História Castle Walls - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izuna Uchiha, Kakashi Hatake, Madara Uchiha, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Tsunade Senju
Tags Kakaita, Narusasu, Sakuino
Visualizações 233
Palavras 1.947
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Passos de bebê


Fanfic / Fanfiction Castle Walls - Capítulo 12 - Passos de bebê

Itachi estava ansioso para que Kakashi lhe explicasse toda aquela história. Eles haviam chegado em casa a pouco tempo e foram colocar o patinador no quarto, para que em fim pudessem ter a conversa.

“você está curioso”-Kakashi afirmou ao ver os olhos ônix lhe encararem prestativos

“Se um cara morto estivesse ameaçando seu irmão nos sonhos, você também estaria”-Itachi alfinetou e o albino gemeu, o moreno só usava sarcasmo quando estava irritado

“É uma longa história e bem antiga por sinal. Veja nos sobrenaturais temos nossos antepassados, mas alguns acreditam que todas as raças descedem de uma mesma pessoa”-Kakashi explicou

“Então dos vampiros aos Hunters, todos vocês são irmãos?”-Itachi perguntou confuso

“Não é bem assim, mas chamamos de prima família”-Kakashi falou

“E o que Zetsu tem haver com isso?”-Itachi perguntou sentando-se no sofá e endireitando a postura

“Zetsu é um celta, mais especificamente um druida que se corrompeu”-Kakashi disse

“Druida? Pensei que fossem instintos”-Itachi comentou, afinal Sakura havia explicado isso a si

“Sim e foram, graças a Zetsu. Veja, ele sempre acreditou na pureza do sangue céltico, em fato nossa arvore sagrada o Nematon tem origem céltica.”-Kakashi disse enquanto desenhava um grande circulo e varios ao redor

“Veja bem, imagine que esse circulo do centro é Kaguya, ela é a mãe de todas as coisas e foi a mãe de todo os seres sobrenaturais existentes no planeta. Kaguya não só é nossa mãe como ela é a grande criadora do Nematon, os druidas foram a primeira raça de sobrenaturais. Eles eram espertos e versados em magia, porém a inteligência deles os transformaram em arrogantes e aos poucos eles foram se comrompendo. Kaguya para livrar seus filhos dessa aflição criou outras raças. Seus filhos. Vampiros, lobisomens, bruxos, fadas, duendes, faes, shifters. Para cada um ela deu uma identidade, uma força e também uma fraqueza, para que eles não caíssem como os druidas.”-Kakashi explicava de maneira calma e clara

“E o que Zetsu tem haver com isso?”-Itachi perguntou curioso

“Zetsu foi o primeiro druida a ser criado, ele era o favorito. O nematon foi dado a ele em homenagem ao seu centésimo aniversário. A arvore foi cultivada e  cresceu, mas a medida que ela crescia os poderes mágicos dela também, assim nasceram as ninfas, protetoras da floresta. Zetsu ficou amargurado quando seus irmão foram tomados pela cede de poder e ele resolveu se vingar de Kaguya. Zetsu quis usar o poder do nematon para destruir as outras raças, fazendo sacrifícios que iriam alimentar o poder da arvore e depois transferir para si”-Kakashi disse e Itachi ficou apreensivo

“Sacrificio? Que tipo de sacrifício?”-Itachi perguntou

“Ele precisava sacrificar um membro original de cada família. Os primeiros de sua linhagem. O pai de Naruto foi o primeiro Shifter e por isso ele morreu, Hizashi o pai de Neji o primeiro vampiro. Mas felizmente foi descoberto a tempo que o responsável era Danzou. Utilizamos o próprio Nematon para bani-lo desse mundo e queimamos o corpo”-Kakashi falou com pesar, havia sido uma época difícil

“Nossa, mas como ele está vivo, e por que está atrás de meu irmão?”-Itachi perguntou

“Quando aprisionamos Zetsu uma profecia foi revelada. Na época Sai ainda era um aprendiz: Ela dizia que o nascimento de um bebê milagroso traria força ao Nematon e que a medida que ele crescesse a magia da arvore aumentaria ou diminuiria, que ele seria o responsável pelo equilíbrio no mundo místico e traria paz de uma vez por todas aos primogênitos de Kaguya”-Kakashi comentou

“Você acha que o hibrido pode ser o bebê milagroso?”-Itachi perguntou associando as informações que recebera

“Eu não havia pensado nisso, mas pode ser. Um hibrido meio-humano é algo raro nunca foi visto”-Kakashi falou pensativo, seria uma ótima teoria para se discutir na reunião do conselho

“Naruto me deu o colar, vou entregar ao meu irmão assim que ele acordar”-Itachi falou dando um beijo na testa de Kakashi

“Espere, pedi para Sakura fazer isso para você”-Kakashi disse e mostrou um colar com uma pequena ônix na ponta

“O que é?”-Itachi perguntou

“É um colar com um feitiço de proteção, irá lhe manter seguro. Também pedi para Ino e Sakura colocarem alguns feitiços de proteção pela casa”-Kakashi informou

“EU realmente tenho sorte de ter você”-Itachi sorriu para o namorado

“Eu também tenho sorte de te ter”-Kakashi disse apaixonado

------------------------------------------xxxxxxxxxxxxxxxxxxx----------------

Sasuke acordou na manhã seguinte sentindo-se particularmente cansado, não lembrava-se do sonho da noite anterior e isso o irritava. O moreno sentia como se tivesse dormido por anos.

O patinador viu uma luz refletir pelo quarto e encarou curioso o colar com o cristal verde, ele ficou fascinado com o brilho e o colocou no pescoço sentindo o pesar do corpo diminuir.

O moreno desceu as escadas encontrando seu irmão e cunhado na sala se beijando, era algo estranho de presenciar. Itachi afastou-se do albino e sorriu para o caçula, sabia que em nada adiantava pressionar o menor.

“Vou te levar na Ino depois do café”-Itachi disse colocando o prato em frente ao menor

“Eu como cereais dia de hoje”-Sasuke comentou e o irmão apenas sorriu estendendo a caixa e o leite

“Obrigado”-Sasuke disse

“Onde está seu aparelho?”-Kakashi perguntou

“No quarto, eu deixei no criado mudo”-Sasuke deu de ombros

“Sasuke, você lembra do Naruto?”-Itachi começou devagar tentando testar a reação do moreno

“Sim, lembro”-Sasuke comentou e arqueou a sobrancelha curioso

“Ele te chamou para passar a tarde na reserva. Nessa época do ano tem uma paisagem muito bonita por lá”-Itachi informou

“Eu não sei”-Sasuke comentou pensativo

“Será um ótimo jeito de se distrair, principalmente depois da consulta com Ino”-Kakashi reforçou a idéia, afinal o mais novo precisava relaxar e Naruto era a melhor pessoa para isso, não porque ele era o companheiro de alma, mas também porque não existia ninguém mais bem intencionado que o Uzumaki

“Isso soa como uma péssima idéia”-Sasuke comentou

“Será divertido, eu prometo”-Itachi falou e o moreno deu de ombros, aquilo era um avanço.

--------------------------------xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx-------------

Ino havia sido informada de tudo que acontecera por Sai e Sakura e ela ainda não conseguia acreditar que Zetsu tinha voltado, bem, não totalmente, mas era algo a se temer.

A loira também escutara com cuidado tudo que Tsunade contara a respeito do seu paciente e ela suspirou, não seria fácil, mas ela iria tentar a hipnose. Se a mediun conseguisse identificar onde o problema havia começado ela podia saber como ajudar aquele menino

“Fico feliz que tenha vindo”-Ino disse com um sorriso

“Não é como se eu tivesse tido escolha”-Sasuke resmungou

“Hoje faremos algo diferente, deite-se ali”-Ino apontou para o divã

“Agora Sasuke, eu quero que feche os olhos e me escute. Conte até dez de maneira decrescente”-Ino orientava e na hora que viu que o menor estava em transe ela segurou a mão do mesmo.

 

Ino via claramente um cenário bonito, nevava um pouco e ela de longe podia observar o pequeno Sasuke e Itachi brincando no jardim. Itachi deveria ter por volta de seus 14 anos o que significava que o pequeno patinador tinha 8 anos recém completos.

Sasuke sorria de maneira genuína e Ino pensava o que tinha levado aquela criança a perder aquele sorriso. A loira podia sentir as vibrações calmas e ao mesmo tempo poderosas que emanavam da criança.

“Ni-san vamos fazer um boneco de neve”-Sasuke chamou animado o irmão

“Claro Sasu, o que você quiser”-Itachi anuiu rindo da maneira que o menor o puxava pelo braço

Ino sorria terna, mas então as vibrações mudaram como o cenário. A médium via o dia da partida de Itachi. Sasuke estava no quarto olhando o irmão ir embora através da janela e ele tinha lagrimas não derramadas no olhos.

Ino agora estava no quarto do caçula Uchiha e a mesma se assustou quando escutou o som da porta ser aberta de maneira brusca

“O que você pensa que está fazendo pirralho?”-Fugaku perguntou puxando Sasuke pelo ombro

“Eu quero me despedir do Ni-san”-Sasuke falou baixo

“Quando você vai entender que Itachi te abandonou em. Você é desagradável, um inconveniente e por isso ele foi embora. Todos vão embora e sabe porque? Eu te digo, porque ninguém quer agüentar uma coisinha esquisita como você”-Fugaku falava venenosamente a medida que chacoalhava o menor com força

“Isso não é verdade”-Sasuke retrucou

Fugaku riu amargo e deu um tapa forte no rosto da criança

“Escute com cuidado, sua mordomia acabou. Infelizmente não posso provar que você não é meu, mas acredite quando digo que você é a pior decepção da minha vida. Como pude ter um filho tão esquisito, fraco, e anormal como você”-As palavras de Fugaku emanavam ódio e Ino ficou chocada, aquilo não era algo que uma criança deveria ouvir

Ino olhou o menor na cama e sorriu para ele, ela segurou a mão daquele Sasuke e lhe lançou um olhar cúmplice.

“Sasuke você é mais forte do que todo mundo pensa, seu pai não te conhecia, ele perdeu a oportunidade de ver o quão extraordinário você é. Não permita que esse tipo de coisa te abale, você é mais que isso.”-Ino falou e viu as ônix do menor lhe encararem determinadas

Se Ino queria que Sasuke lidasse com toda aquela situação, ela teria que começar com os passos de um bebê.

Ino soltou a mão de Sasuke e quando o patinador abriu os olhos seu semblante estava mais calmo bem como suas energias.

“Como você fez isso?”-Sasuke perguntou curioso

“Hipnose, acho que funcionara melhor no seu caso”-Ino comentou enquanto fazia algumas anotações

“E se houver algo que eu não queira te mostrar?”-Sasuke perguntou receoso

“Iremos aos poucos e acredite, se tiver algo que você não queira que eu saiba sua mente me manterá longe”-Ino afirmou e viu o menor soltar um suspiro aliviado

“Doutora, o acompanhante do Uchiha já chegou”-A secretaria informou entrando na sala

“Pareceu minutos”-Sasuke comentou ao checar que já havia se passado uma hora desde que chegara

“A hipnose parece distorcer sua sensibilidade ao tempo”-Ino explicou sorrindo

O moreno assentiu e quando passou pelas portas muito bem trabalhadas encontrou outro par de safiras, porém estas mais brilhantes e os lábios do homem tinham um sorriso acolhedor e maravilhado

“Itachi me disse que aceitou o convite, preparei todo um tuor para nós dois”-Naruto confidenciou como uma criança que compartilha a animação em uma manha de natal

“Ele disse que seria divertido”-Sasuke comentou, ele queria entender e descobrir porque se sentia tão confortável na presença do loiro

“Prometo que será”-Naruto disse e logo arrastou o menor para o carro.

O loiro levou Sasuke para um lugar que o menor conhecia bastante, era o lago congelado e o menor o olhou sem entender.

“Bem, eu não sou muito bom nisso, mas pensei que poderia me ensinar”-Naruto falou mostrando os patins na sacola que havia trazido

O loiro parecia ter acertado, pois imediatamente um sorriso discreto bordou os lábios do moreno.

“Patinar não é dificil, está tudo nos quadris e no equilíbrio”-Sasuke falou rindo de leve enquanto ele mesmo tentava alguns movimentos

“Nossa que incrível”-Naruto disse feliz, rindo de leve e sinalizando pela primeira vez

“Você aprendeu libras?”-Sasuke perguntou curioso

“Bom, eu quero que sejamos bons amigos e pensei que seria mais fácil se eu soubesse. Espero que não esteja horrível, passei os últimos dias estudando”-Naruto comentou sem graça

“Está melhor que o Kakashi quando começou”-Sasuke sorriu para o loiro e segurou em suas mãos na tentativa que ele o seguisse

Era exatamente como Sakura havia o aconselhado, a chave para o coração de Sasuke era ter paciência e acreditar. Pequenos gestos pareciam fazer efeitos com o menor, ele podia sentir que as barreiras do patinador aos poucos iam caindo. E o mais engraçado era que o Uchiha não se sentia incomodado de ter aquele loiro intrometido entrando no seu mundinho particular



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...