História Chanbaek- Snapchat - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Baekhyun, Baekyeol, Chanbaek, Chanyeol, Exo, Lemon, Yaoi
Exibições 409
Palavras 599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


MEUS AMOREEEES
QUE SAUDADE DE POSTAR AQUIIII
320+ FAVORITOS, QUE ALEGRIA
Como vocês estão? Eu tô bem cansada, o colégio tá muito puxado até porque estou na reta final.
Juro que assim que eu puder, volto a atualizar frequentemente.
O capítulo tá pequeno, mas acho que dá pro gasto.
Boa leitura :3
(Tem novidades pra vocês nas notas finais)

Capítulo 12 - Igreja


Fanfic / Fanfiction Chanbaek- Snapchat - Capítulo 12 - Igreja

Depois daquela bela e maravilhosa situação, eu resolvi colocar um colchão na sala e dormir por lá mesmo já que o meu quarto se encontrava um nojo por conta daquela bicha do demônio e o Chanyeol… Bom, ele dormiu em cima de mim. Literalmente EM CIMA DE MIM.

Eu juro que tentei chutar ele, ou tirá-lo de cima de mim de todas as maneiras possíveis, só que quanto mais eu me mexia, mais a peste se agarrava em mim. Sabe quando você está andando de boas pela rua e pisa naquele chicletinho delicinha que não desgruda do seu sapato favorito por nada? Pois é, foi exatamente assim.

Ao acordar na manhã seguinte, todos os palavrões já existentes passaram pela minha mente por conta da dor corporal que estava sentindo graças ao pedaço de coito interrompido que se encontrava em cima de mim desde a noite passada.

 

-Caralho, Chanyeol… Como tu conseguiu ficar a noite toda aí? Sai fora, porra. -Disse um tanto alto para que o mesmo despertasse.

 

-Você parece um colchão de tão fofinho. É bem confortável aqui, sabia? Eu deveria fazer isso mais vezes.

 

-Seu cu. E se você me chamar de gordo mais uma vez, o que vai ficar gorda é a sua cara de tanta porrada que eu vou dar.

 

-Ai, credo. Até parece que teria coragem de fazer isso.

 

-Credo digo eu. E vai achando que eu não teria coragem mesmo, vacilão. Sai logo de cima de mim, caralho... Eu quero lavar o rego. -Ele riu e saiu.

 

Acho que nunca me senti tão aliviado por tirar um peso das costas. Literalmente.

-Chany? O que acha da gente ir pra igreja se benzer hoje? A nossa vida tá uma merda, ou uma empata foda que dá no mesmo. -Disse enquanto me sentava ao lado dele.

 

-Quem é você e o que fez com o meu macho? Igreja? Tá falando sério? Meu querido, sinto muito lhe dizer, mas se tu entra lá, só sai com um exorcismo. -Chanyeol disse, fazendo com que nós dois caíssemos na gargalhada.

 

-Tem razão… Mas mudando de assunto, você tá com um bafo da porra. Vai escovar os dentes e depois eu tomo um banho. -Disse e o mesmo fez cara feia.

 

-É mesmo, Baekhyun? -Perguntou se sentando e me encarando.

 

-AH NÃO… EU CONHEÇO ESSE OLHAR.

 

-Vem cá, amorzinho.

 

-NÃO. Eu sou muito novo pra morrer.

 

-Vem aqui, caralho. Larga de ser dramático.

 

Tentei me levantar e fugir, mas Chanyeol foi mais rápido e segurou as minhas pernas me fazendo cair. Com isso, ele  me puxou, colocou suas mãos ao lado de minhas bochechas e lambeu a minha cara. Sim, da ponta do meu queixo até a borda do meu olho esquerdo.

Filho da puta.

 

-PORRA, CHANYEOL, LARGA DE SER PORCO. SAI DA MINHA FRENTE QUE AGORA MESMO É QUE EU VOU TOMAR UM BANHO.

 

Ele ria da minha desgraça.

 

Como fui gostar daquele pedaço de merda?

 

Eu também não sei.

 

Eu fui até o meu quarto, abri o armário e peguei uma camiseta preta junto a uma box vermelha deixando as peças separadas em cima da cama. Peguei a minha toalha e segui para o banheiro.

Tomei um banho bem demorado e saí com a toalha amarrada na cintura.

O que eu não esperava, era ser surpreendido com Chanyeol me abraçando por trás, já com os dentes escovados (obrigada @deus).

 

-O que acha de terminarmos o que começamos ontem? -sussurrou em meu ouvido.

 

É hoje que eu esqueço como se anda.


Sem pensar duas vezes, me virei e o beijei ferozmente deixando sem querer a minha toalha cair.


Notas Finais


Será que dessa vez rola??

Então, minha gente, eu vou tentar atualizar a hunhan o mais rápido possível.
E lembram que eu disse que faria uma one shot yoonmin? Ela está em andamento, mas talvez não seja one shot e sim two. Ainda estou resolvendo isso,
Ahhh, tem mais... Estou começando a escrever uma fic vkook também e assim que eu pegar o meu celular no conserto e me organizar, eu postarei o primeiro capítulo.

Quem quiser conversar comigo, saber sobre as fics ou até mesmo fazer amizade, me procurem nas redes sociais:

Twitter: @laaufaria
WhatsApp: Telefone Removido


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...