História Chamada de vídeo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Lay, Suho
Tags Chamada De Vídeo, Junmyeon, Lay, Layzado, Sexting, Suho, Sulay, Whatsapp, Yaoi, Yixing
Exibições 273
Palavras 1.521
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Lemon, Shonen-Ai, Slash, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, bom dia!
Cá estou eu, postando fanfic às fucking setes horas da madrugada em um dia em q eu não vou para a escola e eu podia estar dormindo até meio dia como fiz ontem... MAAS, os sonhos com o bias me fizeram surtar aí eu acordei e estou me odiando por isso OHAHEOAHAKHSKABAK

Bom, vim trazer uma Sulay Texting pq eu percebi que quase não tem fanfic unicamente Sulay, a tag sulay tá cheia mas nessas fics geralmente é Chanbaek ou Kaisoo que reina, então vim trazer o SHIPP MAIS FOFENHO DO KOKORO PRA NOIS!!!

~Já tô vendo essa fic flopando...~

Boa leitura, espero que gostem :3

Capítulo 1 - Capítulo Único - O celular novo.


Chamada de vídeo.

Depois de muito insistir, Lay conseguiu o que almejou por longos meses; um celular novo.

Chegando em casa, todo saltitante, foi para o quarto afim de mexer e encontrar coisas curiosas no celular da Motorola, um Moto G4 Plus. Como o celular vinha com a bateria carregada, conseguiria fazer muitas coisas antes da primeira carga na bateria.

Começou instalando o aplicativo principal, o WhatsApp.

Lay:

“Baby, comprei um celular novo!”

Enviou a mensagem para seu namorado, logo vendo-o ficar online, visualizar a mensagem e começar a digitar. Era assim que Yixing gostava! Isso que é prova de amor! 

Suho:

“Uh, sério?! Qual celular?”

Lay:

“Um Moto G4 Plus! Muito bom, podemos tirar fotos melhores agora!”

Enviou junto com um emoji de um coração palpitante e um emoji feliz.

Suho:

“Amor, sabe da nova atualização do Whats?”

O aplicativo havia atualizado novamente?! O criador desse App não tem mais nada para fazer não?

Lay:

“Sei, os emojis ficam grandes, por que?”

Suho:

“Não essa, bobão! Agora podemos fazer chamada de vídeo!”

Recebeu vários emojis do namorado e sorriu ao ver que o mesmo queria testar.

Lay:

“Me liga então”

Recebeu uma, duas, três chamadas mas não conseguiu atender nenhuma porque 1) Junmyeon não parava de tentar ligar, 2) ele era lerdo, tudo acontecia muito rápido e 3) o aplicativo estava pedindo permissão para acessar a câmera, contatos, arquivos, microfone, etc.

Suho:

“Ei, me atende!”

“Amor, não está conseguindo?”

“Esqueceu como se atende uma ligação?”

Junmyeon desatou em mandar milhões de mensagens interrogando o motivo para o mais novo não ter atendido suas ligações.

Lay:

“Espere um pouco, o celular tá pedindo algumas configurações”

O Kim havia parado de digitar por alguns segundos e logo voltou a digitar.

Suho:

“Aish que problemático!”

Lay ignorou a mensagem foi até às configurações, ver o que precisava para ser configurado. Depois de uns vinte e cinco minutos, ele conseguiu configurar e voltou ao Chat para fazer uma vídeo-chamada para o seu amado.

– Glória! – foi a primeira coisa que ouviu assim que o mais velho atendeu sua ligação. Junmyeon estava meio deitado e sentado, podia-se ver claramente que este usava apenas uma camisa que Yixing esquecera em sua casa e uma cueca. – Como demorou tanto apenas para configurar o Whats no celular?

– Baby, você sabe que eu tenho dificuldade de entender algumas coisas... – fez um bico indignado e o outro riu.

– Ok, ok... Como você está? – ele perguntou sorridente, bagunçando seus cabelos.

Os casal não se via à uma semana, pois Lay se encontrava na casa dos avós, na China, fazendo uma breve visita.

– Eu estou bem, e você, baby? Uh, pintou o cabelo? – surpreso, franziu o cenho ao ver que o namorado bagunçava muito os cabelos que, agora, notara que estavam avermelhados. Junmyeon olhou-o incrédulo.

– Xing, eu pintei o cabelo no domingo!

– Como não vi seu cabelo assim no Skype?! – sua expressão confusa fez o mais velho rir, apesar de estar um pouco decepcionado pelo namorado não ter notado seu cabelo, o quanto havia emagrecido ou como já tinha bíceps um pouco musculosos.

– Eu é quem pergunto isso... – virou o rosto para o lado, coçando a nuca com a mão livre.

– Jun, quando foi que você furou a orelha? – Como começara a perceber as mudanças em seu baixinho apenas agora?

– Xing, já tem uns quatro meses, até fiquei reclamando com você o quanto estava doendo – revirou os olhos. – Você até me mimou nesses dias! – tentou fazer com que o outro lembrasse.

– Não lembro disso, não.

Junmyeon bufou. Ficaram uns dois minutos se encarando, sem falar nada.

– Amor, não está desconfortável com essas roupas? Coloque uma mais leve. – pediu, preocupado com o amado.

Lay sorriu, agraciando o “comportamento de mãe” do, agora, ruivo e colocou o celular apoiado no travesseiro, para que o contato visual de ambos não fosse cortado, e começou a despir.

– Sinto tanta falta sua... – Junmyeon falou em um suspiro.

– Eu também, Baby. – Yixing respondeu, vestindo uma calça de moletom azul escura, deixando seu abdômen definido à mostra.

Ao se aproximar do smartphone, viu o menor mordendo o lábio inferior, lhe fitando inteiramente.

– Bela vista, não? – provocou e fez um riso soar do outro lado da tela.

– Espero que seja de minha exclusividade. – um sorriso maroto brotou entre uma mordida que dava em seu lábio inferior novamente.

– O quê? Mas é claro que é somente seu! – riu confuso, não entendendo o que Suho queria.

Lay pegou o celular e deitou na cama, numa posição parecida com a do outro e passou a filmar seu rosto e tronco desnudo.

– Acha que não vi as fotos que postou com sua prima, Yixing? – Junmyeon parecia... Enciumado?

– E o que tem de mais em tirar fotos com a minha prima, Jun? – ergueu uma sobrancelha, colocando o braço livre sob sua cabeça.

– Ah, qual é! Vai dizer que não sentiu que ela alisava o seu tanquinho durante aquele vídeo que vocês fizeram pro Insta? – Revirou os olhos.

– Eu realmente não senti...

– Aish! Em que mundo você vive? – perguntou irritado, cerrando os dentes.

– Quer saber? – conseguiu levantar uma curiosidade no outro, que assentiu com a cabeça. – Eu passo a maior parte do tempo pensando que quando eu voltar, eu vou te foder tão forte que você não vai levantar no dia seguinte! – disse lentamente, palavra por palavra, quase rosnando enquanto encarava intensamente os olhos desafiadores do mais velho.

– É? E o que mais você iria fazer? – Junmyeon sorriu safado, sabia onde aquilo daria e seria uma experiência legal para os dois, já que nunca fizeram aquilo.

– Vou te marcar todo! – sorriu malicioso para o namorado que tinha a cabeça caída para trás, encostada na cabeceira da cama.

– Vai me marcar aonde, aqui? – Suho provocou, arranhando de sua mandíbula, descendo para o pescoço e para a clavícula.

Ambos estavam se excitando, seus membros começaram a fazer mais volume em suas peças íntimas e o primeiro que notou isso foi Yixing, quando o celular do namorado quase escorregou, mostrando também um pouco das suas coxas não muito fartas e nem finas, do jeito que o chinês gostava.

– Ei, baby, já está excitado? – provocou o coreano, que piscou para si.

– Você sabe muito bem que, quando é você, eu me excito com muita facilidade. – umedeceu os lábios e Yixing se obrigou a morder o lábio inferior ao sentir uma onda fria descer para seu baixo ventre. – Mas não venha falar nada porque eu vi o seu estado tá? – riu.

– Mas você está assim desde que me viu trocar de roupa, que eu sei!

– Isso se chama abstinência! – se defendeu, fazendo o chinês rir. – Sinto tanta falta sua, amor... – dessa vez, sua voz saiu mais arrastada e nem um pouco inocente.

Lay retirou o braço debaixo de sua cabeça e bagunçou seus cabelos loiros, logo descendo a mão e pousando-a em sua barriga definida.

– Mas só eu farei essas coisas? Você não fará nada? Será como minha bonequinha? – provocou. Se tinha uma coisa que Junmyeon odiava era ser taxado como inútil e era isso que Yixing havia acabado de lhe chamar, pois bonecas eram inúteis para o chinês, já que este era bem crescido para brincar de casinha.

– Não, eu não serei uma “bonequinha”. – respondeu sério. Pode ser que a expressão de tesão de Junmyeon fosse excitante, mas Yixing preferia aquela expressão daquele momento, uma expressão séria de quem ameaça greve de sexo mas em questão de minutos já está gemendo com apenas beijos e mãos bobas.

– Sério? E o que fará? – umedeceu os lábios e, em seguida, prendeu a língua rapidamente entre os dentes.

– Bom... Eu farei muitas coisas com esse corpinho aí, Senhor Zhang, e irei mostrar quem é a boneca aqui! – sorriu malicioso e um tanto quanto vingativo...

– Me conta o que vai fazer. – Pediu, direcionando, discretamente, sua mão para dentro da Box, embaixo da calça de moletom.

– Resolvemos isso quando você voltar, boa noite amorzinho! – riu sacana, pronto para encerrar a ligação.

– Amor, não faz isso! – pediu rápido antes que o contato fosse cortado. – Jun! Ei! – Chamada encerrada. – Aish!

Lay:

“Baby, ficou com raivinha só porque te chamei de boneca?”

“Amor, sem vácuo, please”

“Jun”

“Suho”

“Meu beeeem...”

“Wo ài ní”

“I love U”

“Luizinho me ensinou a falar em português: Te amo você!”

“Saranghae”

“Watashi wa anata o aishite”

“Phm rak khun”

“Porra amor! Valoriza o namorado que tem! Eu disse que te amo em seis línguas diferentes, para de me ignorar!”

Suho:

“Saranghando você também <3”

“Agora vai dormir porque não quero você cansado quando voltar amanhã u.u”

Lay:

“Você vai mesmo me deixar duro desse jeito?!”

Suho:

“Só se fode aí khskajakakah”

Lay:

“Isso não se faz!”

“Quem vai sair fodido nessa história vai ser você!”

“Só me espere -_-”

Suho:

“Vou me esconder em cima da nossa cama *Moonface*”

Lay:

“???”

“Vai ser difícil te achar... Por que você simplesmente não me recebe de braços abertos na porta de casa?”

Suho:

“É sério isso Yixing? Ò.Ó”

Lay:

“O quê?”

Suho:

“Block”

Lay:

“Amor?”

Suho:

“Lerdeza tem limites, Yixing!!”

Lay:

“Ei”

“Jun”

“Sério, tu me bloqueou?”

“O que tem de tão ruim em receber o namorado com um abraço? Pode ser beijo se você quiser”

“Me desbloqueia!”

“Ah, é... Você não recebe as mensagens do bloqueado ;-;”

“Isolaaaaadoooo!”


Notas Finais


Eai, gostaram? Ohakshakoahaoah desculpa qualquer errinho, eu tava com sono quando escrevi...

Eu ri muito quando escrevi esse final, pq q o lay layzado é tão fofenho gente??? Q VONTADE DE APERTAR ESSES BEBÊS ><

Mas, tipo assim, quem aí foi trollada achando que ia ter Sexting gostoso?? Ohaeojakahakajk eu ia fazer, mas fiquei sem criatividade na hora :/

Desculpa gente, é muita cuzisse pra uma pessoa só :v

Sobre a parte dos 'eu te amo' em seis línguas diferentes... Eu já disse todas elas tentando fazer as pazes com o crush, trouxisse? Muita ohaeskwhakajk :v

Mas se vcs gostaram, comentem ai e compartilhem com as sulay shippers :3 VAMO MOSTRAR PRO SPIRIT Q SULAY REINA NESSA POHA!! u.u

Bom dia pessoal :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...