História Cavaleiros do zodíaco- Universo caotico - Capítulo 223


Escrita por: ~

Exibições 69
Palavras 1.364
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, como vão? Espero que bem. Quanto tempo! Acho que bem... 4 dias? Isso!!! Muita coisa aconteceu, como por exemplo o meu aniversario!!! Hehehe foi legal... Ah, mas vamos voltar a rotina :)

Capítulo 223 - Avance Kai! Destrua tudo a sua volta!


Fanfic / Fanfiction Cavaleiros do zodíaco- Universo caotico - Capítulo 223 - Avance Kai! Destrua tudo a sua volta!

Kai estava sendo pressionado pela a força de Anochi. O solar da luz da tolerância acertou o cavaleiro de sagitário inúmeras vezes, sem que o santo de ouro percebesse, causando grandes danos. Kai então se levanta e parte para cima em uma investida furiosa contra o guerreiro do deus do sol, usando toda sua força. O cavaleiro de sagitário usou a Tempestade de Quíron, jogando Anochi para longe, sem causar nenhum dano. Em seguida Kai, concentrou toda sua energia em seu próximo ataque, o impulso de luz de Quíron, acertando o guerreiro do deus do sol em cheio, no entanto não causou nada alem de alguns ferimentos superficiais. Anochi reconhece a força do cavaleiro de sagitário, mas mesmo assim não permitiria que Kai passasse, então para finalizar a luta, o solar da luz da tolerância usou uma de suas técnicas mais poderosas, a indolência da luz, fazendo Kai desaparecer em meio a uma enorme explosão que podia ser sentida por todo o santuário.

Uma grande explosão destruía o templo, enquanto isso o cavaleiro de sagitário era consumido totalmente pela enorme energia de Anochi. Kai foi atingido em cheio, fazendo com que toda sua armadura sagrada de ouro fosse trincada. Quando o golpe do solar da luz da tolerância teve seu fim, o santo de ouro estava no chão, ensanguentado, praticamente derrotado.Metade do templo foi destruída, reduzia a ruínas. Do outro lado, o guerreiro do deus do sol ainda estava de pé, nem ao menos parecia que ele estava em batalha ate pouco tempo.

Anochi- ... Agora vá embora... Não me faça perder mais tempo certo...?

Kai- ...

Kai estava gravemente ferido, mas mesmo assim tentava se levantar novamente. Na primeira tentativa, voltou com força ao chão, mas na segunda tentativa o cavaleiro de sagitário voltou a ficar de pé, com as mãos apoiadas nos joelhos com uma respiração pesada. O sangue do santo de ouro pingava no chão, escorrendo por todo seu corpo. Kai sequer conseguia manter os olhos totalmente abertos devido a grande dor que sentia.

Kai “Porque...? Esse poder é imenso... Ele seria capaz de desintegrar célula por célula de meu corpo se acertasse em cheio, mas parece que Anochi mirou em outro lugar... Eu não sinto um poder tão grande como esse desde aquele cosmo que rivalizava ate mesmo contra Pollux... Mas porque? Ele se recusa a lutar comigo? Porque ele não me mata...?”

Kai tira suas mãos dos joelhos e volta a ficar ereto, com os olhos fixados em Anochi. O solar da luz da tolerância fica parado, esperando o movimento do santo de ouro, no entanto o guerreiro do deus do sol tinha a esperança que o cavaleiro de sagitário desse meia volta e desistiria da batalha entre os dois.

Anochi- ... Vamos... Não aguenta nem ficar de pé... De meia volta, e vá embora... Chega de perder tempo...

Kai- Porque!?

Anochi- ...Hum?

Kai- Você poderia ter me matado antes mesmo de toda essa batalha... Apenas com essa técnica que acabou de usar poderia ter me desintegrado... Mas decidiu acertar apenas de raspão, e mesmo assim foi o suficiente para trincar minha armadura e me deixar nesse estado... Porque se recusa a me matar!?

Anochi- ...

Anochi fica serio pela primeira vez na batalha, desfazendo seu olhar sereno. O solar da luz da tolerância no entanto fica em silencio, sem responder a pergunta de Kai.

Kai- ... Muito bem... Como você mesmo disse, nos cavaleiros somos famosos por cairmos e nos levantarmos quantas vezes forem necessárias... Eu preciso salvar a terra e a senhorita Sayumi... Me levantarei quantas vezes for necessário para atingir meu objetivo!

Kai assume uma postura ofensiva, em seguida o santo de ouro começa a elevar seu cosmo aos poucos.

Kai “ Eu não tenho chance nenhuma...”

Anochi- ... Quer mesmo morre?

Anochi então queima seu cosmo ao máximo, gerando uma enorme aura amarela envolta de seu corpo, tomando conta de todo o templo. Poderosas rajadas de ventos eram causadas devido a colossal energia que o solar da luz da tolerância liberava. A pressão era imensa, fazendo com que o cavaleiro de sagitário perdesse a pose de luta, quase abaixando sua guarda por completo, mas mesmo assim Kai se manteve de pé.

Anochi- A diferença entre nossos poderes no momento é muito grande para que você ainda tenha esperança... Eu posso acabar com isso em um piscar de olhos se eu quisesse, no entanto eu defendo a vida como alguns companheiros meus... Matar você a sangue frio seria uma traição a eles... Que agora já devem estar mortos...

Kai- ... Tsc! Droga!

Kai começava a dobrar seu joelho aos poucos, o cavaleiro de sagitário estava quase se curvando perante a grande força do solar da luz da tolerância.

Anochi- ... No entanto, não posso trair Apollo... Então acabarei com você agora...

Kai- ... Vida?

Anochi- ...?

Kai- Você disse que defende a vida!? E a vida daqueles que Apollo está prestes a destruir!!? E a vida daqueles que lutaram para sobreviver em um mundo cruel, e conseguiram, mas essa mesma vida será tirada por um deus que nunca sujou as mãos por essas!? Você não defende a vida!!! Você apenas quer defende lá!!!

Kai volta a ficar de pé, só que desta vez uma pequena aura dourada envolvia seu corpo. De repente, o cavaleiro de sagitário solta um enorme grito que fez com que todo o templo tremesse, aumentando ainda mais sua aura, que agora superava ate mesmo a de Anochi. O templo começava a entrar em ruínas, o interior do santo de ouro parecia ser uma enorme galáxia que explodia juntamente ao seu grande grito. Kai então avança contra o solar da luz da tolerância, mas acaba sendo acertado por um golpe direto. Porem o cavaleiro de sagitário não foi jogado para trás assim como nas outras vezes, o que surpreendeu o guerreiro do deus do sol.

Anochi- O que!? Mas como é possível!!?

Kai- Tome isso!!!

Kai devolve o golpe, acertando o rosto de Anochi em cheio, lançando o solar da luz da tolerância para trás, porem o guerreiro do deus do sol volta a ficar de pé imediatamente e parte para cima do cavaleiro de sagitário ainda mais disposto a mata-lo. Por sua vez, o santo de ouro também avança e logo os dois guerreiros iniciam uma incrível troca de socos e chutes em uma velocidade superior a da luz, deixando rastros luminosos pelo ar. No entanto, Kai estava gravemente ferido, e acabou sendo acertado na boca do estomago por um poderosos golpe de Anochi, assim o cavaleiro de sagitário foi de joelhos ao chão, bem aos pés do solar da luz da tolerância.

Anochi- ... Então... Defenda essa vida...

Anochi parecia não se surpreender com a aparição de um grande arco dourado na mão direita do cavaleiro de sagitário, assim que ele queimou seu cosmo. Kai queimou sua energia ao máximo, fazendo com que a constelação de sagitário surgisse atrás dele. Uma flecha feita de pura energia surge na mão do santo de ouro, que rapidamente arma juntamente com seu arco seu ultimo suspiro, em uma distancia muito curta, de baixo para cima, sem nenhuma chance de escapatória para o solar da luz da tolerância.

Kai- Queime cosmo!!! Destruição infinita!!!

Kai dispara sua flecha contra o coração de Anochi, perfurando o peito esquerdo do guerreiro do deus do sol com um enorme pilar de luz. Em seguida esse mesmo pilar se divide em vários feixes que começam a destruir todo o templo na forma de infinitas flechas douradas, levando tudo a ruínas. Com o termino do golpe, o santo de ouro estava de joelhos, pronto para desmaiar.

Kai- ... O que...?

Anochi- ... Proteja a vida...

Anochi estava no chão, sua gloria foi completamente destruída, e seu corpo foi esmagado pelos escombros do templo, restando apenas o braço e a cabeça para fora. O solar da luz da tolerância no entanto parecia transferir suas ultimas energias para Kai, curando os ferimentos mais graves do santo de ouro. Aos poucos o cavaleiro de sagitário podia voltar a se mover, ele rapidamente olhou para o corpo morto de Anochi, como se estivesse agradecendo, e voltou a trilhar seu caminho rumo ao centro de Apollo.


Notas Finais


proximo capitulo segunda 17/10


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...