História Change of life - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Visualizações 10
Palavras 940
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OIIII! Como vocês estão? Tranquilo?
Hoje eu acho que não posto mais, vai ser só na semana que vem mesmo.
Mas não tem problema né?
Nossa eu to morrendo de fome! Eu vou comer alguma coisa, Tchau!
Fiquem com o capitulo de hoje.
Bjs

Capítulo 12 - Primeiro dia de trabalho


Fanfic / Fanfiction Change of life - Capítulo 12 - Primeiro dia de trabalho

 Vou para o colégio um pouco mais cedo para evitar de encontrar o Alexy e a Rosalya no corredor. Entro na sala, me sento e pego um livro. Começo a ler, ou pelo menos ia, porque não leio nem uma linha direito e a porta se abre com alguém falando "Bom dia Misaki". Era Kentin. Fecho o meu livro e o guardo percebendo que não irei conseguir ler hoje.
 -Bom dia.-Ele se senta na minha frente.
 -Vi você vindo então decidi vir atrás para conversarmos.
 -Hum.
 -Tudo bem por você.
 -Tanto faz.
 -Você veio mais cedo hoje né? Por que?
 -Sabe até a hora que eu venho? Por acaso você não é um stalker?
 -O que!? Não! Não!-Disse ele balançando a cabeça negando.-É só que eu acabo reparando sem querer.
 -Até na hora que eu chego? 
 -Desculpe. É automatico sabe? 
 -Não, não sei.-Ele ficou sem jeito. -Eu vim mais cedo para não encontrar com a Rosalya e nem o Alexy.
 -Fujindo deles de novo?-Riu.-Mas dessa vez eles não querem te levar ao shopping.
 -Mas não muda o fato de que são irritantes.-Ele riu.
 -Eu não os acho irritantes, quer dizer, só quando eles ficam insistindo para eu fazer alguma coisa, e eles não desistem facil sabia?
 -Sei bem.
 -Mas eles realmente não são ruim. Os dois são extremamente divertido e animados, em especial o Alexy que não se cança rápido.
 -O Alexy tá afim de você não é? -Me lembro que na primeira vez que me chamaram para ir comer com eles, o Alexy falou para mim não dar em cima do Kentin pois ele já era dele. Kentin engasgou com a própria saliva quando disse isso. -Você tá bem?-Ele ficou vermelho de tanto tossir
 -Sim, claro, eu estou bem... é... você não acha que eu gosto dele não é?
 -A minha pergunta não foi essa.-A porta de abre e os dois pentelhos chegam.
 -Misaki!-Falam ao mesmo tempo.
 -O que você está fazendo conversando com o Kentin? Aqui sozinha?-Pergunta Alexy
 -Não sabia que vocês eram amigos.-Rosalya fala surpresa.
 -Desde quando vocês se falam? Ai meu Deus! Você gosta dele Misaki!? E você gosta dela Kentin!? Vocês estão junto a quanto tempo? Estão escondendo isso faz tempo? Desde antes de eu e Rosa começar a conversar com a Misaki? Por que...
 -Alexy!-Eu e Kentin falamos em sincronia.
 -Já estão até falando ao mesmo tempo!-Alexy choraminga.
 -Não estamos juntos idiotas.-Respondeu Kentin. 
 -Então vocês não se gostam?
 -Não.
 -É... hum... quer dizer, só como amigos né?-Suspiro. Mais um achando que é meu amigo. Agora são três. Droga, tá aumentando!
 -Que boom!-Alexy pula no Kentin e o abraça. Kentin tenta se afastar e obtem sucesso.
 -Não fique me agarrando idiota! É irritante! E imagine o que vão pensar de mim!
 -Vão pensar que estamos juntos!
 -Então! Isso ia ser péssimo!-Alexy faz uma cara triste.
 -Por que?-Choraminga.
 -Você ainda pergunta por que!?- Rosalya vem para perto de mim, e começamos a conversar enquanto os dois discutiam.
 -A quanto tempo?
 -Falei com ele apenas três vezes contando com hoje.
 -Sério!?-Ela sorriu-Já fizemos progresso!
 -Não é como se eu nunca falasse com ninguém.
 -Mas nunca falou com ninguém do colégio! -Sorri. Tsc.

 Na hora do intervalo o número de gente que come na sala também aumentou, agora são eu, Rosalya,Alexy e Kentin. Isso tá piorando.
 -Mas foi realmente uma surpresa. -Comenta Alexy. -Nunca imaginei que Misa iria conversar com você Kentin.
 -Eu também não.-Completa Rosalya.
 -Pois é, mas falou.-Sorri. Rosalya e Alexy olham para mim. Insistentemente.
 -O quê?
 -Conta ai.-Fla Rosalya como se estivesse bem óbvio o que ela estava querendo dizer.
 -O quê?
 -Como vocês se conheceram.
 -Não foi nada de mais. Nada de extraordinário.
 -Claro que foi! Você converso com alguém além da gente! -Falou Rosalya.
 -Eu não converso apenas com vocês está bem.
 -E com quem mais você conversa?-Perguntou Alexy.
 -Meus pais, a senhora da livraria, e outras pessoas com quem eu socializo.-Eles riram.
 -Socializo? -Fala Kentin rindo.
 -O quê tem de engraçado nesta palavra?
 -Quem é que fala "socializo"?-Continuam rindo
 -Eu.-Ainda não entendi. É tão engraçado assim?
 -Esqueçe, você não entenderia.
 -É acho que não.-Digo a ele por fim.

 Me preparo para o primeiro dia de trabalho. Vou trabalhar três vezes na semana, Segunda, Quarta e sexta-feira, durante 5 horas. Saio de casa e vou em direção ao meu novo trabalho. Eu já tinha trabalhado antes nas minha férias escolares, mas eu trabalhava em uma locadora. Creio que não vai ser muito diferente do que uma locadora, apenas irei trocar filmes por livros. 
 -Oi, bem vinda! -Me cumprimentou dona Anna, a dona da livraria.-Vou lhe explicar o que você tem que fazer, e as regras que tem que seguir.
 -Claro.-Segui ela entre as estantes enquanto ela me explicava onde ficava as seções, o que não precisava pois tinha uma plaquinha em cima de cada estante indicando os gêneros dos livros. Depois de me explicar como ela os organizava, o que não era nada complicado ela começou a me falar o que eu tinha que fazer durante esses três dias de trabalho. Basicamente era: Atender os clientes quando chegar, deixar os livros organizados, receber as encomendas de sexta-feira e organiza-las, não deixar criar pó nos livros e por fim limpar o chão todas as quartas-feiras. De acordo com ela, ela apenas me contratou por que precisava de alguém para lhe ajudar quando seu neto estava fora, pois ela era uma senhora e não conseguia ficar se abaixando para limpar e organizar os livros. E ela se cansava muito rapidamente, então preferia ficar apenas sentada cuidando do caixa. As cinco horas passaram rapidamente e eu só precisei tirar pó e atender três clientes que vieram. 


Notas Finais


E ai o que vocês acharam?
Vocês já trabalham também? Ou gostariam?
Olha, eu gostaria muito de trabalhar, mas não dá :(
Que infeliz eu sou:(
Okay pessoal, nos encontramos no próximo capítulo da minha fic!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...