História Cativeiro - Imagine (Jin HOT) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Yugyeom
Tags Bts, Cativeiro, Jin, Prisioneira
Visualizações 261
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá belezucaaaass....
Então, a tão aguardada vingança está aquiiii... Bora que o negócio tá ruim pra aqueles três... Huehuehue
Espero que gostem...

Boa leitura!!

Capítulo 10 - Tortura


Fanfic / Fanfiction Cativeiro - Imagine (Jin HOT) - Capítulo 10 - Tortura

JB - Caralho Jin. Não faz isso cara!! Tu vai romper tantos anos de amizade e sociedade por causa de uma mulherzinha?

J - Agora já chega!!


Jin P.O.V


      Dizem que as piranhas são animais famintos capazes de dilacerar uma pessoa em meia hora. Quanto tempo então levaria para uma piscina infestada por elas devorarem 3 pessoas? Seria doloroso? Estava aqui sentado admirando aquela cena. Os três amarrados na maca e o canivete favorito da minha esposa nas minhas mãos.

Estava ali vendo-os se contorcerem com minhas amiguinhas sangue-sugas coladas em seus corpos, enquanto os garotos preparavam o grande aquário de vidro com minhas amiguinhas famintas. Tinha pedido para Namjoon colocar três delas em um balde para mim e trazer até a solitária. Enquanto esperava decidi me divertir.

J - Jackson, poderia me mostrar quais foram mesmo os dedos que vc usou em minha esposa? - o mesmo me olha arregalado. - se não mostrar, cortarei todos. - ele logo ergue os quatro dedos. Me aproximo sacando a faca do canivete, e com apenas um movimento os corto fora, vendo o sangue jorrar de sua mão. - tá gostando amiguinho? - Desço a faça mais uma vez cortando os restantes. - Opa, minha mão escorregou, desculpa. - me delicio com seus berros de dor e vou até Yugyeom, que já me olhava desesperado. - eu contei três dedos seus, mais a língua. - ele arregala os olhos e começa a balançar a cabeça em negação. - Sim, eu contei, esqueceu que amarraram minha cabeça e me forçaram a ver tudo? - puxo sua mão, largando a faca por um momento e pego um instrumento mais forte, o cutelo. Descendo a mão com força uma única vez, arranco os cinco dedos de sua mão. Vou até a fornalha, sim, ali já era uma sala preparada pra esses casos. Queria ensinar isso pra minha princesa mas ela não pôde vir. Olho para a câmera ligada no canto da sala piscando pra mesma. Estava transmitindo tudo ao vivo pra ela. Retiro da fornalha uma pequena peça de ferro super aquecido. - Olha o aviãozinho Yug. Diga Aaaaaa. - ele se nega. Reviro os olhos pegando a faca e fincando em sua costela, o fazendo berrar de dor, momento que aproveito pra jogar aquela peça em sua boca. - Bom menino. - digo passando uma fita para o mesmo não a abrir.

JB - Jin, para com isso cara! Para! Foi mal, a gente se arrepende muito, mas por favor, para com isso! - Ele implorava apavorado.

J - Agora vcs se arrependem? - volto para a fornalha e tiro a minha marca de ferro fundido de lá. Vou até ele cravando a mesma em sua testa, o marcando e queimando enquanto ele berrava.

Nj - chefe, tá aqui o que vc pediu. - Namjoon entra com o balde e as três piranhas. Coloco a luva especial e pego uma pela cauda, segurando firmemente enquanto ela se debatia.

J - Quem será o primeiro? Ah, acho que Jb merece essa honra, já que ele fez a gentileza de foder a garganta da minha princesa. - vou até ele ajeitando seu membro com uma pinça e logo abaixo a piranha até seu membro, que ela logo trata de devorar. Aaa esses gritos. Fazia tempo que não torturava alguém assim. Largo a piranha ali pra que ela devore algo mais dele. Pego outra e vou até o próximo. Jackson, ele só tinha perdido os dedinhos, ora de perder algo mais. Repito o mesmo procedimento que fiz com Jb ouvindo mais gritos. - espero que esteja gostando meu amor. - falei olhando para a câmera. 

Logo pego a terceira piranha indo. Direção a Yugyeom. Esse não gritaria muito pois já estava sem língua e amordaçado. Então apenas faço o mesmo procedimento e saio dali indo verificar como estava meu aquário de piranhas.

Jungkook me faz sinal de que estava tudo ok. Eu havia mandado Jhope e Tae pra ficarem fazendo companhia e ajudarem minha princesa, já que ela tinha que fazer repouso pra cuidar dos Jinzinhos. Peço para eles prosseguirem com tudo enquanto subi até a cozinha pra fazer uma pipoquinha para comer enquanto assistia seus corpos serem devorados pelas piranhas.

Voltei pra lá já com o balde de pipoca em mãos. Ajeitei a câmera e logo eles estavam amarrados na beirada do aquário, pendurados por correntes no teto que abaixariam eles lentamente. Faço sinal para os garotos começarem e logo que os pés deles tocam a água sujos de sangue, as piranhas atacam furiosamente, famintas. E assim continuam. Cada vez mais eles iam sido descidos na água, e as piranhas devoravam suas carnes, já estava quase impossível de enxergar alguma coisa por causa do sangue na água, então mandei que largassem logo eles no aquário pra eu poder ver pelo menos eles morrendo logo.

E aqui jaz meus três sócios, que tiveram o desgosto de provarem do meu ódio e do que acontece quando tocam no que é meu. Aproximei meu rosto da câmera e mandei um beijinho pra minha princesa. Desliguei a mesma e subi em direção ao banheiro, para me lavar, pois estava sujo de sangue.

Depois do banho me deito em minha cama e durmo, pois amanhã voltaria para minha princesa.


(S/n) P.O.V


Havia assistido tudo, mas sentia inveja de Jin, queria ter podido estar lá pra torturar eles tbm. Jin havia usado o mesmo canivete que eu tinha pego em seu escritório, e aquilo me excitou. A filmagem já tinha sido desligada quando Hope entra com os olhos fechados tateando o ar.

( S/n) - já acabou pode abrir os olhos. - ele abre uma frestinha dos olhos pra conferir e logo abre os dois olhos.

Jh - vim te chamar pra comer e tomar banho. E dormir né, pq vc tem que descansar. Amanhã seu marido chega.

Saltitei de alegria com a notícia e logo fui fazer tudo o que Hope mandara. Me deitei na cama feliz, pois estava louca pra ver meu amor. Afinal, fiquei quase duas semanas longe dele. Duas semanas vislumbrando as torturas dos rapazes. Meu marido era perfeito de todas as formas. Queria que ele me torturasse tbm.



Notas Finais


Eitaaaaaa... Lascaram-se
Ficou mais curtinho mas era pra focar na vingança... E aí?!
O que acharam?
Foi justo? Merecido?
Não esqueçam do comentário maroto que eu tanto amooo!!

Beijinhos e beijoes... Amo vcs!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...