História Cerejeiras. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, V
Tags Taehope, Vhope
Exibições 28
Palavras 245
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Poesias, Slash, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Isso aqui não é uma fanfic, é um texto. Mas eu achei legal postar aqui, como forma de fanfic. Não escrevi tão recentemente, e eu ainda acho que precisa ser aperfeiçoado.

Capítulo 1 - Capítulo único.


Os movimentos de suas mãos, passando em seus cabelos cor de cerejeira.

Juntamente com sua boca rosada, existe uma pequena cicatriz. Da qual, você nunca me disse o motivo.

Eu adorava a cor dos seus olhos, com a franja caindo sob eles e te incomodando.

Apenas por cada vez, que tu me tocava; sentia como se fosse o vento balançando folhas numa árvore. Porque não era uma ventania, não era intenso. Era apenas um vento fraco.

Não era um toque suave numa pele macia. 

O veneno do seus beijos, perderam o efeito.

Com o tempo, a forma de como  te via; ficou completamente desfocada.

Você se mostrou diferente, e notei que não fiquei com algum tipo de sentimento.

E eu não era da sua preferência, porque você era feito de cerejeiras e eu era apenas folhas mortas. Mortas pelo seu amor. 

E você disse "eu amo cerejeiras" de um jeito doce. E isso ficou na minha cabeça.

Folhas mortas não iriam satisfazer a necessidade de algo bonito e encantador.

Então, vou ficar com minha falta de sentimentos e deixar com que você se vá de mim.

Por favor, vá amar a cerejeiras. E prometo, que todo o amor que existiu e guardei, irá ficar lá.

Porque você foi a cerejeira mais bonita. Trouxe uma cor e uma sensação diferente a todas as minhas folhas. E não me pergunte o porque de te fazer chorar.

Só entenda uma coisa, folhas morrem; mas cerejeiras apenas caem, amor.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...