História Chance de viver - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Malia Tate, Stiles Stilinski
Tags Allisaac, Marrish, Scira, Stalia, Teen Wolf
Exibições 19
Palavras 974
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OLÁ PESSOAS
Demorei bastante,né?Não tenho nenhuma desculpa pelo atraso 😑 Eu só fiquei com preguiça de escrever mesmo...ENTÃO,MIL DESCULPAS ÁS 4 PESSOINHAS LINDAS QUE FAVORITARAM A FIC 💗💗💖💗💖

Capítulo 2 - Capítulo dois: Both sides


Fazia duas semanas que Malia tinha ido no parque.Não havia trocado número de telefone e nem marcado nada com Stiles,e se arrependia disso.Estava estressada e algo a fazia pensar que se acalmaria quando escutasse a voz do novo amigo.Se oferecera várias e várias vezes para levar os afilhados no parque de novo,mas Kira disse que ela só estava querendo uma desculpa pra ir pra lá.
O celular tocou e Malia abriu os olhos lentamente.Estava de folga no dia e só queria descansar o máximo possível,o novo curso que estava fazendo era tão cansativo que ela só queria ficar deitada.E para isso a TV estava ligada e ela estava jogada no sofá.Desde pequena o som da TV era bom para a relaxar,mesmo que não estivesse prestando atenção no que passava.


–Alô?–Malia disse.
Ah!Que bom que atendeu!–Kira disse.
–O que aconteceu?Pensei que estava trabalhando–Malia disse.
E estou,mas Lydia ligou desesperada pra cá dizendo que não conseguia falar com você,então eu me ofereci para me certificar de que você iria para o chá de bebê dela–Kira disse.
–Meu Deus!É hoje!–Malia se levantou rápido e foi para o quarto–Eu esqueci completamente!
Percebi–Kira murmurou–Hoje é dia de simulado,então vou sair ás três,aí vou pra sua casa e depois vamos pra casa da Lydia,prometi que íamos ajudar na decoração–terminou.
–Certo...enquanto isso,vou comprar um presente–Malia desligou e vestiu uma roupa para sair.Nada formal.Apenas um casaco e um short.


Na rua,corria para chegar na loja rápido, pois já era duas e meia.Mas parecia que seu azar havia multiplicado.A rua estava fechada por carros de policiais.E a situação parecia bem séria.Ia voltar pra casa e arranjar algo para dar a Lydia, preferia não ficar envolvida em algum tiroteio.O latido de algum cachorro lhe chamou a atenção e quando se virou, reconheceu o cão de pelos negros.Era Derek,o cão de Stiles.Por segundos se permitiu o procurar com os olhos,foi quando escutou o primeiro tiro.O desespero a atingiu e ela ficou paralisada. Não conseguia sair do lugar e a respiração ficou presa na garganta,logo iria hiperventilar.Outro tiro.Percebeu gritos,só não conseguia ouvi-los direito.Mais um tiro.Nunca esteve tão assustada.Não escutou ou sequer viu um policial lhe puxar pela mão para trás de um dos carros.Foi quando sua consciência pareceu ter voltado com um peso de três toneladas.


–O que?...–murmurou confusa.
–Tá tudo bem?Se machucou?O que diabos estava fazendo aqui?–Malia levantou a cabeça e encontrou o rosto preocupado de Stiles.
–Vim na BabyDoll,quer dizer,eu ia pra lá–Malia respondeu.
–Não vê TV?Sabe o que está acontecendo?–Stiles perguntou.
Olhou para os lados e percebeu vários outros policiais atrás dos carros e portas dos mesmo,com as armas na mão e expressão séria.Demorou um pouco para responder Stiles.
–Não–Malia respondeu as duas perguntas.
–A gangue O'Fried sequestrou duas pessoas e estão em uma vã ali na frente–Stiles disse–A polícia avisou pela TV para ninguém sair,não reparou que não tem ninguém na rua?
–Eu estava com pressa demais pra perceber alguma coisa–Malia respondeu.


Stiles iria dizer algo mais,se um homem de farda não tivesse caído ao seu lado,sangrando.Malia soltou um grito agudo e Stiles xingou um palavrão baixinho,antes de puxar o homem para sua frente e tirar uma pinça e um lenço do bolso do colete,entregando o material para Malia.


–Vai ter que me fazer um favor,okay?–Stiles disse sacando a arma–Tira a bala do ombro dele.
–O que?!Não consigo!Sou advogada,não médica–Malia respondeu desesperada.
–Olha,você consegue,tenho certeza–Stiles disse–Vou ter que avançar e você fique aqui.
–Stiles,tem um homem baleado na minha frente!–Malia disse de forma angustiada. Depois,foi tudo muito rápido.Stiles pôs a mão em sua nuca e a aproximou de si, colando seus lábios de forma serena.Se afastou ainda mais rápido.Malia piscou algumas vezes e sentiu sua boca formigar. Porque Stiles lhe beijou?Foi só um selinho,não foi?Porque seu coração acelerou?Deve ser a adrenalina.
–Você consegue–Stiles disse e saiu do campo de visão de Malia.


Não sabia o que havia acabado de acontecer,mas resolveu ignorar.Por algum motivo,queria realmente tirar aquela bala do ombro do homem em sua frente para... impressionar Stiles.Malia só podia estar louca.Queria tirar a bala do homem para ele sobreviver,isso sim!Balançou sua cabeça e começou a tentar tirar uma bala do ombro de uma pessoa desconhecida.


*-*-*


A experiência tinha sido traumatizante.Os resmungos de dor que o homem soltava ainda ecoava em sua mente.O grito de dor da vítima também estava repetidamente a lembrando da imagem de Stiles com uma criança ensanguentada no colo enquanto o mesmo repetia várias e várias vezes que tudo ficaria bem.No final,não ficou.A mãe da garotinha havia morrido nas mãos dos sequestradores.


–Malia–Stiles disse quando chegou na sala de espera do hospital.
–Como ela está?–Malia perguntou.
–Ela levou um tiro de raspão–Stiles disse e se sentou ao lado de Malia.
–Como o policial está?–Malia perguntou.
–O médico disse que se não tivessem retirado a bala a tempo,ele teria morrido–Stiles sorriu fracamente–Você salvou uma vida.
–Você também–Malia respondeu.


A áurea tão tranquila de Stiles havia sumido.Ele parecia não ser quem Malia tinha conhecido no parque.Era evidente a tristeza que ele sentia.Isso fez Malia se perguntar se todo policial se sentia assim após falhar em proteger alguém.Ver Stiles daquele jeito lhe apertava o coração.Ela via dor em seus olhos e também a culpa.
Malia estava vendo o Stiles que ela não fazia ideia que existia.Ela já podia dizer que conhecia os dois lados de Stiles.


–Será que...–Stiles apontou para o ombro de Malia–...posso deitar?
–Ah–Malia indagou–Claro...


Stiles deitou sua cabeça no ombro de Malia e fechou os olhos.Estava cansado e super sobrecarregado,Malia percebeu isso. Ele era uma pessoa,afinal.Malia sorriu fracamente e levou a mão direita para o cabelo de Stiles,fazendo um cafuné.


–Você também salvou uma vida–Malia disse,percebendo que Stiles tinha dormido.


Notas Finais


Mais uma vez,mil desculpas pela demora 😑😌 Tentarei postar mais vezes durante a semana e tentarei não parar de escrever...
BJÃO PRA VOCÊS 😘😘💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...