História Cat Ears - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Suga
Tags Bts, Pwp, Sobi, Sugahope, Yoonseok
Exibições 758
Palavras 2.359
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Tá horrível ;;
Me pediram pra postar e eu atendi o pedido ;A;
Boa leitura~

Capítulo 1 - Capítulo Único


~

Hoseok abriu a porta do hotel e correu para o banheiro. Nem ao menos se despediu dos meninos e deixou Yoongi plantado no corredor com uma expressão confusa.

- O que deu nele? – Jimin perguntou.

- Sei la, talvez esteja com dor de barriga – Seokjin respondeu.

Os cinco seguiram para seus respectivos quartos e Yoongi entrou, indo até o banheiro para procurar pelo colega de quarto. Arrastou os passos até o cômodo e encontrou a porta encostada, revelando um facho aberto da mesma. Empurrou gentilmente com os dedos, abrindo a porta um pouco mais.

- Hobi? – perguntou baixinho enquanto colocava a face para dentro do lugar.

Os olhos do mais velho arregalaram, formando duas bolas imensas de surpresa e excitação. Ele não poupou a voz e soltou um gritinho baixo de assustado. A cena que enxergava era a de Hoseok com envolvendo as mãos no próprio membro e suspirando de prazer, a cabeça levemente levantada encostava na parede e os olhos reviravam. Os lábios sofriam com a mordida forte dos dentes, impedindo que um gemido mais alto saísse.

Yoongi continuava a observar a cena. Estava travado e mal sabia o que deveria fazer. Tapou os lábios com a destra e tentou poupar outro grito que insistia em escapar. A face de Hoseok imersa ao prazer voltou-Se para Yoongi e os lábios suplicaram soltou:

- Hyung...

O mais velho recuou e voltou-se para a realidade. Invadir um momento tão pessoal era um crime, mesmo que os dois fossem amigos há um bom tempo e trocassem momentos íntimos, claro que não naquele nível.

Sentou-se então na cama e ficou observando a porta do banheiro, imaginando o que viria a seguir. Tirou a camisa preta que havia usado há pouco no fansign e deitou-se na cama apenas com a calça. Tirou os tênis e as meias, jogando-os no chão. Fechou os olhos tentando esquecer a cena que há pouco presenciara, mas a imagem de Hoseok tão necessitado acabara o excitando demais.

Sentiu a cama ficar pesada e assim que yoongi abriu os olhos avistou Hoseok sentado na cama, o fitando ainda com os mesmo olhos de alguns segundos atrás, olhos de desejos.

- Hyung... – o mais novo engatinhou para cima do mais velho. – Puta merda Yoongi...

Os dedos de Hobi deslizaram sobre o chocker preso ao pescoço do outro e mexeu o guizo com o dedo indicador, provocando uma leve melodia sobre o quarto. Mordeu então os lábios antes que pudesse atacar o pescoço branco com beijos e lambidas.

- Hobi... – arfou o apelido do outro e fechou os olhos enquanto agarrava com os dedos os fios laranja claro. – O que está fazendo? – não queria uma explicação para aquele momento irresistível.

- Eu não consigo me controlar mais – as unhas de yoongi cravaram na nuca nua de Hoseok e como troco uma sugada e marcou o pescoço do mais velho. – Você é tão gostoso.

Hoseok largou o pescoço para poder fitar os olhinhos se Suga e encara-los com tranquilidade. Jamais estiveram tão próximos, um observando o outro, prestando atenção até mesmo na maneira de respirar e nas marcas expressas no rosto causadas pelo prazer.

- Ver você com aquelas orelhas de gatinho... – J-Hope mordera os lábios mais uma vez. – Eu... tive que bater uma... Eu imaginei você de quatro pra mim e...

Antes que conseguisse finalizar a frase partiu com os lábios em busca dos sôfregos de Yoongi. O mais velho correspondeu ao ósculo e sentiu o corpo estremecer ao ser beijado de maneira tão desejada pelo outro e a espinha arrepiava ao imaginar que o outro havia se tocado enquanto o imaginava.

- Coloca as orelhinhas pra mim – sussurrou.

- Só se você se tocar na minha frente – Yoongi revidou com um sorriso malicioso. – Da mesma forma que você estava no banheiro... desesperado por prazer.

Hoseok abriu um largo sorriso sacana e sacudiu a cabeça, abafando qualquer tipo de reação com um suspiro largo e assentiu logo em seguida. Levantou-se de cima do outro e andou lentamente até uma das malas, procurando pelas orelhinhas.

- Você ficou muito bem com elas... Por que as tirou para voltar até o hotel? – andou lentamente até a cama, se sentando sobre a mesma e esticando as mãos com o objeto.

- Porque eu estava com vergonha de ser... um gatinho – soltou um riso tímido baixinho e recebeu um sussurro “adorável” de Hoseok, deixando-o ainda mais acanhado. – Por que não as coloca em mim?

O mais novo nem hesitou e se aproximou do outro. O trouxe para cima, sentando-o na cama e aproximou da face alheia. A destra segurou o queixo; os olhos fixos no alto da cabeça, analisando a forma de como os fios abaixavam ao ter a presilha encaixada nos cabelos. Yoongi fitava o rosto de Hoseok, que estava concentradíssimo naquela tarefa.

Lambeu os lábios quando terminou de prender a segunda presilha e correu com os  olhos a procura do olhar do outro. Os lábios necessitados roçaram os de Yoongi, beijando-o de forma intensa.

- Você tem que cumprir o que disse – Suga partiu o beijo. – Bate uma na minha frente.

Hoseok fechou os olhos e recuou ate a beira da cama para livrar-se das roupas, afastando primeiro a blusa e depois desceu os jeans, ficando apenas com a boxer a mostra. Percorreu com o indicador por cima da cueca, sentindo o membro ereto e rígido.

Soltou um gemido baixinho ao ver que Yoongi havia se livrado da calça também, ficando apenas com a cueca preta apertada, marcando a extensão do falo sobre a mesma. Hoseok colocou a destra por dentro da peça íntima e deslizou-a sobre o falo, movendo para cima e para baixo lentamente. Yoongi mordia os lábios e sentou-se mais próximo do mais novo, permitindo-se sorrir com aquela cena.

- Tire isso – tocou no elástico da cueca e começou a desce-la, mas Hoseok terminou o trabalho, ficando livre dela. – Continue me olhando... Você não me deseja?

Ficou de quatro apoios, movendo o pescoço para cima, buscando os lábios de Hope. O mais novo iniciou movimentos mais rápidos, apertando a glande com o polegar. Yoongi moveu os joelhos o suficiente para que os lábios enfim encontrassem os de Hoseok em uma mordida no lábio inferior. O mais novo fechou os olhos para sentir o toque e cessou os movimentos no membro.

- Caralho, Yoongi... – cortou o ósculo. – Eu preciso foder você.

O mais velho engatinhou para trás, ficando de costas para o outro, curvando as nadegas na posição de quatro apoios e observando-o por entre ombros.

- Assim? – o provocou com um sorriso. – Quer foder com um gatinho? Miau...

Hoseok revirou os olhos de prazer ao ouvir Yoongi miando, ele estava o tirando do sério. Ficou de joelhos na cama, posicionando-se atrás das nadegas do outro. A destra acariciou a parte nua, deslizando gentilmente sobre a parte branca do corpo. A mao esquerda desceu até a parte da frente, procurando o falo alheio ainda dentro da cueca, iniciando uma masturbação forte sobre a ereção. Hoseok curvou as costas para poder lamber o lóbulo de Yoongi e sussurrar próximo ao ouvido:

- Você gosta disso? – continuava os movimentos rápidos. – Gosta com força?

Yoongi engoliu seco e acenou com a cabeça. Os gemidos saiam pelos lábios comprimidos, tentando não expulsar a voz do prazer tão rapidamente.

- Fala pra mim... Gatinho – Hoseok soltou uma risada enquanto arranhava a coxa de Yoongi.

O mais velho abriu os lábios para responder, mas dela saíram pequenos e agudos gemidos que ansiavam por mais. Hoseok voltou com as costas para cima e livrou-se da cueca do mais velho, deixando-o completamente nu.

Levou dois dedos até os lábios de Yoongi pedindo que o sugasse. Enquanto o outro o fazia, masturbava seu próprio membro, lubrificado com pouco líquido do pré gozo e do cuspe que havia dado há segundos atrás.

 Os dedos saíram da boca quente repletos de saliva e encontraram a entrada de Yoongi. Hoseok tocou-a gentilmente, fazendo o pequeno corpo a sua frente se apertar. Enfiou então o indicador e recebeu em troca um gemido baixinho, que fez o coração pulsar mais forte, o deixando apreensivo.

- Isso machuca muito?

- Um pouco – olhou por entre os ombros. – Mas não para... – suplicou mordendo os lábios.

Hobi enfiou então o dedo médio e iniciou os movimentos mais rápidos para alargar a entrada. A mão esquerda afastou uma das nadegas para facilitar o movimento de tesoura de viria a seguir. Yoongi percorreu com a destra até o próprio membro e começou a se masturbar lentamente, enquanto dos lábios escapavam gemidos de prazer sem pudor algum.

- Você está tão lindo assim, gatinho...

A mão esquerda de Yoongi apertou o lençol e o pulso cerrado puxou parte do tecido para si. Os dedos foram retirados da entrada e Hoseok se preparava para colocar o membro. Roçou a entrada com a glande, segurando o membro com uma mão e a outra afastava a nadega. Enfiou a glande gentilmente e percebeu que Yoongi o olhava ainda por entre ombros. Continuou com o entra e sai vagarosamente para que o outro se acostumasse.

Assim que a mão soltou-se do falo o mesmo foi estocado inteiramente para dentro de Yoongi. O mais velho fechou os olhinhos de prazer e a cena fez com que o membro de Hobi pulsasse de prazer, comprimindo a entrada de Yoongi, tornando-a apertada demais.

- Não faz isso comigo, gatinho – mordeu os lábios de prazer com o pequeno espaço em que o membro deslizava. – Tão apertadinho...

 As mãos afastaram as nadegas e as estocadas lentas iam mais fundo e deslizavam com facilidade. Yoongi curvou as costas e arrebitou o quadril, movendo-se mais rápido que a pélvis de Hoseok. Pedindo por mais.

Hoseok atendeu o pedido e moveu-se mais rápido dentro de Yoongi, que soltava risos baixos, acompanhados de gemidos sem vergonha. A cabeça curvava para trás e Hoseok via perfeitamente as orelhas de gatinho que o enchiam de tesao.

Largou então das nadegas e apertou a cintura do outro, puxando-o para ainda mais próximo  (se é que era possível) estocando com mais força.

- Assim... – Yoongi rebolou ao sentir que a prostata fora encontrada e soltou um gemido arrastado. – Hoseok...

- Está gostoso? – o mais novo disse com dificuldade, Suga estava o cansando, deixando-o louco e mais apaixonado.

- Sim... – ele podia jurar que o outro sorria. – Hobi... Me bate...

Apertou a cintura do outro quando ouviu o pedido e sorriu. Não diminuiu as estocadas e continuava a ir mais fundo. Levou a mão direita até os fios de cabelo do outro e os puxou, enquanto a esquerda corria para o lado da coxa direita, alisando a parte onde o tapa seria desferido. Estralou a mão no local, deixando uma bela extensão vermelha. Yoongi soltou um grito e deu uma leve gargalhada, movendo ainda mais rápido seu quadril.

- Você é tão gostoso, Hobi... Se eu soubesse teria usado as orelhinhas há muito tempo.

Hoseok deferiu mais um tapa em Yoongi, causando um gemido de surpresa pelo mais velho. Desceu então com a destra até o membro que estava sendo masturbado e afastou a mão de Yoongi, assumindo os movimentos de masturbação.

- Você já está bem molhadinho – disse de forma sacana. – Vou fazer você gozar.

Curvou as costas novamente para alcançar a orelha de Yoongi, jogando quase todo o peso do corpo sobre o mais novo, que equilibrava os dois agarrando no lençol da cama. As estocadas continuavam fortes e a masturbação de Hoseok em Yoongi acompanhavam o ritmo da mesma.

O mais novo parou de rebolar quando sentiu o prazer lhe atingir, deixando o gozo cair na destra de Hoseok. O mais novo levou a mão até a boca e lambeu o líquido.

- Você tem um gosto delicioso – disse com dificuldade enquanto o estocava.

Saiu de dentro do menor e o virou rapidamente de costas para a cama. Puxou-o pelas pernas, fazendo com que elas entrelaçasse suas costas. Yoongi mal pode dizer algo, pois fora penetrado de novo e dessa vez podia ver com clareza o mais novo.

- Goza em mim – o membro de Yoongi continuava a pulsar. – Eu acho que...

Fechou os olhos e voltou a se masturbar. Mordia os próprios lábios com urgência, implorando para que não gozasse de novo, não tão cedo.

- Você gosta disso, não é? – Hoseok estocava llentamente mas ia fundo o bastante para provocar gemidos arrastados de Yoongi. – Eu quero foder com você pra sempre... Você é tão gostoso...

A urgência nos movimentos de Hoseok entregavam toda a paixão e desejo que sentia por Yoongi. Ele movia a pélvis com prazer e observava as expressões que surgiam no rosto do mais velho. As orelhas de gatinho e o chocker completavam o momento.

Mais uma vez Yoongi teve seu ápice e gozou em sua própria mão. Levou a mão livre até a nuca de Hoseok e o trouxe para baixo, unindo-os em um beijo de respiração descompassada.

- Goza pra mim – o mais novo arfava.

- Eu vou gozar... – Hoseok fechou os olhos e moveu a boca para o pescoço de Yoongi, onde soltou um gemido descontrolado próximo ao ouvido do mais novo.

A pélvis mal se movia enquanto o membro explodia de prazer dentro de Yoongi. Retirou o membro de dentro e acabou gozando um pouco fora, devido ao pulsar do pênis.

Hoseok deitou-se em cima de Yoongi e ficou por alguns segundos assim, até que recuperasse a sanidade, mas antes que pudesse voltar a pensar, levou os lábios até o membro de Yoongi, sugando o líquido que havia escapado dos dois últimos orgasmos.

O mais velho envolveu os dedos nos cabelos de Hoseok e enterrou a cabeça do ruivo para dentro do membro, pedindo que o sugasse com rapidez.

- Porra, Hobi... – gemeu. – Não faz assim ou vou acabar gozando de novo.

E cortou a felação de Hoseok. O mais novo fez um bico com os lábios, implorando por mais. A destra de Yoongi acariciou as gordas bochechas do mais novo.

- Eu quero mais... – Yoongi disse baixinho. – Me fode mais...

Hoseok deslizou seu corpo até que as faces se encontrassem novamente e deixou um breve selar sobre o parceiro.

- Faço tudo por meu gatinho.


Notas Finais


É HORRÍVEL ESCREVER PELO CELULAR AAAAA //desculpem os errinhos
foi a @jimingod quem pediu ~~ então tá ai amore ♥
Obrigada por ler (eu nunca mais escrevo pwp @.@)
~~chu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...