História Cavaleiros do zodíaco- Universo caotico - Capítulo 224


Escrita por: ~

Exibições 64
Palavras 1.087
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, como vão? Espero que bem. Ahh o calor invadiu minha cidade, é como se Ruby estivesse lutando do meu lado... Argh! Estou derretendo! Socorro... Mas, antes de tudo eu queria dizer que estou feliz com o que a serie está se tornando, e garanto para voces que em um futuro não muito distante ela vai tomar um rumo que muitos vão gosta! Tenho certeza disso! Hehehe

Capítulo 224 - A força da imortalidade!


Fanfic / Fanfiction Cavaleiros do zodíaco- Universo caotico - Capítulo 224 - A força da imortalidade!

Kai recebeu o ataque do solar da luz da tolerância, que se pegasse cheio poderia facilmente desintegrar célula por célula do cavaleiro de sagitário. No entanto o guerreiro do deus do sol aparentemente mirou o ataque em outro lugar, evitando a morte do santo de ouro. Kai volta a se levantar e mesmo gravemente ferido decide lutar contra o solar da luz da tolerância. Anochi mostrar seu enorme cosmo para Kai, que responde a altura. Os dois então partem um contra o outro em uma incrível disputa de socos e chutes, mas por estar gravemente ferido, Kai vai ao chão. Em seguida o cavaleiro de sagitário usa seu ultimo suspiro para vencer o solar da luz da tolerância, a destruição infinita, destruindo todo o templo e derrotando de vez o guerreiro do deus do sol. De repente algo inesperado acontece, Anochi usa suas ultimas forças para curas os ferimentos mais graves de Kai, permitindo que o cavaleiro de sagitário avance pelo caminho do santuário de Apollo.

Depois de grandes batalhas dos cavaleiros de ouro contra os poderosos solares do Apollo. No entanto, dos quatorze guerreiros do deus do sol ainda restavam três de pé. O tempo passava, a reencarnação de Athena continuava com seu cosmo elevado, no entanto a jovem Sayumi não aguentaria por muito tempo, ela envolvia toda a terra com seu imenso cosmo, tentando proteger a todos, porem a força de Apollo era incrível, aos poucos a grande barreira da deusa da sabedoria ia enfraquecendo. Enquanto isso no santuário dourado flutuante do deus do sol, o cavaleiro de peixes, Ziligans, avançava por um dos caminhos, chegando a um grande templo dourado, onde na entrada havia uma palavra escrita, “ambrosia”, no entanto no chão havia uma frase cravada com letras douradas, dizendo “Se a morte fosse um bem, os deuses não seriam imortais.” Ziligans olha para todo o local atentamente e rapidamente entra no templo, ele sentia uma forte presença vinda do centro do local, e ao passar por grandes corredores o cavaleiro de peixes finalmente chegou ao centro do templo. No local, havia uma bela mulher, esbelta e com longos cabelos amarelados. Ela vestia uma gloria tão amarela quanto seus cabelos, seus olhos eram expressavam uma mensagem de seriedade, enquanto ela segurava em sua mão direta a tiara de sua gloria. Ziligans observava a mulher sem falar nenhuma palavra, desconfiado de qualquer movimentação que ela poderia fazer.

Ziligans- ...

Roshia- ... Não vai se apresentar cavaleiro... Muito bem, eu farei minha parte. Sou Roshia, a solar da luz da ambrosia, o alimento dos deuses.

Ziligans- ... Ziligans, o cavaleiro de peixes do exercito de Athena...

Roshia- Muito bem...

Roshia permanecia imóvel, o que chamou a atenção Ziligans. O cavaleiro de peixes ficou curioso para saber qual o motivo de que a solar da luz da ambrosia sequer atacava o santo de ouro. Ziligans então sacou uma rosa vermelhas, e se preparou para iniciar o combate.

Ziligans- Imagino que você não vai deixar me passar com facilidade...

Roshia- Acertou. Mas no momento não pretendo lutar.

Ziligans- O que?

E então um grande tremor aconteceu em todo o santuário, se tratava do fim da batalha entre o cavaleiro de sagitário e o solar da luz da tolerância, onde Kai saiu vitorioso.

Ziligans- O que foi isso?

Roshia- Esse foi o poder do solar mais poderoso entre todos os quatorze guerreiros de Apollo...

Ziligans- Toda essa força? Espere contra quem ele está lutando!?

Roshia- ... Parece que o cavaleiro de sagitário continua avançando com o termino da batalha...

Ziligans- Kai... Então Kai venceu a luta contra esse cuja você diz ser o mais poderoso entre vocês?

Roshia- Sim...

Ziligans- Huh... Então parece que eu também vou ganhar, afinal minha força é equivalente a de Kai, e se apenas ele foi capaz de derrotar o mais poderoso de vocês...

Roshia- ... Está enganado. Anochi, o solar da luz da tolerância nunca perderia para qualquer um cavaleiro de ouro...

Ziligans- Como assim?

Roshia- Anochi sem duvidas é um poderoso guerreiro, mais poderoso que você sem duvidas. No entanto ele sempre se recusou a usar todo seu poder... Mesmo contra um inimigo... Esse era seu maior defeito, e por causa desse defeito ele recebeu o titulo de tolerante... Ele aceita a derrota para salvar esses humanos... Uma pena... Anochi...

Ziligans- Está dizendo que esse tal de Anochi perdeu por vontade própria!?

Roshia- Sim... Não espere isso de mim Ziligans... Cavaleiro de peixes...

Roshia se movimentou em uma velocidade superior a da luz, sem que o cavaleiro de peixes perceba e em seguida acertou um poderoso soco no rosto de Ziligans, jogando o santo de ouro para trás. Aos rolar para trás, o cavaleiro de peixes se levanta e tenta lançar sua rosa vermelha que estava em sua mão, só que antes que Ziligans conseguisse acertar seu golpe na solar da luz da ambrosia, Roshia avançou e segurou o pulso do santo de ouro, impedindo seu movimento.

Ziligans- O que!?

Roshia- ... Nos solares nunca fomos inferiores a vocês...

Roshia puxou o pulso de Ziligans para si e ao mesmo tempo acertou um poderoso chute no meio do tórax do cavaleiro de peixes. O santo de ouro cuspiu sangue e acabou sendo arremessado para trás caindo de costas no chão.

Roshia- ... Você são humanos que aceitam essa condição nojenta... Os solares que caíram ate o momento não passam de guerreiros que nunca deixaram essa condição de humanidade, nunca esqueceram como era ser um inútil...

Roshia segurava a rosa vermelha que antes Ziligans segurava, e ao elevar seu poderoso cosmo, a solar da luz da ambrosia despedaça, e em seguida queima pétala por pétala da bela flor, enquanto o cavaleiro de peixes observava o ato da guerreira do deus do sol enquanto voltava a ficar de pé.

Roshia- ... Humanos se esquecem o quão fracos são... Esqueceram da força dos deuses... Se esqueceram a perfeição de ser imortal! Eu sou a solar imortal! Não vou deixar que um humano qualquer passe por meu templo!!!

Roshia eleva ainda mais seu cosmo criando uma enorme aura amarela envolta de seu corpo, fazendo todo o templo tremer. Grandes rajadas de vento começavam a arrastar lentamente o cavaleiro de peixes para trás.

Roshia- Desapareça!!! Eterno brilho!!!

Roshia estende seus braços unindo as pontas dos dedos, concentrando toda sua energia naquele ponto. Em seguida uma grande quantidade de energia brilhante é lançada para frente acertando em cheio Ziligans. O cavaleiro de peixes desaparece em meio a tanta energia, a solar da luz da ambrosia era incrivelmente poderosa.


Notas Finais


proximo capitulo quarta 19/10


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...