa doença me causou.  

Sem fé me lembro de todos os momentos, as mentiras, as danças, os beijos e as palavras vazias, da promessa de amar até os nossos últimos momentos de vida, por sua causa eu me tornei tão indiferente, me tornei tão cansado, aceitando todos os socos e xingamentos como se realmente fosse culpa minha, nesta despedida não há sangue, só existe um corpo solitário, queria poder dizer um ultimo eu te amo para a minha família, mas seria algo muito egoísta de minha parte. 

Ficando de pé, deixo para trás tudo o que as pessoas já pensaram de mim, eu vou aceitar tudo o que fiz e eliminar o que me tornei, pedindo perdão por tudo que eu fiz para as pessoas, dou um passo para frente, não há chão para me sustentar, como se o tempo parasse, sinto meu corpo atravessar a agua, loucura ou não a ultima coisa que vejo é a sua mão tentando me alcançar, mas já era tarde de mais.  

"O amor é como uma flor, linda e formosa, mas depois que seca só sobra os espinhos que machucam o coração solitário."


Notas Finais


Espero do fundo do coração que tenham gostado e se possível deixem o seu comentário e favorito <3
Obrigada a quem leu até aqui e a gente se vê por ai <3
XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...