História Censurado *relatos* - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Álcool
Exibições 0
Palavras 376
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Festa, Orange, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - Um novo mundo


Ele foi embora não me deu tchau! Muitos acharam que eu estava agindo feito idiota, mas eu sentia como se um pedaço de mim havia se partido. 

Entre altos e baixos fui tocando a vida na melhor maneira que achei possivel, voltei para a casa da minha mãe me afastei um pouco das companheiras de copo. E retornei ao curso de eu tinha travado a matrícula tentei reagir da melhor maneira possivel.

Eu já estava um caco fisicamente eu não dormia direito e comer era fora de cogitação entretanto as bebidas alcoólicas eram comigo mesmo, eu ficava muito ruim ao ponto de me aguentar em pé direto mas mesmo assim nada de dormir estava um fiasco minha produtividade no curso estava baixa. Minha mãe só queria me vê dentro de casa, muito dificilmente se preocupava que eu estava parecendo um zumbi anorexico. 

Até que no meio desse caos que voltei a conversa com um amigo meu de infância e ele fala ou que eu precisava me destrair e trabalhar e me indicou onde ele estava trabalhando em uma rede de comida japonesa fast food. Na mesma semana fomos ao RH e fiz minha entrevista e fui contratada.

Fiz dois dias de treinamento e me encaminharam para a loja que iria fica definitivamente (bem no centro da cidade). O primeiro dia foi uma catástrofe, não tinha o endereço certo, me perdi nas ruas e depois de um tempo xingando a garota do RH mentalmente achei a bendita loja. E como eu sou uma pessoa super sortuda peguei o dia mais terrível de movimento, a famosa parada gay, um dos rapazes que iria trabalhar comigo estava de folga e o outro simplesmente faltou.

Foi apenas meu líder e eu, sem saber de nada um monte de clientes me perguntando coisas do cardápio que eu não sabia responder, o caixa era tabu para mim, mas tive que ir de cara e fazer o meu melhor embora estava desesperada e sem saber nada direito. 

Resumindo foi uma noite longa cansativa, atendi muitas pessoas uns ficaram com raiva outros nem ligavam uns sentiam dó de mim por não saber nada e pegar um dia daqueles para começa. 

E no fim do expediente senti que uma parte de mim e dos meu problemas seriam esquecidas




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...