História CaveMan - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Homem Das Cavernas, Jikook, Kookmin, Namjin, Taegi, Taeyoonseok
Visualizações 140
Palavras 1.322
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Fantasia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie, demorei? Demorei, me perdoem, mais toda vez que estava escrevendo surgia um compromisso para mim e eu não conseguia termina.

Porém, cheguei, não me matem que coloquei uma surpresinha ai no meio (͡° ͜ʖ ͡°) Boa leitura! Meus bolinhos :3

Capítulo 8 - Oitavamente


Meses depois.


Com a passada de vários meses de convivência com Jimin, JeongGuk havia pegado um super apego ao mesmo. E a passada de meses também resultou em um Jimin sabendo falar fluente ou quase fluente o idioma.


Porém, Jimin também havia pegado um apego a JeongGuk, mas sabia dizer que estava apaixonado pelo cientista que vivia se tocando no banheiro a frente de trocentos espelhos.


Jimin agora era ensinado por Hoseok todo dia, o mesmo tinha virado seu professor particular mesmo não sendo realmente um professor. E nesses meses, HoSeok realmente conseguiu ser comido por Taehyung e ainda por cima, ganhar como brinde um baixinho de cor pálida. YoonGi.


JeongGuk teve que rir muito por ver três pessoas com personalidades completamente diferentes juntas em perfeito romance, pelo menos nos momentos em que outras pessoas não estavam presente, porque o trio em casa só não se matavam porque já se amavam demais a esse ponto. 


E claro, a casa de JeongGuk ainda era a famosa casa que vivia se enchendo de gente, coisa que o mesmo teve que aprender a conviver, pois não tinha nem chance de tirar o povo, ja que iam voltar.


JeongGuk se encontrava com Jimin no colo, já que os mesmo levavam uma amizade deveras colorida, mas nenhuma relação sexual até então foi desenvolvida, apenas beijos, e mãos bobas, não passava disso, não era o momento ao ver deles.


Porém, enquanto tinham um momento um tanto que romântico, Taehyung como sempre, chegou invadindo sua residência seguido de seus dois namorados.


— Fala ae Jaocu, como vai a vida? — Hoseok sentou-se no sofá, ao lado do casal, e tocou o ombro do Jeon, rindo um pouco e olhando Taehyung que ainda estava emburrado.


— Porque ele está com essa carranca? — Jeon perguntou, enquanto via o amigo começa a irritar os demais suspirando alto e fazendo um som aleatório, porém irritante. 


— Porque simplesmente, a pessoa vai xingar em outro idioma e adivinha, a pessoa sabia o idioma. — Taehyung pronunciou, cruzando os braços e Fazendo Jeon arquear uma sombrancelha.


— A mulher pisou no pé dele, ai ele foi xingar a mulher em mandarim, porém a mulher sabia mandarim e entendeu oque o mesmo falou. — YoonGi resumiu a historia, enquanto estava de braços cruzados e uma expressão de puro tédio sobre seu rosto.


— Taehyung você e muito dramático, esta com essa carranca só porque a mulher sabia mandarim? — Jeon riu. — Só porque ela sabia oque você havia dito? E sério isso? seu dramático.


— Me deixa. — Cruzou os braços, Encarando o Jeon que negava com a cabeça freneticamente. — Espero que caia um raio no seu ânus para você aprender a deixar os outros serem dramáticos em paz.


— Que agressão, não de pode desejar isso aos amigos. — Jeon colocou a mão no peito, fingindo indignação e apenas recebeu um dedo do meio de Tae em troca.


— Agressividade e você não deixar eu ser dramático em paz. — Mumurrou. — Só por causa disso também, vou roubar seus toddynhos.


— Meus toddynhos não! — JeongGuk colocou Jimin no sofá, enquanto ia atrás de Tae, que já corria para a cozinha, berrando.


— Se um dos dois morrer, já teremos o culpado. — YoonGi pronunciou aleatório, fazendo JiMin rir e concorda. — Como atura JeongGuk o mais infantil?


— Como atura Kim Taehyung, o mais lesado? — Jimin rebateu com outra pergunta, fazendo HoSeok que estava quieto até então rir da cara de surpresa do namorado.


— Me diz sua técnica que eu digo a minha. — YoonGi entrou numa brincadeira com Jimin, que apenas pensou um pouco antes de responder.


— Não mecher nos toddynhos, e uma ótima técnica. Nunca mais mexi depois da última vez. — Jimin confessou, corando ao lembrar da cena.


— Oque houve na última vez? — HoSeok se intrometeu, entrando na conversa com curiosidade beirando o olhar, enquanto encarava JiMin, que apenas mumurrou um "é constrangedor". — Conta ae.


— Aish... Ele me vestiu de gatinho, com o rabo enfiado em um lugar muito estranho e me fez o observa enquanto... O mesmo mexia em seu pinto... — Jimin mumurrou, enquanto ocultava a parte em que caiu de boca no grande membro de Jeon JeongGuk.


— Opa, só aconteceu isso mesmo? Você só ficou olhando? — YoonGi perguntou curioso, junto a Hoseok, fazendo as bochechas de Jimin ficarem extremamente vermelhas.


— Claro, oque era pra mim ter feito? — Perguntou inocentemente.


Um mês atrás.


JiMin tinha acabado de tomar mais um caixa de toddynho de JeongGuk, antes que o mesmo voltasse para casa. Jimin ainda teve a ousadia de deixar a caixinha vazia e aberta dentro do armário, junto aos demais toddynhos.


— Puta que pariu Jimin, denovo?! — Jeon exclamou, enquanto via as caixas vazias e abraçava as mesmas, mumurrando um "meus filhos" enquanto JiMin ria ao fundo pela merda que tinha feito. — Não tem jeito, você terá uma punição. — JeongGuk mordeu o lábio, enquanto pensava em algo, e logo resolveu realizar um de seus sonhos eróticos com o baixinho.


— Oque é punição Kookie? — O mesmo perguntou confuso, pela palavra que tinha aprendido recentemente, enquanto tentava ver se sabia de algo. — Não me parece algo bom...


— Vai depender do seu ponto de vista. — Sussurrou, enquanto pegava a mão do primitivo e caminhava até seu quarto, após retirar a roupa do mesmo pelo caminho e ir pegar algo em seu armário. — Se vista.


Entregou ao menor, uma gravata, junto a uma orelhina de gato junto a plug de rabo de gato, oque deixou o primitivo confuso, por nunca ter visto algo assim em sua vida.


JeongGuk vendo a confusão interior do mais baixo, decidiu o ajudar e logo pois as orelhinhas e a gravata no menor, o vendo rir enquanto se olhava no espelho. Jeon fez com que o menor ficasse de quatro sobre a cama, o deixanod ainda mais confuso.


Guk não pode deixar de morde os lábios ao ver a entrada rosada do mesmo exposta para si, e o melhor era saber que aquele ser era tão inocente que ao menos sabia os desejos que o Jeon tinha. Logo, com o plug já lubrificado, foi encaminhado para aquela região rosada, fazendo o primitivo espremer os olhos pela pequena dor que sentia.


— Pronto. — A dor logo foi embora, e o primitivo levantou, indo se olhar no espelho e rindo ao ver a cauda no meio de suas pernas, rebolando sua bunda e não percebendo a grande ereção no meio das pernas de Jeon. — Agora sente-se Minnie, sua punição sera olhar algo que eu amo fazer.


Jimin mesmo bugado na cabeça, sentou-se na cadeira de frente a cama, onde se encontrava JeongGuk sentado, e ficou olhando todo movimetos do mesmo, enquanto suas bochechas ruborizavam.


Jeon possuía seu membro em mãos, enquanto subia e descia a mesma pelo seu mastro ereto, fazendo o menor o encarar e e morde os lábios por instintos, enquanto os gemidos de Jeon se intensificavam pelo quarto, e o barulho que fazia naqueles movimentos se misturar aos mesmos.


Jimin se sentiu sendo guiado, e sua boca salivando, até que se viu com o rosto próximo ao membros teso de JeongGuk, enquanto o mesmo sorria de lado e esfregava no rosto bem desenhado de Jimin.


Jimin entreabiu seus lábios, deixando com que o maior passasse sua glande pela boca de Jimin, que mesmo estranhando um pouco a textura, deixou que JeongGuk adentrasse sua boca com seu membro teso e pulsante.


JeongGuk logo começou a gemer e a puxar os cabelos de JiMin, enquanto o mesmo o acolhia em sua boca, chupando seu membro com vontade, como se ja fosse experiente naquilo a tempos.


JeongGuk não demorou a se despejar na boca do primitivo, que engoliu aquele líquido pegajoso e perolisado com gosto, lambendo o lábio e olhando corado para Para Jeon.


— Isso, foi um boquete. — Acaricou o rosto de Jimin. — E oque voce tomou foi Leitinho. — Completou.


Dia atual.


— Chupado o pinto dele. — Taehyung pronunciou, ao invadir o local, fazendo todos no ambiente se assustar. 


Notas Finais


Primeiro: Não foi revisado. Desculpa os erros.
Segundo: o Boquete não esta tão bem detalhado, porque ainda não e o momento do momento (͡° ͜ʖ ͡°)
Terceiro(noticia triste): A fic esta no final, esse e o antepenúltimo capítulo, sinto muito, só terá 10 caps, como foi pensado des do início. Muito obrigado por me acompanharem ate aqui, porem já estou planejando outra pra ocupar :3

Muito obrigado :3 Cometem e favoritem para saber oque acharam!

E já que esta para acabar, os leitores fantasma poderiam pelo menos comentar um "continua?" ficaria tão feliiiiz :3

Ja leram minhas novas bebês? Cujo faço parceria?

Link : https://spiritfanfics.com/historia/320-anos-10643812 (Jikook)

Link 2: https://spiritfanfics.com/historia/teacher-of-porn-actor-10616143 (Jikook)

Link 3: https://spiritfanfics.com/historia/idiot-rapper-10525932 (Taegi)

Recomendação do dia:

Link: https://spiritfanfics.com/historia/say-oppa-10628571 (Taegi)

Nosso grupinho: https://chat.whatsapp.com/GZZ33Z2JbYlJZhM18nyqXP


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...