História Céu Estrelado - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Tags Aruani, Estrelas, Niver Do Mundo, Parabéns
Visualizações 50
Palavras 570
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sim, eu sei que eu deveria estar postando fic, atualizando fic, fazendo o que eu estou devendo neste humilde site, contudo, hoje é aniversário do meu neném, da pessoa que mais me cobra fic, então,esse é o meu presente para ela.

~Vou deixar umas palavrinhas para ela~
Naybial, o Mundo, Pulseirinha da minha vida, Parabéns.
Obrigada por tudo o que você já fez por mim, desde de me cobrar fic a secar minhas lágrimas quando eu estou desabando ( o que não é muito raro ).
Obrigada por todos os surtos de shipper ao meu lado, por ser quem você é.
Nós somos sortudas por ter te encontrando nesse mundinho.
Espero que você goste desse pequeno, mas especial, presente.
Amo você
~Fim do recadinho~


Espero que gostem
Kissus na bunda
Pata

Capítulo 1 - Capitulo Único


Não era o estilo da loira se vestir com um vestido tão chique. Piorou usar saltos de cano fino prateados. Mas aquela era uma ocasião especial. 

Naquela noite, toda a escola estava organizando o baile para os formandos, e por mais que ela tivesse pensado em não ir e que passar a noite em casa vendo suas novelas - sim, ela assiste novela - favoritas na Netfilx fosse a melhor coisa do mundo, não podia deixar o loirinho na mão, ele havia ido em uma aula de recuperação só para falar com ela e a chamar para ir ao baile com ele, a garota não teve como recusar.

Olhou-se mais uma vez no espelho, conferindo se era ela mesma que estava sendo refletida. Parecia uma pessoa totalmente diferente. 

Sorrindo com a imagem formada, logo depois de se paquerar trilhões de vezes, resolveu esperar a sua carona na sala, com o seu pai. 

O homem que estava no sofá, nunca se importou com a vida da filha, ele só queria que a loira ficasse forte para se defender sozinha, não era um pai ciumento, nem presente, por isso, não se importava se a menina ia ou não sair na sexta a noite. Annie resolveu não comentar nada com o seu pai, não tentou puxar assunto, apenas queria que o menino chegasse logo para que, finalmente, ela pudesse sair de casa. 

Suas preces não demoraram para ser atendidas. 

Assim que escutou o barulho das batidas na porta correu para atender, se deparando com o menino mais lindo que ela já viu. 

Armin estava com os cabelos ajeitados como sempre, suas roupas eram simples, mas bem elegantes, trajava uma gravata que mais parecia um lenço, contudo, não deixava de ser bonito. 

- Trouxe para você - Ele entregou um buquê de lirios brancos- Você está linda - Seu sorriso era tímido

Pegou o buquê com carinho, deixando escapar um sorriso lindo, verdadeiro, e ao mesmo tempo, tímido. 

- Obrigada, Armin - Segurou a mão do rapaz - Você também está muito bonito - O loiro corou

Resolvendo deixar toda vergonha que estava sentindo ao lado dela, a conduziu para o seu simples fusquinha e juntos rumaram para a quadra do colégio - lugar onde a festa se passaria. 

 

-...- 

 

Annie queira morrer, não estava gostando do jogo de luzes, da música alta nem das pessoas metidas a fodonas bebendo até cair, sua companhia era o loiro, que também se encontrava bastante incomodado com toda aquela festa. 

- Amin - O chamou - Vamos embora? 

O menino olhou para ela pensativo, mas logo tratou de lhe responder. 

- Eu conheço um lugar maravilhoso, acho que você vai gostar. 

Não esperou que ela concordasse em ir com ele, entrelaçou seus dedos e a levou com cuidado para fora daquela quadra, sem se importar se as pessoas de sua turma estavam ou não os vendo. 

Ele a levou para o jardim depois da quadra, não era o jardim mais bonito, mas era bem aconchegante. 

- Por que o jardim? 

- Aqui é o melhor lugar para ver o céu 

Deitou-se no chão. 

Sem ter muita escolha se deitou ao lado dele. 

Ambos não falaram nada. 

Apenas olhavam o céu. 

Aos poucos, aquele silêncio foi se tornando algo agradável. 

Aos poucos, eles foram deixando se levar. 

Quando menos se espera, ambos se encontravam de mãos dadas. 

Aquela era uma noite estrelada, carregada de sonhos, poemas e amor. 


Notas Finais


<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...