História Cavaleiros do zodíaco- Universo caotico - Capítulo 433


Escrita por: ~

Visualizações 16
Palavras 917
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, como vão? Espero que bem. Olha só quem está de volta, sim os senhores da guerra voltaram! Se preparem para a batalha... Ou guerra contra os senhores da guerra?

Capítulo 433 - As chamas! O inicio do confronto!


Fanfic / Fanfiction Cavaleiros do zodíaco- Universo caotico - Capítulo 433 - As chamas! O inicio do confronto!

O dia do confronto finalmente chegou, os guerreiros que tanto treinaram estão prontos para mostrar suas evoluções de força e poder, preparados para a batalha que esta por vir. Eles seguiam pelo grande caminho feito de pura energia que a reencarnação da deusa Athena havia criado com seu cosmo, enquanto eram guiados pela luz da lua de Artemis. Eles corriam o mais rápido que podiam, seguindo em direção ao outro continente, ate que finalmente avistaram ao fundo, bem na linha do horizonte a vila a qual iria se tornar o campo de batalha, o futuro portal para o tártaro. No entanto no meio do caminho Caos surge de surpresa para o grupo e explica a verdadeira origem do tártaro e que ele tinham planos para que os guerreiros chegassem ate lá para trazer ao deus primordial mais divertimento. Mesmo com a aparição de Caos, a moral do grupo não foi abalada, e eles ainda sim avançam para a batalha decisiva.

Os guerreiros continuavam avançando o caminho rumo ao local onde iria se tornar o grande portal para o tártaro através da estrada de luz criada por Sayumi. Eles continuaram com o emocional elevado, mesmo com uma queda de esperança ao ficarem frente a frente com Caos, mas logo se recuperaram e dobraram a confiança, prontos para a grande batalha que está por vir. Logo foi possível ver na linha do horizonte, a grande vila. O cenário era cinza, o céu estava nublado, havia fogo por todos os lados enquanto fuligens voavam pelos ares ao redor. Logo de cara era possível sentir a grande energia que vinha de dentro da vila, sem duvida nenhuma eram os guerreiros de Caos.

Kai- Eles estão aqui!

Tsuki- É melhor nos separarmos!

Kai- Sim! Báoli, Pyliy, Tsuki e Manianks vocês irão rumo ao leste!

Báoli- Está bem.

Pyliy- Certo!

Manianks- Como você quiser!

Tsuki- Vamos lá!

Kai- Satélites! Quero que vocês se dirijam rumo ao sul da vila!

Chione- Tem certeza que vai mandar todos nos para lá!?

Kai- Sim, de acordo com você, Calisto logo chegaram com o arco de Artemis, a batalha de suas técnicas em conjunto ficaram ainda mais fortes!

Eneu- Ele está certo! Satélites, vamos lá!

Kai- Kotei! Você vem comigo!

Kotei- Certo irmão!

O grupo se divide em três, assim como Kai propôs. Os cavaleiros de ouro foram rumo a energia que vinha do leste, os satélites de Artemis foram para o sul, enquanto Kai e Kotei correram em direção ao centro da vila. O grupo formado pelos quatro cavaleiros de ouro corriam por entre as estruturas em chamas, se esquivando das ruínas flamejantes ate avistarem o primeiro inimigo, era um dos senhores da guerra, era Maraad o fogo piedoso, destruindo tudo com sua katana de fogo. O senhor da guerra estava prestes a golpear o ar com sua espada quando um raio dourado impediu a lamina flamejante, era o braço de Báoli, a indomável excalibur.

Maraad- Conseguiu parar meu corte de fogo?

Báoli- Com uma espada com um corte cego como essa chega a ser uma ofensa para minha excalibur.

Os dois se encaram e logo salta para trás, tomando distancia um do outro. Em seguida os outros cavaleiros de ouro chegam ao local, cercando o senhor da guerra por todos os quatro cantos. Maraad olha em volta com calma, aquilo não o intimidava nenhum pouco.

Maraad- Cavaleiros de ouro? Oponentes dignos... Soruzu liberou todo o nosso poder agora. Os senhores da guerra tem permissão para matar... E vocês ainda insistem em nos enfrentar?

Manianks- ... Quanta merda você pode falar?

Tsuki- Vamos vencer ele!

Enquanto isso o grupo formado pelos satélites avançava por um cenário idêntico ao dos cavaleiros de ouro. Construções em chamas desmoronavam a frente deles, que no ultimo segundo se esquivavam com perfeição. Foi então que eles avistaram a frente o grande e poderoso Karrath, a chama indomável, destruindo tudo ao redor com seu grande machado de duas mãos. Os satélites logo cercaram o senhor da guerra, chamando atenção do grande guerreiro com suas glorias brancas brilhantes em meio as chamas.

Karrath- Satélites de Artemis. Quatro no total... Vieram tentar me parar?

Eneu- Não vamos tentar!

Acteon- Vamos conseguir te derrotar!

Ariel- Custe o que custar!

Chione- Pela senhorita Artemis e por todo o universo iremos vencer!

Karrath- Ótimo... Mas como vão domar, aquele que é indomável!!!

O cosmo de Karrath era imenso, mas aquilo não apavorou os guerreiros da deusa da lua. Enquanto isso Kai e Kotei corriam o máximo que podiam em meio as chamas da vila, ate chegarem ao centro. Um enorme circulo de fogo se ergueu quando os irmãos chegaram lá, e no centro estava o ultimo senhor da guerra, sentado de pernas cruzadas e um sorriso maníaco no rosto. Segurando seu machado e sua espada, um em cada mão. Kilrogg, a labareda infernal.

Kilrogg- Então vocês são meus adversários... O final de dois cavaleiros de ouro pelas minhas mãos... Chega ser prazeroso a ideia, assim como assistir as chamas consumindo tudo ao redor...

Kai- Não pense que será como da ultima vez Kilrogg! Estamos bem mais fortes!

Kilrogg- Você tem razão... Não será como a ultima vez... Eu irei matar vocês dois!

As chamas aumentam de tamanha assim como o tom de voz de Kilrogg que agora parecia soar como um trovão. A batalha no outro continente começou, os guerreiros da esperança vão iniciar o combate contra os grande senhores da guerra, eles não podem perder ou falhar nessa batalha, pois isso significaria o fim de tudo.


Notas Finais


proximo capitulo sexta 11/08


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...