História Chá de Camomila - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol
Tags Chany, Chanyeol, Exo, Fluffy, Happy Vírus, Imagine, Park Chanyeol, Teeth Rich
Exibições 15
Palavras 867
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ficou curto mas ficou fofo, prometo <3
Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Como em todas as outras segundas-feiras, a doutora S/N veio me visitar em meu quarto, e trouxe com ela duas xícaras de chá de camomila.

                Cheguei aqui no hospital á sete anos atrás, com apenas dezoito anos, após sofrer um acidente de carro. Eu esteva me preparando para tirar minha tão sonhada carteira de motorista, então um amigo meu, Yifan, que já tinha sua carteira em mãos, decidiu me levar para dar uma volta de carro para explicar como o carro funcionava, como eram as regras de trânsito e o que eu deveria e não deveria fazer. Naquele dia estava nevando, e como consequência, a estrada estava mais escorregadia do que de costume.

                Yifan acelerou. Péssima ideia.

                Ele não sabia que mais para frente da estrada havia um lombada e quando viu, freou bruscamente, fazendo o carro capotar. Pude ouvir os gritos desesperados de Yifan e apaguei. Após isso acordei no hospital apenas no dia seguinte, com Yifan ao meu lado, e o mesmo com um braço e uma perna engessados. Logo, eu achei que estava tudo bem, e que o acidente não tinha sido grave. Mas me enganei. Quando me dei conta, eu não podia sentir minhas pernas. Eu não podia mexer minhas pernas. Eu havia ficado paraplégico.

                Na época, aquilo parecia o fim do mundo para mim. Hoje em dia, sete anos depois, eu já não ligo tanto, até porque S/N está aqui.

                S/N é minha fisioterapeuta. Ela tem minha idade, e todas as segundas-feiras vem me visitar para conversar e ver como estou indo, já que as sextas ela faz mais uma seção entediante de fisioterapia comigo. Fisioterapia é algo tão chato quanto chá sem açúcar, não entendo como S/N pode gostar tanto de exercer essa profissão.

                - Então – ela disse, se sentando ao meu lado com um sorriso no rosto – como vai meu paciente preferido?

                - O mesmo de sempre – suspirei – continuo tendo que andar com auxílio da cadeira de rodas e sinto apenas meu dedo do pé.

                - Chany – disse ela com um olhar de reprovação enquanto me entregava uma xícara de chá  – todas as vezes você me diz isso, você precisa ser mais otimista como era antes!

                - Eu não vou voltar a andar de qualquer maneira e nem ir ao banheiro sozinho eu consigo, como posso ser otimista em uma situação dessas?

                - Você não é uma criança Chany, pare de manha. E você tem uma paraplegia reversível, não é algo definitivo. Com paciência e esforço você voltará a andar novamente.

                - Sete anos de terapia e nada mudou até agora, S/N.

                - Claro que mudou! Você consegue mexer seu dedo do pé, não é? Isso é uma grande evolução, já é meio caminho andado. Sei que no seu estado é difícil acreditar que você irá andar novamente, mas a esperança é a última que morre. Quando menos esperar, estará correndo de bicicleta com Baekhyun e Jongin novamente. – suspirei e ela depositou sua mão em meu ombro – eu acredito em você.

                Ela sorriu. Aquele sorriso é uma das únicas coisas que me da vontade de continuar.

~

                Mais uma segunda-feira.  Mas esta não era uma segundo qualquer. Era meu aniversário.

                A doutora adentrou a sala com duas xícaras de chá e dois embrulhos em mãos e me entregou uma das xícaras, como de costume.

                - Yixing e Junmyeon deixaram isso para você na recepção. – ela me entregou um dos embrulhos. Abri o pacote e pude ver que dentro dele havia uma bateria e um violão em miniatura. Esses dois me conhecem melhor do que eu mesmo. – ah, eu também trouxe algo para você. – a doutora me entregou o outro embrulho, mas este era um pouco maior. Abri o pacote e me deparei com um elefantinho de pelúcia, e ao lado dele, uma carta. No envelope estava escrito “Para meu paciente favorito”. Abri.

                “Hoje é aniversário do meu paciente favorito.

                Por favor Chany, se essa carta ficar estranha ou embaralhada me desculpe, eu não sou muito boa com palavras.

                Enfim, gostaria de lhe agradecer por esses últimos anos. Foi incrível poder passar esse tempo com você, tanto que meu dia favorito da semana se tornou segunda-feira, apenas porque é o dia em que posso ver e conversar com você.

                Obrigada por tudo meu Teeth Rich!

                Com amor, S/N.”

                - Isso é muito bonito, obrigado S/N. – ela estava corada e sorria muito.

                - Eu que tenho que agradecer Chany, obrigada por tudo!

                - S/N, por que está me agradecendo agora? Por que hoje?

                - Ah, Chany... - ela fez uma breve pausa e logo continuou - Saber que a cada dia você está melhorando é ótimo, mas dói também.  É triste saber que, em algum tempo, eu não irei te ver mais todas as segundas-feiras, que eu não vou poder olhar seu sorriso brilhante todas as segundas-feiras e que a segunda-feira será só mais um dia entediante da semana para mim. – ela suspirou e uma lágrima escorreu em seu rosto. Ela estava chorando. – Você é especial para mim, Chany.

                Tudo o que eu fiz foi abraçar S/N. Foi minha única reação.

                - Eu te amo, S/N. – falei com a voz fraca. Eu estava chorando também.

 

                - Eu também te amo, Park Chanyeol.


Notas Finais


Foi isso, espero que tenham gostado!
Até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...