História Castle of Glass - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Suga
Tags August D, Bts, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Suga, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 20
Palavras 1.275
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Mistério, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!!
Quem é vivo sempre aparece!! Kkk
Não me matem por causa da demora!! Eu não estava conseguindo escrever esse capitulo! Mas no final saiu! Kkk
Não ficou tão bom, mas paciência!! Espero que gostem! E me desculpem qualquer erro!!
Boa leitura!!

Capítulo 2 - Você é um homem Morto, Jeon!


Fanfic / Fanfiction Castle of Glass - Capítulo 2 - Você é um homem Morto, Jeon!

Jimin teve dificuldade para abrir os olhos, e assim que o fez, piscou algumas vezes para que sua visão tomasse foco. Seu corpo doía e a cabeça latejava. Sentia como se tivesse sido atropelado por um caminhão.

Percebeu que não estava mais no meio da rua, pois, ao invés de ver o céu, via um teto, e, ao invés de sentir um chão duro e gelado em suas costas, sentia algo quente e confortável. Olhou ao redor e notou que estava em um quarto desconhecido por si. Tentou se lembrar de como havia parado ali, mas as última coisa de que Jimin se lembrava, era de ter apanhado e que um de seus agressores, tinha mandado um “recado” Para Jeon.

Ele gostaria de pensar que, todos os acontecimentos da noite anterior, não passava de, apenas um sonho, mas, suas dores no corpo, estavam ali para afirmar que tudo tinha sido real. Sentia a mente girar. Estava perdido, confuso e não conseguia pensar direito. Se questionava onde estava e a quem pertencia aquele quarto. Como havia parado ali? O que estava fazendo ali?... Mas sua maior dúvida era: o que Jeon tinha a ver com tudo aquilo, com aqueles caras?...

Respirou fundo e tentou se levantar, mas seu corpo parecia não obedecer aos seus comandos. Bufou frustrado e então procurou por seu celular nos bolsos da calça, mas não o encontrou.

Pânico!

Por um momento sentiu pânico.

“Sera que fui roubado?” – pensou.

Forçou seu corpo para que ele se levantasse dali o mais rápido possível.

Com toda a dificuldade, conseguiu ao menos se sentar na cama. Ouviu o barulho da porta do quarto se abrindo, e olhou imediatamente para ver quem era. Suspirou aliviado, era Jin.

   - Oh! Jimin! Que bom que acordou! Eu estava preocupado...

Foi até ele.

   - Não tente se levantar! Deite-se, e descanse.

O mais novo se deitou novamente.

   - Jin hyung, como me encontrou? E que lugar é esse?

   - Depois nós iremos conversar dobre isso, mas primeiro, você irá tomar esse remédio para dor...- disse pegando o remédio e um copo com água em cima do criado mudo, que só agora Jimin percebera estar ali, o entregando- Depois, quando estiver mais descansado, iremos ao hospital, tirar um raio x e fazer alguns exames. Eu cuidei dos seus machucados, mas quero ter certeza de que não quebrou nenhum osso, ou teve qualquer outro tipo de complicação!

Jimin sorriu, pois além de um ótimo médico, jin era um ótimo amigo.

   - Não precisa... Eu estou ótimo!

O mais velho bufou, abriu a boca para dizer algo, mas foi interrompido por um cara alto e loiro adentrando o quarto.

   - Olha, vejo que seu amigo acordou! Que bom! Fico aliviado... – deu um sorriso com covinhas – Me desculpa se interrompi algo, é que você estava demorando, então vim ver se estava tudo bem...

   - Ah! Está tudo bem sim, obrigado! – Jin olhou para o amigo – E... Jimin! Esse é o Namjoon, foi ele que te encontrou desmaiado no meio da rua e te trouxe pra cá, e me ligou...

O mais novo olhou para o rapaz surpreso.

   - Ah! Obrigado!

Namjoon sorriu sem mostrar os dentes.

   - Bom, vou deixar vocês a sós!

Saiu do quarto rapidamente.

Jimin olhou para Jin e sorriu meio malicioso.

   - Depois você vai ter que me contar essa historia direito, dele ter me encontrado e te ligado, mas agora me diz, são amigos? Ele é bem bonito!

   - Não! Eu nem o conhecia, até ele me ligar e dizer que te encontrou jogado no meio da rua...

   - Hum... Sei... Mas.. Admita! Ele é bonito, e eu sei que gostou dele! E ele parecia preocupado com você...

   - aish! Sim! Ele é bonito, e... Me pareceu ser um cara legal, mas não estou atrás de um namorado! 

   - Porque não? Faz tempo que você não se relaciona com ninguém! Deve estar virgem de novo!

Jimin riu e recebeu um tapa do mais velho.

   - Pra quê? Pra acabar arrumando um namorado quem nem o Jeon?

Assim que ouviu aquele nome, Jimin sentiu uma pontada no coração. Seu corpo estremeceu e um misto de raiva, dúvida e saudade o atingiu. Jin ainda não sabia de nada, então, não tinha falado por mal, mas ao perceber o estado em que o amigo ficou ao ouvir aquilo, se desculpou. O dongsaeng era péssimo em esconder seus sentimentos, e seu hyung sabia ler muito bem cada expressão dele.

Então decidiram ir embora. Os dois agradeceram a Namjoon por te-lo ajudado e prometeram um jantar de agradecimento a ele. Seguiram para o carro de SeokJin e, depois de muita briga, Jimin aceitou ir ao hospital, afinal o amigo não iria descansar enquanto não se certificasse de que ele não tinha sequelas.

(...)

 

Depois de fazer todos os exames e de se certificar de que Jimin estava bem, Jin suspirou aliviado e decidiu leva-lo para casa. Não aguentando mais de curiosidade, finalmente perguntou.

   - Agora me diz, que diabos aconteceu? Andou se metendo em brigas?

   - Claro que não Hyung! Você sabe muito bem que eu odeio brigas!

   - Então, o que aconteceu?

Jimin suspirou pesadamente e então começou a contar tudo para Jin, desde o término, até a surra que levou, fazendo-o apagar. Percebeu que seu Hyung ia apertando as mãos no volante, em sinal de ira, a cada palavra que ele dizia sobre o acontecido.

   - Droga! Se eu tivesse atendido suas ligações, nada disso teria acontecido! – O mais velho deu um soco no volante, o que fez Jimin se assustar.

   - Você não tem culpa de nada Hyung! O único culpado é JungKook!

Disse tentando acalma-lo.

   - É... Você tem razão!

Percebeu que o melhor amigo desviou o caminho, indo em outra direção.

   - Onde estamos indo?...

   - Você verá...

(...)

 

Minutos depois, ele estacionou na porta de Jeon. Jimin lhe perguntou o que estavam fazendo ali, mas Jin apenas o ignorou e desceu do carro. Jimin fez a mesma coisa. O mais velho tocou a campainha.

Assim que o Maknae apareceu na porta, Jin deu um soco nele, fazendo-o cair no chão. Jimin arregalou os olhos, nunca tinha visto o amigo agir assim.

   - Mas que porra é essa? – Kook perguntou tentando se levantar.

Jin puxou o melhor amigo pelo braço e o colocou na frente do mais novo.

   - Tá vendo esses machucados aqui? Tudo culpa sua seu verme!!!

Então Jeon olhou para o ex em sua frente, e pode ver seu rosto todo roxo e detonado, como se tivesse levado uma surra feia.

   - O que? Como assim?

   - Um tal de August D mandou dizer para você não se esquecer do combinado e para não tentar enrrola-lo ou passar a perna nele... – Foi a vez de Jimin se pronunciar – Isso é apenas um lembrete... – Com dificuldades, tirou a camisa, revelando os hematomas do abdômen.

Kook paralisou imediatamente. Seus olhos se arregalaram e o ar fugiu pela boca. Ficou sem reação, impotente.

Então Jin deferiu mais um soco no garoto e o segurou pela gola da camisa.

   - ESCUTA AQUI! VOCÊ E SEUS AMIGUINHOS VÃO FICAR BEM LONGE DO JIMIN! SE VOCÊ O PROCURAR, FALAR, OU ATÉ MESMO ANDAR NA MESMA RUA QUE ELE, OU PIOR, VOCÊ OU QUALQUER UM DE SEUS AMIGOS ENCOSTAREM UM DEDO NELE NOVAMENTE, VOCÊ É UM HOMEM MORTO!!! OUVIU BEM?? EU VOU TE MATAR JEON!!! – Largou o mais novo e segurou na mão do amigo – Vem, vamos embora!

Entraram no carro e seguiram seu caminho.

Já o mais novo se levantou e pegou o celular no bolso discando o número de August.

   - Alô?

   - QUE PORRA VOCÊ FEZ COM O JIMIN???

 

...


Notas Finais


Bom, foi isso!! Kkk espero que não esteja tao ruim!! Me digam o que acharam?
Qualquer dúvida, crítica, sugestão, elogio, teoria, lamentação e o que mais quiserem e só comentar!! Kkkk
Bjs e até a próxima!
PS: prometo tentar não demorar da próxima vez!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...