História Caught in Danger - Jeon Jungkook - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Tags Bts, Drama, Jungkook, Romance, Suspense
Exibições 49
Palavras 582
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Me perdoem pelos erros!
Boa leitura a todos <3

Capítulo 3 - Greetings from Seul


Fanfic / Fanfiction Caught in Danger - Jeon Jungkook - Capítulo 3 - Greetings from Seul

                                                                                        Greetings from Seul

"Até mais Jungkook"

Kang Yi Na entrou no carro que saiu em disparada pela rua. 

Eu fiquei parado naquela rua por um tempo processando o que acabara de acontecer, estudantes que passavam esbarravam-se em mim sem se importar. 

"Jungkook-ah !"  Senti uma mão em meu ombro "O que aconteceu com aquele garoto do ensino médio que morria de medo de mulheres?"

Park Jimin, um velho amigo, chegara por trás apertando a mão em meu ombro. Ele era 2 anos mais velho, sendo um veterano naquela Universidade. Ele cursava Educação Física, tendo como privilégio ver -todos os dias- garotas usando legging e um top agarrado. Sim, ele se gabava muito por isso.

"Jungkook ?" o mesmo me pegou pelos ombros e começou a me chacoalhar 

"Desculpe, Jimin" respondi voltando ao mundo real

"Então, quem é a gostosinha do Volvo prata ?" Jimin perguntou lançando um sorriso malicioso para mim

"Eu realmente não sei " 

Como eramos vizinhos, sempre pegávamos o mesmo caminho para chegar em casa. Dividíamos um fone e íamos escutando as músicas que estavam em alta em Seul. 

Kang Yi Na. Esse nome não saia da minha cabeça. Por que pegara meu número ? E quem era esse tal contato que não podia te ligar ?

"Olha, se quiser uma ajuda com as garotas..." Jimin quebrou o silêncio enquanto andávamos "Posso te indicar algumas aí que eu já fiquei...Tudo bem?"

"Eu prefiro focar em Artes" Disse me referindo ao curso que iria fazer

Jimin deu de ombros e seguimos o resto do trajeto contando algumas piadas e falando mal de algumas pessoas. Típica conversa com Park Jimin. 

Chegamos em minha casa, Jimin passaria a noite lá para fazermos uma maratona de filmes e talvez beber um pouco. 

Meu pai chegou do trabalho mais tarde hoje. Appa trabalhava no departamento policial de Seul, ele tinha um cargo muito importante lá, mas como Seul era um lugar tranquilo e sem crimes, ele sempre ficava até umas 17hrs. 

Olhei para o relógio do celular, Jimin havia dormido bêbado ao meu lado no sofá, já marcavam 00:30h.

"Appa ?" Perguntei enquanto me levantava com dificuldade do sofá "O senhor nunca havia ficado tanto tempo no trabalho assim!"

Fiz uma leve reverência que foi logo correspondida pelo mais velho.

"É a primeira vez em muitos anos em que pego um caso assim" Ele respondeu num tom cansado "Com licença, mas preciso ir me deitar ?"

Caso? Que caso? Ele estava muito cansado para responder isso, então deixei para perguntar no dia seguinte. 

Desbloqueei o celular e entrando no Facebook. Talvez, Kang Yi Na tivesse uma conta lá ... 

Negativo. Nem um simples parente dela surgiu na pesquisa.

"Estranho" murmurei indo desligar a TV e ir levar o bêbado Jimin para a cama 

                                                                                                                 ---

No próximo dia, vi a mesma vir sozinha, sem qualquer Volvo prateado. Fiquei a observando de longe, ainda não tinha percebido que a mesma andava com tantos acessórios de grife. Suas roupas pareciam ter saído de um guarda-roupa de algum famoso aqui da Coréia. 

Yi Na me avistou ao longe e veio correndo para mim, que na mesma hora mudei minha postura me curvando levemente para ela.

"Desculpe" Yi Na disse com as sobrancelhas arqueadas "Desculpe por ontem, estava com pressa"

"Sem problemas" respondi baixo  

"Hoje no almoço, gostaria de sentar comigo ?" Ela perguntou mexendo nas pulseiras douradas que carregava no braço

"Amaria" respondi com um sorriso sincero 

Talvez seria uma boa hora para aprender mais sobre sua vida.


Notas Finais


Capítulo curtinho ... eu sei mas eu prometo que farei outros maiores !
Obrigada por ler e comente sua opinião
Até breve ...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...