História Cenário Competitivo. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias League Of Legends
Tags Daniels, Felipe Brtt, Giuliana Capitani, Hastad, Jovirone, Jukes, Kami, Mix, Mylon, Zabelona
Exibições 19
Palavras 1.217
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Esporte, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie, será que alguém ainda lembra dessa fanfic? Bom, caso alguém lembre eu ACHO que voltei de vez. Na epoca que comecei isso eu não tinha tempo, era escola e tudo mais, mas agora tenho bastante tempo. Conheci meus streamers favoritos e até a caju.deusa na BGS e então posso escrever melhor essa história. ♥

Capítulo 3 - Estamos Quites agora


Fanfic / Fanfiction Cenário Competitivo. - Capítulo 3 - Estamos Quites agora

- Vai dormir o dia todo mona?
Caju entrou no quarto, abrindo as janelas com pressa,  sem nem bater na porta.
- Ai Giuliana hoje é sábado!
- Exatamente, hoje é sábado pirralha.
- Sim, dia de dormir até não querer mais.
- DIA DE DIZER PRO TIME QUE VOCÊ TAVA ERA DE FOGO NESSE RABO
Dei um pulo da cama – parte pela altura do grito da minha irmã, parte por lembrar que hoje eu iria conhecer de fato os amigos da minha irmã e possivelmente ganhar uma chance de mostrar a eles o meu “conhecimento” na mid-lane.
- Calma, Calma, Calma eu juro que to pronta em 5 minut..
Comecei a falar toda desesperada, pensando que ela já estava de saída mas reparei que ela ainda estava de pijama, se segurando pra não rir.
- Vai Geovana, se arruma que eu sei que você demora um século
Ela saiu do quarto e eu me sentei na cama, respirando aliviada. Demorei mais alguns minutos e fui pro banheiro. Fiz minha higiene, separei umas roupas sobre a cama e fui tomar um banho quente. Enquanto a água quente caia sobre meu corpo, não conseguia parar de pensar que era tudo ou nada. Se eu não causasse uma boa impressão pra eles não haveria como ser levada a sério, eles achariam que eu só quero um momento de fã e jogar com um deles por 5 minutos, o que a propósito não procede. Eu nunca fui fã de nenhum jogador de lol, só de uns streamers mas não vem ao caso. São amigos da minha irmã, por coincidência, então sem chance. Coloquei uma blusinha rosa e uma calça jeans preta. Nada muito chamativo, era uma gaming house e não uma festa. Deixei o cabelo solto e passei um lápis no olho, não vivia sem isso e era meio difícil prender o cabelo, o preferia solto.
- Giuliana, ta pronta?
Não tive resposta dela, então ela ainda deve estar arrumando aquela juba dela.
Peguei meu celular e abri o facebook. De cara tinha uma foto do Mylon no sofá mas era em um dos tantos grupos de lol quais eu participava. Não li a legenda, só olhei a foto. Ele era bonitinho, sujo de sorvete fica ainda mais fofo. Comecei a rir sozinha lembrando da cena de ontem e então me deparei com Caju parada entre a porta me encarando:
- Vai demorar mais? Eu já chamei o uber
Sai do facebook e me levantei, dei uma ultima olhadinha no espelho e então sorri:
 - To pronta, você que demorou uma eternidade
- Vamos vai.
Pegamos o elevador e então a curiosidade bateu.
- Teta não quis vir te buscar hoje?
- A gente vai sair mais tarde, então eu vou pra lá e de lá a gente vai
- E eu vou voltar sozinha pra casa?
- Vai bebê, eu coloco você no taxi. Não enche
Revirei os olhos e não demorou muito pro taxi chegar. Entramos no mesmo e parecia que cada duas esquinas que a gente passava tinha uma barraquinha de sorvete, o que tava me dando uma vontade de comprar um mas não disse nada pois Caju já estava afundada no twitter dela.
Algumas horas depois finalmente o táxi parou, chegamos. Descemos do táxi e eu fiquei parada na calçada encarando o prédio. Era um lugar bem simples, ninguém diria que ali dentro era uma gaming house só pela fachada. Assim que entramos no local, realmente era só a fachada. Era uma casa enorme e lindíssima, tipo aquelas casas de gente rica sabe? Por isso não diria que era um local de players.
Entramos e então já consegui ouvir umas conversas vindo de dentro da casa, risadas na verdade.
- Ta pronta?
- To sim.
Caju foi na frente e então eu a segui. Ela andou por um corredorzinho lateral e fomos até os fundos da casa, onde os meninos estavam na piscina. Felipe, Kami, o menino de cabelo azul e um streamer que era reserva deles, pipoca... picoca! Mas estavam faltando pessoas ali. Fiquei parada no cantinho e então observei Caju colocar sua bolsa sob uma mesinha enquanto Felipe saia da piscina e ia até ela. Alguns olhares estavam voltados para mim, e eu estava ficando vermelha.
- Oi, então você é a irmãzinha da Caju?
Kami falou e depois de alguns segundos eu consegui responder.
- Oi, sou eu mesma
Me aproximei um pouco mais da piscina onde ele estava e então o dialogo continuou:
- Bom, eu vou te avaliar. Eu sou o mid da paiN
Ele sorriu e então, sua expressão mudou assim que pipoca disse:
- Mylon deve estar comendo o sorvete inteiro com o Thúlio
Kami deu uma risadinha sem graça e então deu um grito no Mylon:
- MYLON E O MEU SORVETE CADE, EU NÃO VOU GANKAR SEU TOP NUNCA MAIS
- TO INDOOOOOOOOOOOOOOOO
Comecei a rir baixinho e então ouvi a voz dele vindo, ele estava correndo com um sorvete de casquinha na mão. A sequencia de acontecimentos a seguir eu vi como se fosse em câmera lenta.
Eu me virei para vê-lo mas ele já estava perto de mais. Ele trombou em mim e então me derrubou na piscina, fazendo o sorvete cair no meu cabelo ainda por cima.
Minha irmã estava rindo que nem uma hiena e os outros estavam tentando se segurar, Kmai estava querendo matar o Mylon pelo sorvete.
Fiquei meio desnorteada, afinal n sabia nadar muito bem, mas senti duas mãos firmes no meu ombro.
- Ei.. desculpa, não foi por querer
Tirei os cabelos molhados do meu campo de visão e então olhei Mylon ali a minha frente, com uma expressão de preocupado.
- Tudo bem..
- Ai Mylin, agora vocês estão quites
Felipe falou e então Mylon me ajudou a sair da piscina e me deu uma toalha.
- Mas é uma desastrada mesmo hein pirralha?
- Ai Giuliana para tá
- Vai ficar molhada ai, não vou te dar as minhas roupas da festa
- Tem um monte de coisa sua no meu quarto, você esquece metade das sãs coisas aqui, vai lá ver se alguma coisa dá nela
Figo falou e então caju me levou até o quarto e eu escolhi umas roupas dela que não fossem tão caju.diva e me troquei.
- Relaxa besta, eu tava rindo da situação e não de você
- Sei..
- Você tem que se soltar mais, se ficar assim nessa de achar que tudo é zoação com você, você não vai muito longe mona
- Tá tudo bem tá.. é que eu mal cheguei e já to passando vergonha
- Relaxa Gê, não vai ser a ultima vez tá?
- Idiota
Caju me deu um abraço e então ouvimos batidas na porta. Era o pipoca.
- Oi pipoca!
- Pipoca?
Caju me deu um tapinha no ombro:
- PiCOCA
- Pode me chamar de Matheus de ajudar, bom a gente teve um pequeno problema.. o teste não vai poder ser hoje.
- O que aconteceu bicha?
- A mãe do Kami acabou de ligar e ele vai ter que ir buscar ela no aeroporto
- Nossa verdade, ela vem pra Party Legends né?
- Sim
Fiquei ouvindo eles falarem e estava perdida. Party Legends? Era aquela festa que faziam no pub?


Notas Finais


Será que a Caju vai deixar a Gê ir na Party Legends? Será que vai acontecer algo de bom por lá? haha aguardem ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...