História CavaleirosDoZodiaco Renascimento da antiga geraçãoINTERATIVA - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Personagens Originais
Visualizações 20
Palavras 832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


avisos breve mente avisados que avisão os avisores
shaushauushah

bom serio, talvez, eu não to dizendo que vai...talvez demore pra postar caps das fics pq eu to com alguns trabalhos da escola, e tmb eu to tentando focar um pouco no meu canal do Youtube, e se eu demorar muito é por isso ok, e tambem mais outro que acho que nem precisa, masss, é o seguinte, tipo assim, eu vou começar a usar imagem nos caps, ou tentar pelo menos, antes eu não tava conseguindo por imagens mas eu to conseguindo agora, bugs do meu pc, desculpem, e como eu não usei a imagem dos outros cavaleiros de ouro, no capitulo final dessa saga vou botar a imagem de todos ele, pq neee, meu amigo, o se eles vão ajudar nisso bom, fiquem com o cap

Capítulo 31 - A Batalha em Escorpião


Fanfic / Fanfiction CavaleirosDoZodiaco Renascimento da antiga geraçãoINTERATIVA - Capítulo 31 - A Batalha em Escorpião

Eduardo e Carlos se dirigiam para a casa de Escorpião


Eduardo-ali esta

Carlos-a casa de Escorpião, finalmente, vamos 

Eduardo-sim

então ele entram na casa e se deparam o cavaleiro de ouro
Akame-que coisa, como cavaleiros de bronze chegaram tão longe?, isso é uma idiotice, os outros não lutaram a serio, só pode

Eduardo-você é a cavaleira de Escorpião?

Akame-sim,não dá pra ver?, bom vou mata-los agora mesmo 

ela então em uma velocidade absurda lança dois feiches de luzes vermelhos 

então Carlos rapidamente  usa seu escudo para envia-las para longe 
Akame-bom

Eduardo- o que foi isso?

Carlos-não sei, senti duas poderosas energias vindo em nossa direção, o que parecia duas agulhas mas não sei dizer

Akame-vocês ate que são fortes, mas não o bastante 

Carlos-Cólera do Dragão

ele vai em sua direção para desferir o seu golpe, porem 

Akame consegue rebater o golpe o jogando longe 
Akame-só isso?

Carlos-droga, Meteoro de Pegaso 

lançando fortes rajadas de meteoros Akame os impede com as mãos 

porem um escapou e foi no seu rosto a atingindo  e a empurrando pra trás 

lançando seu elmo longe 

então deu pra ver um pequeno arranhão em seu rosto 
Akame- o que?

Carlos-boa cara

Eduardo-, he, mais isso não vai ser o bastante

Akame-seu..maldito... eu vou te exterminar

então sua unha se torna vermelha e ela some 

logo aparece atras deles seguida por um raio vermelho 

e logo os dois caem com um forte corte no braço 
Eduardo-ah, o que foi isso

Carlos-ela é muito forte

Akame-isto é apenas o começo 

ela se vira pra eles e aponta o seu dedo

logo ele começa a brilhar em vermelho,

porem é rodeada por uma estranha energia gelada 

quando derre pente 

Edil aparece no lugar com Kawan em seus braços e vai onde os outros estavam

Eduardo-Edil!!! que bom que ta vivo

Carlos-sim, pelo visto o Kawan conseguiu

Edilberto-sim, e agora ele ta sem energia, podem ir eu cuido dela 

Akame-jamais deixarei que passem

ela despedaça a energia 
Akame-restrição 

ela lança varias ondas vermelhas em direção deles

porem não surte nenhum efeito em Edilberto 
Edilberto-levem o kawan, vão 

Eduardo-certo

ele pega o Kawan e vão para a proxima casa


Akame-voltei aqui

ela iria atras deles porem


Edilberto-fica fria ai, Circulo de Gelo 

novamente ela foi presa pela energia 

Akame-ora seu

Edilberto-eu serei seu oponente, 

Akame-ja que é assim

então a energia que a rodeava, se torna vermelha e ela vai em direção a Edilberto

porem ele desvia e a energia destroe um pilar da casa 
Edilberto-Pó de diamante 

ele lança seu golpe que nem mesmo faz efeito 
Akame-onde esta todo seu poder garoto?

Edilberto-tome, Trovão aurora 

Akame-agulha escarlate 

os dois se atacam ao mesmo tempo

então Akame fica congelada porem logo o gelo é quebrado
Edilberto-droga,

Akame-que besteira

Edilberto-ahh meu ombro 

Akame-olha garoto, realmente sera melhor se você se rendesse, não acha?

Edilberto-jamais, eu nunca vou desistir tenho uma missão pra cumprir 

Akame-ja que é assim, tome mais da agulha do Escorpião

ela atira varias vezes com seu dedo perfurando cada ponto especifico do corpo dele 

Akame-bem, é agora, apenas uma agulhada e você vai morrer

quando ela iria dar o golpe final ela olha para suas pernas
Akame-não é possivel, minhas pernas estão congeladas

Edilberto-essa é minha chance, Trovão aurora!!!!

ela é acertada em cheio mandada pra longe e logo se levanta 
Akame-este seu golpe, não é forte o bastante, não senti nada, porem, você ja deve ter sentido algo né?

quando Edil percebe, ele estava perdendo muito sangue do corpo 

Edil então vai ataca-la diretamente e é golpeado caindo no chão 
Akame olha só eu não quero te matar, tenho respeito para Anne, seria melhor se você abandonasse agora

Edilberto-jamais, eu estou honrado de com meus amigos lutar, eu prefiro morrer...do que os decepcionar

então ele reune energia e novamente ataca Akame so que com um golpe rapidamente ela perfura o peito dele e assim ele cai no chão desacordado

Akame-este garoto tem um grande poder, incrivel que..mesmo ao lado da morte, ainda consegue durar tanto tempo,

ela então observa seu corpo
Akame-seu gelo, afetou meu corpo, ele era bem poderoso pena que agora esta morto

então Edilberto começa a emanar o seu cosmo, e então ele começa a se rastejar indo em frente, tentando prosseguir em direção a proxima casa

Akame- o que?, ele ja deveria esta morto, como pode alguem, assim tão perto de morrer, ainda querer lutar, sera?, não pode ser, este cosmo, é o cosmo de Atena?, sim, entendo, então eles não são impostores

ela então se aproxima de Edilberto e acerta um de seus pontos finais, tirando o veneno do Escorpião por completo
Edilberto-por que, você fez isso

Akame-você não é um inimigo aqui, sinto muito por isso, você tem que seguir garoto

Edilberto-obrigado 

então ele corre para a proxima casa,

Akame-ele tem realmente um grande poder oculto

ela então olha para seu ombro e vé algo surpreendente

a armadura de ouro, estava com uma rachadura 

 

 

 

 

o que sera que espera eles na proxima casa?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...