História Chamas celestiais - Capítulo 75


Escrita por: ~ e ~Bdragon

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel, Pantherlily
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Nalu, Romewendy
Exibições 50
Palavras 917
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 75 - Gelo e termas - Arco imperadores


Juvia e Gray seguiam o jovem Frost através de uma trilha na floresta. O caminho que percorriam estava demorando para ganhar um fim. Gray começava a ficar desconfiado da demora e, ao mesmo tempo, desconfortável. Não pelo fato de desconfiar de Frost, mas pelo fato de Juvia ficar agarrada em seu braço durante todo o caminho, dizendo ser um grande e romântico passeio pela floresta. Quanto mais tentava afasta-la, mais ela apertava seu braço. Era insuportável, mas, de certa forma, adorável ao mesmo tempo.

Depois de alguns minutos a mais andando, Frost para em frente ao pé de uma enorme montanha, cuja a base estava encoberta de cipós e musgo.

- Então – disse Gray – o que fazemos agora?

Frost bufa e depois responde:

- Apenas olhe direito, por favor.

Frost então levanta um braço e eleva o dedo do meio e o indicador grudados, como se segurasse uma carta com eles. Logo em seguida, com velocidade, ele faz um movimento de espada usando os dedos elevados e corta os cipós do pé da montanha, revelando um túnel escuro e frio.

- Vamos.

Todos entraram rapidamente, mas Gray, antes de adentrar o túnel, olha os cipós cortados e suas raízes e se surpreende: no lugar onde o corte foi realizado, tanto as raízes quanto as pontas cortadas estavam congeladas.

Gray, com a ideia de tentar compreender melhor o homem que seguia, tenta descobrir qual sua magia. “Aparentemente, o elemento base é gelo. Não há como saber precisamente se o poder se concentra apenas nas pontas dos dedos ou ele apenas o controlou para realizar tal feito na entrada. Uma magia cortante, já que as bases cortadas estavam lizas após o corte. Então seria uma espécie de espada gélida concentrada nos membros, sem uma forma física exata” pensou Gray.

Depois de mais alguns minutos andando, eles chegam a um local claro dentro do túnel. Tudo era azul, e o chão parecia ser feito de cristal. A sensação térmica era congelante. Gray não sentia nada, como de costume, mas se surpreendeu ao ver que Frost encarava aquilo com a maior facilidade. Juvia estava congelando, mas tentava esconder para demostrar força para Gray. Depois de um tempo, Gray nota uma certa nevoa na beira de seus pés. Ao olhar para esquerda, vê um grande lago coberto por um nevoeiro. Contudo, ele nota que aquilo não era vévoa, mas sim, vapor. Aquilo não era um lago, era uma...

- Gray-sama! Olhe, uma fonte termal!

- Sim, você está certa – assentiu Frost – esta é uma antiga fonte termal que surgiu como resultado da luta entre dois magos furiosos: um necromante de gelo e um mago com magias vulcânicas. Suas forças eram tantas que este lugar foi criado: uma grande divisa entre a caverna gélida que foi transformada em gelo pelo necromante e o lago vulcânico que aquece até o mais frio dos corações. Eles brigavam pelo amor de uma ninfa desta floresta, que para demostrar seu amor pelos dois após suas mortes, escondeu este lugar para si, para que pudesse sempre estar junto de seus amados.

Juvia se segurou para não derramar uma lagrima. Ela era fraca em relação a histórias de amor.

Gray, cada vez mais impaciente, pergunta:

- Então, o que viemos fazer aqui?

Frost bufa e depois responde:

- Um teste de batalha e...

- Teste de batalha? – Interrompe Juvia – então vamos lutar?

- Sim – responde Frost – Mas se você me deixar terminar, posso explicar melhor...

- Não temos tempo para explicações – diz Gray – apenas comecemos!

No mesmo instante, Gray cria um longo caminho espinhoso de gelo na direção de Frost, que se move com velocidade para uma pilastra de gelo no meio da fonte gelo, se segurando nela como um macaco em um galho de uma arvore.

- Agora, Juvia!

A jovem de cabelos azuis faz a água da fonte termal atacar Frost, que esquiva com facilidade, pulando da pilastra e encostando a mão na água da fonte, congelando um pequeno pedaço dela, criando um chão de gelo para se apoiar.

Frost solta algo parecido com um urro de ogro. Parecia com raiva e tédio.

- Deixem eu terminar de explicar, porra! É um teste de combate e estratégia! Vocês têm que lutar comigo e me derrotar com ataques em conjunto. Ou seja, um Unison Raid.

- Ah, então é só isso? – Indagou Juvia – então vamos lá, Gray-sama!

No mesmo instante, Juvia criou uma grande esfera d’agua em cima de sua cabeça, fazendo-a girar para ganhar potência.

- Water planer!

Gray junta as mãos e grita:

- Ice Make... increase!

No mesmo instante, várias adagas de gelo se juntam em torno de Gray.

Juvia e Gray juntam as mãos e gritam:

- Aquatic spiral! – no mesmo instante, as adagas avançam em forma de espiral na direção de Frost, acompanhadas de um turbilhão de água em forma de espiral também, que se juntam para formar uma grande adaga de água e gelo.

Mas, surpreendentemente, a água e o gelo desapareceram, virando apenas vapor.

Tanto Gray como Juvia ficaram surpreendidos e boquiabertos.

- O que... o que aconteceu? – Pergunta Gray.

Frost solta uma pequena risada e diz:

- Eu disse que era um teste de estratégia, não é? Para vencerem, vocês têm que acertar um Unison Raid em mim, só assim a batalha acaba. Mas, ao que podem ver, sempre que a água fervente se encontra com o gelo frio, ambos se anulam. Seu teste é achr uma solução para o problema em 30 minutos – ele bate uma palma – vamos começar?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...