História Certezas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Jirose, Lizkook, Vhope, Yoonnie
Visualizações 24
Palavras 1.369
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi!
Bom essa é minha primeira fanfic espero que gostem!

Capítulo 1 - Isso é a vida real


Park Chaeyoung

 

     Acordei dos meus lindos sonhos com o despertador berrando, sim berrando! Tentei ignorar aquele som irritante e me virei, mas dei  de cara, literalmente, com a claridade. Parabéns, gênia deixou a janela aberta de noite. Mas isso não me importava fechei meus olhos  novamente, pensando que isso era um pesadelo e eu não precisaria ir à escola. Não demorou muito e minha mãe começou a esmurrar  a porta do meu quarto.

   - Park Chaeyoung! – berrou. – Ande, levante você já está mais do que atrasada. Seu irmão já está pronto. Você tem dez minutos  para descer!

   Revirei meus olhos, minha mãe sempre tão amorosa e compreensiva.

   Vi que não tinha mais saída e levantei. Fui até meu banheiro, me despi e tomei meu banho. Vesti o uniforme super formal da escola e  desci as escadas, encontrei meus pais e meu irmão mais velho, Chanyeol já tomando café da manhã. Dei bom dia a todos e comecei a me  servi de suco.

   - Atrasada, de novo? – começou meu pai. – Se você dependesse de um trabalho já estaria demitida faz tempo...

  Ignorei o comentário do meu pai, para ele pontualidade era tudo. Ele trabalhava como gerente em um banco, e se gabava sempre  contando como foi sua história, coisa de gente velha. Já minha mãe era artista e muito reconhecida na Ásia por suas obras bem trabalhadas.  Os dois se conheceram em uma das exposições da minha mãe e então amor à primeira vista.

   - Deveria ser mais como seu irmão – alfinetou minha mãe.

   - Concordo, Chaeyoung passa a noite inteira assistindo séries – disse Chanyeol.

   - Não enche garoto – deu para perceber como é minha família. – E, não qualquer “série” é Game Of Thrones.

    Ele revirou os olhos e começamos outra discussão. Parecíamos duas crianças, às vezes.

 

[~.~]

 

     Quando cheguei na escola quis voltar correndo para casa. Não gosto desse lugar onde só tem gente rica e mesquinha, pelo menos  a maioria.

  As pessoas falavam alto e se abraçavam, já que era o primeiro dia de aula. Meu irmão já estava com seu grupinho, onde só tinha  gente linda, os meninos principalmente. Chanyeol sempre foi simpático com todo mundo e isso era uma das coisas que eu mais admirava nele.

 Estava tão distraída que acabei esbarrando com alguém derrubando todos os seus livros. Vi que era uma garota e eu nunca tinha a  vista na escola.

    - Desculpa, desculpa – dizia a loira desesperada.

    Juntei todos seus livros e a entreguei, enquanto ela ainda pedia desculpas.

  - Tudo bem – tentei tranquiliza-la. – Eu que peço desculpas, estava no mundo da lua – como sempre.  

   - Eu só estava procurando pela sala da diretora, é que eu sou nova aqui.

  Expliquei a garota onde era a sala e ela pediu obrigada e mais um pedido de desculpa e saiu andando. Acho que ela não era dali, pela  sua aparência e sotaque.

   Voltei a andar pelo corredor e fui em direção ao meu armário.

  - Não sabia que a escola tinha virado concurso de Miss Corredor – virei-me e encontrei Jennie, minha melhor amiga. – Que saudades  Rosinha!

   Comecei a rir e a abracei, não a tinha visto durante minhas férias.

  - Por que você não foi me ver nas férias, hein? – perguntei com a voz chorosa. Eu choro por tudo.

  - Começou o drama. – revirou seus olhos.

  - Nem é, só que você resolveu sumir e me esconder tudo que tá acontecendo na sua vida.

 - Chaeyoung não é bem assim. Eu estava numa fase muito difícil. – A abracei novamente. Eu sabia bem que fase era essa.

  - Ih, chegou. – disse Jennie olhando por cima dos meu ombros.

   - Quem?

   Me virei e vi que era só Park Jimin e sua trupe, Kim Taehyung e Jung Hoseok. Sim, eles eram os populares da escola, que se  gabavam pelas garotas que pegavam e desvirginavam. Todas meninas molhavam as calcinhas e só faltavam abrir as pernas para eles.

   Qualquer daria tudo, tudo mesmo, só para falar com eles. Eu já fui uma dessas garotas, sim fui iludida por Park Jimin, já tínhamos  ficado uma vez e depois disso o mundo real cai bem na sua frente. Só uma noite, era esse o lema deles. Ridículos e babacas.

    Park Jimin era o mais idiota deles. Idiota, grosso, babaca, mesquinho, mauricinho, filhinho de papai... Mas ele era muito lindo, isso eu  não podia negar.

    - Babacas! – disse Jennie, depois que eles passaram.

  O sinal tinha tocado para o primeiro período, que era de História. Na minha escola era assim, chegou direto para a aula mal tinha  tempo para respirar.

 

[~.~]

 

  Park Jimin

   Cheguei na escola e logo todos os olhares foram direcionados para mim. Eu era bastante popular e também era o capitão do time de  basquete. Tinha dois melhores amigos que estavam comigo para tudo, Taehyung e Hoseok. Estávamos passando pelo corredor e senti os  olhares das meninas queimando em cima de mim. Olhei para frente e vi ela. Park Chaeyoung, mas conhecida como meu pior pesadelo. A    garota gostava de implicar comigo em tudo, já tínhamos ficado uma vez, e foi ótimo, mas para mim não passou de uma noite. Não consigo me  apegar a ninguém, nunca me apaixonei.

  Logo o sinal tinha tocada e peguei meus materiais e fui para a sala. Todos você devem estar achando que eu odeio estudar, mas não  sempre tirei notas boas não era por que eu pegava as garotas da escola que não deixava de estudar. Era um dos primeiros da sala, mas  ainda ficava em segundo porque vocês já devem imaginar quem era sempre a primeira né. Ela. Até nisso.

  Entrei na sala e segui para uma das cadeiras de trás, porque me dava visão da sala inteira. Passei por Chaeyoung e lhe dei um  sorrisinho debochado e ela como é muito educada me mandou o dedo do meio. O professor chegou logo em seguida com dois alunos  novatos. Uma garota loira que não parecia nadinha coreana e um garoto que tinha aparência chinesa. No fim se apresentaram como Lalisa e  Jackson.

  Jackson logo sentou no lugar vago perto de Chaeyoung e os dois logo engataram em uma conversa. Ignorei e passei a prestar  atenção no professor que começou a falar de Revolução Francesa.

 

[~.~]

O intervalo finalmente tinha chegado e era o único momento para você descansar, mas não a vadia velha da diretora tinha mandado  chamarem e eu e Chaeyoung. Isso deve ser alguma macumba, essa garota tinha sempre que está envolvida na minha vida.

 - O que você aprontou dessa vez? – começou a ruiva com uma voz raivosa.

 - Eu nada! – me defendi. – Não tem como eu aprontar logo no primeiro dia, por que então não estariam chamando você também.

    1 x 0 para mim.

Ela bufou, por que viu que não teria outra resposta, sorri vitorioso. Chegamos na sala da velha e ela apontou as cadeiras na frente de  sua mesa.

- Bom, chamei vocês dois porque queria convoca-los para uma tarefa importantíssima... – lá vem bomba. – Quero que vocês sejam os  presidentes do grêmio estudantil.

- O que? Você só pode estar brincando! – falamos ao mesmo tempo.

- Não, não estou. É simples ou vocês aceitam ou vocês aceitam, Jimin você que perder o posto de capitão do time?

 Mas que pergunta besta.

 - Claro que não! – logo me exaltei.

- E você Chaeyoung que perder o posto de vocalista principal do clube de canto?

 - Eu hein, obvio que não. – Disse com uma cara assustada. Nossa diretora sabia jogar baixo, mais do que qualquer um.

 - Ótimo! Estamos resolvidos. – disse colocando os pés sobre a mesa com uma cara debochada. – Podem se retirar. Quero vocês na  escola amanhã depois do almoço.

 Bufei e sai pisando duro da sala dela, Chaeyoung vinha logo atrás de mim com uma cara na boa.

- Isso só pode ser um pesadelo – dizia enquanto passava a mão pelo cabelo. – Eu vou acordar e ver que foi só um sonho ruim.

- Eu que o diga... – falei e entrei no banheiro masculino destruindo tudo.

 Era só o que me faltava a garota que eu odeio, trabalharíamos juntos pelo resto do ano. Que o mundo de exploda agora.

De uma coisa eu tinha certeza, esse ano vai ser o pior de todos.

 

 


Notas Finais


Se você chegou até aqui obrigada por ler <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...