História Changes and new feelings - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook Vhope Namjin
Exibições 111
Palavras 4.054
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


annyeonghaseyo, então gente essa é a minha primeira fanfic espero que vocês gostem! <3


Peço desculpas pelos erros, boa leitura

Capítulo 1 - One


Fanfic / Fanfiction Changes and new feelings - Capítulo 1 - One


Finalmente chegou o grande dia de voltar pra casa, era muito bom ficar no Brasil mas não era como Seul.
Eu sempre quis vim visitar o Brasil, minha omma sempre me falou de como era bonito, dos lugares maravilhosos que tinha e do tal Cristo Redentor que tinha no Rio de Janeiro e finalmente eu estou aqui. Eu tive que vim para o Brasil por causa de uma tia minha ela ia fazer uma cirurgia então queria a família toda presente, ela era bem intima da minha omma mas quem sempre ia nos visitar era ela.
- Mal posso esperar pra reencontrar meu melhor amigo, e a escola nova -Disse pra mim mesmo fitando o teto. Era como se eu estivesse longe por anos mas era apenas um mês.
 Eu estava nervoso em voltar tinha mais ou menos três meses  que eu não via meu melhor amigo Namjoon. Ele viajou com a familia e ficou dois meses fora e quando ele voltou não deu tempo de nos encontrar porque logo recebi a noticia que eu realizaria meu sonho de ir para o Brasil.
Fui tirado de meus pensamentos com uma batida na porta que ecoou por todo o quarto e logo seguida de uma voz doce e bem familiar.
- Vamos filho precisamos tomar café e nos arrumar ou vamos perder o voo!- Minha omma disse em um tom doce oque me fez soltar um leve sorriso, eu realmente estava animado para voltar para Seul e nervoso ao mesmo tempo, porque? Não sei mas de uma coisa eu sabia eu ia sentir muita falta do Brasil.
- Já vou omma! -Grito de volta e ouvindo os passos da minha omma descendo as escadas e se afastando de meu quarto, troquei de roupa e desci dei uma ultima olhada para o meu quarto checando se não tinha esquecido nada e fechei a porta e desci as escadas com minhas grandes malas com um enorme sorriso no rosto.
Tomei meu café e segui para o banheiro lavei o rosto e olhando no espelho me encarando por uns dez segundos e falei pra mim mesmo.
- Chegou a hora...Park Jimin!- Logo me dirigi para fora do banheiro e segui para sala onde me despedi da minha tia e segui com minhas malas até o carro. 
No caminho até o aeroporto o carro foi preenchido com um silêncio agradável e assim eu pude aproveitar a vista da janela veio um certo aperto no meu peito já que eu tinha amado o Brasil e fiz vários amigos e participei de vários eventos coisa que eu não fazia em Seul já que não tinha ninguém que gostasse pra ir comigo, eu sempre tive o sonho de ir para o Brasil então comecei a praticar o português com a esperança de um dia poder usa-lo e esse dia finalmente tinha chegado e por isso não foi difícil fazer amigos aqui.
Após um bom tempo chegamos ao aeroporto e eu fiquei andando por lá já que não estava na hora do meu voo, aproveitei e comi algumas coisas que pra onde eu iria voltar não tinha, andei quase todo o aeroporto e quando ouvi a primeira chamada avisando que meu voo se aproximava então fui a encontro de minha omma.


Já estávamos dentro do avião com um frio na barriga e os olhos ardendo por conta das lagrimas que surgiram do nada eu realmente tinha amado o Brasil iria sentir saudade de tudo que presenciei e aprendi e claro dos meus amigos que fiz aqui, eu não falo muito bem ainda o Português mas eu sabia me comunicar muito bem com meu português quebrado.
- Filho? Vocês esta chorando?- Minha omma pergunta com um tom um pouco preocupada.
-É que apesar de estar com muita vontade de voltar pra Seul eu realmente gostei daqui e não queria ir embora tão cedo- Digo levando minha mão até meu rosto e limpando algumas lagrimas que ainda insistiam em cair.
-Nós vamos voltar em breve Jimin, sua prima fará quinze anos daqui alguns meses e sua tia fez questão de se oferecer pra pagar sua passagem pra você voltar- Ela diz com uma voz doce e depositou um selar em minha testa logo seguido de um abraço quente e aconchegante.
                   .......................*............................
Finalmente chegamos em Seul foi um viagem muito cansativa mas na maioria das vezes eu começava a fazer planos em minha mente e imaginando como seria a nova escola e meu primeiro dia de aula mas isso só me ajudava a pegar no sono, na maioria das vezes que tentei imaginar algo eu sempre acabava dormindo e isso ajudou bastante para passar o tempo.
-Finalmente chegamos- Minha omma diz levantando os braços se dando por cansada por conta da viagem não era surpresa pra ela a viagem ser cansativa ela sempre ia para o Brasil a negócios e ficava em torno de uma semana por lá mas ela nunca pode me levar junto e finalmente eu realizei meu sonho de conhecer o Brasil.


-Realmente muito cansativa não vejo a hora de chegar em casa tomar um banho e se jogar na minha cama- Digo olhando para minha omma que agora me olhava com um olhar divertido e logo soltando uma gargalhada. 
-Quando chegarmos em casa descanse bem pois amanhã iremos sair bem cedo para comprar seu material escolar- Diz me dando um leve tapinha na cabeça, por um segundo eu esqueci completamente da escola.
-Iiiiiih, é verdade preciso planejar meu primeiro dia de aula e preciso ligar para Namjoon para combinarmos de ir junto para a escola-Digo animado e logo avistando o taxi que iria nos levar até nossa casa.
Entramos no carro e pelo caminho todo fomos conversando sobre coisas aleatórias e depois de uma hora já estávamos em frente ao nosso condomínio minha omma pagou a corrida e entramos em casa fui logo correndo e me jogando no sofá fechei os olhos e fiquei ali por uns 5 minutos, levantei e me dirigi para as escadas que da no meu quarto entrei tranquei a porta e fui tomar um banho, me despi entrei no box e deixei a água quente passar por cada cantinho do meu corpo e relaxando cada músculo meu aproveitei para pensar um pouco em como seria meu primeiro dia de aula. Depois de um tempo sai do box me sequei passei a toalha branca pelo meu cabelo e a enrolei na cintura indo até meu guarda roupa e tirando de lá uma calça de moletom simples cinza me troquei e deitei em minha cama fazia tempo que não dormia nela confesso que senti falta da minha casa, em meio meus pensamentos estava a escola eu realmente estava preocupado e um tanto quanto nervoso pois eu sempre estudei em escola particular e essa era pública e eu tenho medo de não fazer amizades por conta disso, na minha outra escola eu não tinha muitos amigos pois eu e Namjoon sempre fomos vistos como garotos rebeldes e algumas pessoas achavam que não seriamos boas companhias por isso não nos enturmávamos muito eu sempre quis fazer novas amizades mas Namjoon queria manter nossa reputação de durões, eu já estava cansado disso eu queria ser normal como os outros garotos queria ter um grupo e amigos pra conversar sair e dividir segredos por mais que isso soe meio gay. 
        ........................*...........................
Um som chato um som muito chato, havia muito tempo que eu não tinha esse som ecoando pelo meu quarto e adentrando meus ouvidos era meu despertador, levei uma de minhas mãos até o criado mudo que ficava ao lado da minha cama apertando qualquer botão mas não obtive sucesso em tentar desligar o despertador minha ultima opção era levantar para desliga-lo e foi isso que eu fiz, logo depois me dirigi para o banheiro tirei meu pijama e entrei no box tomei um banho quente sai enrolado em uma toalha branca abri meu guarda roupa e peguei uma peça de roupa que comprei no Brasil uma calça jeans clara com uns rasgados pelo joelho e pela coxa, uma blusa preta com inscritos branca por ela e um moletom preto com um numero escrito em branco atrás dela amarrado em minha cintura, desci tomei meu café assim que terminei peguei meu celular para ligar pro meu amigo Namjoon.
XX Ligação ON XX...
Namjoon: Alô?- Diz com uma voz rouca e sonolenta. 
Jimin: Então cara que horas posso passar na sua casa para irmos pra escola?- Digo com um tom muito animado 
Namjoon: Poxa Jimin to com uma dor de garganta foda acho que não vou poder ir pra escola hoje porque tenho que ficar sem falar pelo menos por hoje e sei que eu for pra escola não vamos parar de falar oque aconteceu com cada um durante as férias- Disse e logo soltou uma risadinha que logo seguiu de uma tosse.
Jimin: Ok então te vejo depois da escola melhoras Nam- Digo e logo depois encerro a camada e me dirijo até a porta, me despedi da minha omma e comecei a caminhar em direção a escola as ruas do meu condomínio estavam calmas só tinha movimentos dos patos e cisne que ali nadavam eu parei e fiquei observando um pouco o movimento deles era lindo eu poderia ficar o resto do dia ali observando eles mas se não me apressasse iria chegar atrasado no meu primeiro dia de aula então continuei meu trajeto.
Depois de um tempo andando avistei muita gente parada em frente a um portão parecia um protesto era muita gente fiquei impressionado não sabia que no primeiro dia de aula fosse tanta gente a escola, na minha antiga escola eu nunca ia nos primeiros dias era sempre uma grande bobeira aulas pra contarmos a turma como foram as férias apresentações e muita palestra. Mas aqui parece diferente estavam todos bem vestidos e empolgados, cada um parecia ter seu grupo ou com quem conversar tinha meninas com seus namorados garotos lendo livro juntos outros jogando no celular junto a outra pessoa e tinha até mesmo um grupo de “Bad Boys” que estavam juntos em um lodo do enorme pátio, avistei um banco vazio ali perto então resolvi ir pra lá coloquei minha mochila do meu lado e peguei meu livro e comecei a ler eu tinha esse abito de ler quando estou entediado ou seja sempre, logo senti uma pessoa sentando ao meu lado ele era bonito muito bonito ele tinha cabelos castanhos não muito escuros seu rosto era perfeito seu jeito parecia de fofo e ao mesmo tempo de abusado e isso combinava com ele...
-  Oi  - Ele disse com um enorme sorriso ele era lindo e muito fofo.
-   Oi  - Respondi lhe devolvendo um sorriso tímido 
- Você é novo aqui né? Eu sou Kim Taehyung mas pode me chamar de Tae –Disse estendendo sua mão em minha direção 
- Prazer Tae, eu sou Park Jimin mas pode me chamar de Jimin- Apertei sua mão logo em seguida 
- Quer que eu te mostre a escola?-Disse com um olhar fofo e eu não neguei ele me puxou logo em seguida me levando até o pátio central da escola e era tudo muito lindo, logo um garoto chegou perto de nós ele também era muito lindo tinha seus cabelos castanhos não muito escuros seus lábios eram carnudos seu olhar doce e calmo e seu corpo magro ele era fofo poderia se falar que ele era mais fofo que o Tae.
- Hey TaeTae quem é ele ?-Disse apontando em minha direção e sorrindo 
- Ah, esse é Jimin-Disse me dando um leve empurrão para me aproximar do garoto a minha frente
- Prazer Jimin, eu sou Kim Seokjin mas pode me chamar de Jin- Disse com um sorriso encantador e logo se aproximando de mim para um abraço retribui o abraço e logo nos separamos
-Tae desculpa te tirar do seu novo amiguinho mas eu preciso falar com você- Ele olhou sério para o Tae que apenas concordou com a cabeça e se despediu de mim e seguiu atrás de Jin, fiquei observando eles sumirem pelos corredores então decidir que iria sozinho conhecer a escola andei pelo pátio vi uma grande árvore atrás de uma sala simples que ficava no meio do pátio então decidi me sentar lá e ler meu livro até o Tae voltar então me dirigi para aquele local e me sentei lá quando ouvi um barulho parecia que estavam desenhando na terra então segui o som e foi quando me deparei com um garoto sentando em cima de um pequeno bloco e estava desenhando uma coisa qualquer no chão mas era lindo ele tinha talento pra isso, fiquei maravilhado observando aquele belo desenho depois de um tempo ele notou minha presença e logo se assustou parando sua ação de desenhar no chão e dirigiu o olhar até mim foi quando eu tive uma linda visão de seu rosto, ele era tão lindo parecia um anjo ele conseguia ser mais bonito do que Tae ele parecia um anjo com seus cabelos negros olhos escuros nariz redondinho e sua boca NOSSA sua boca era tão linda tão bem desenhada tão bem detalhada era incrível o tamanho da sua perfeição e seu rosto perfeito e liso feito pele de bebê, fiquei observando de mais a sua beleza foi quando ele percebeu e corou pela minha ação.
-  De-desculpa  - Foram as únicas palavras que eu conseguir dizer naquele momento
-Sem problemas  - Ele disse sorrindo e com uma voz calma e doce aquilo soou como musicas para meus ouvidos, e aquele sorriso foi oque mais me encantou eu poderia ficar ali pelo rosto da minha vida o observando mas como nem tudo dura muito pra mim, fui tirado do meu transe quando escuto passos correndo em minha direção era Tae e um outro garoto perfeito com um rosto magnifico e um sorriso encantador, e garoto sentando no chão logo que notou a presença de Tae se assustou e quando viu o outro garoto com quem Tae estava acompanhado arregalou os olhos se levantou e saiu correndo dali eu fiquei sem entender nada como Tae e seu amigo conseguiram assustar aquele anjinho?
-  Jimin finalmente de achei viado  - disse colocando as duas mãos no joelho em busca de recuperar o folego – Só não te mato agora porque estou cansado... Esse é o Jimin o garoto que eu te falei –Disse e o garoto se aproximou de mim me dando um abraço 
- Prazer Jimin sou Hoseok –Me lançando um olhar meigo e um lindo sorriso e eu retribuo com um outro sorriso
- Porque estava aqui sozinho com aquele garoto? E porque vocês se olhavam daquela maneira? –Perguntou confuso 
- E-eu não estava fazendo N-nada, apenas ouvi um barulho e vim ver oque era –Respondi confuso, oque ele quis dizer com “porque estavam se olhando daquela maneira”?
- Ahaaam sei –Agora a vez de Tae se manifestar, eu realmente não sei oque acabou de acontecer.
Um silêncio reinou entre nós três mas foi cortado pelo sinal que ecoou por toda a escola, Hoseok pegou a mão de Tae e foi puxando ele até a árvore que tinha ali e depositando um breve selar em seus lábios, eu fiquei chocado com aquela cena Tae e Hoseok? Quer dizer que Tae era gay? Sou tirado dos meus pensamentos com a risada escandalosa de Tae e Hoseok
- Desculpa Jimin esqueci de te contar mas eu o Hoseok somos namorados – Ele disse e se posicionou em frente o Hoseok que entrelaçou suas mãos entre o abdômen de Tae, fui tirado do meu transe por Jin que nos apressava para ver em que sala cairíamos.
Entrei no refeitório e logo ouço uma voz grossa pronunciando meu nome e falando em que sala eu cairia, me despedi dos meus amigos e subi pelas grandes escadas até chegar em um enorme corredor onde avistei minha sala entrei enquanto todos conversavam tinha vários lugares sobrando no fundo da sala me dirigi até a ultima cadeira e lá me acomodando até um homem de cabelos grisalhos entrar pela porta era nosso professor e ele estava acompanhado de um garoto espera ai...é o mesmo garoto que eu encontrei sozinho no pátio a pouco tempo atrás não posso acreditar que ele caiu na mesma sala que eu isso só pode ser um sonho.
Nossa turma por enquanto estava pequena então tinha vários lugares espalhados pela sala e o garoto estava analisando onde iria sentar e se dirigiu para o fundo da sala se sentando ao meu lado. 
Aquilo foi ótimo pra mim porque agora eu posso ficar olhando sua beleza em um ângulo muito bom e bem de perto, ele logo percebeu meu olhar sobre ele me encarou por alguns segundos e corou. Porque ele corou? E porque eu estou corado nesse exato momento?
   Aquele clima foi quebrado quando o professor começou a dar a aula era primeiro dia então não era conteúdo de prova era mais pra relembrar sobre oque estudamos ano passado e um bom tempo da aula foi para se apresentar a conhecer melhor a turma e isso era chato muito chato a única coisa boa daquela aula era apreciar a beleza daquele garoto ao meu lado aquele anjo perfeito. As aulas passaram rápido foi estranho porque todos reclamavam que tinha sido umas das aulas mais demoradas da vida deles mas pra mim passou rápido pelo fato de as vezes me pegar em transe vendo aquele lindo garoto de cabelos castanhos e lábios perfeitos.
O sinal bateu e todos saíram da sala as pressas parecia que era a coisa mais importante do mundo sair daquela sala, esperei o tumulto acabar para sair da sala mas resolvi ficar quando vi que o garoto ao meu lado não iria sair da sala, porque eu estava fazendo isso? Eu sou realmente estranho, fiquei observando ele desenhando algo muito bonito em seu caderno as vezes ele ficava sem jeito e dava leves sorrisinhos de lado ao ver minha cara de bobo o admirando e isso o fazia corar as vezes era muito lindo eu estava amando ver ele corado, tirei meus olhares de cima do garoto e deu uma leve olhada para a porta da sala que estava um pouco aberta o suficiente para ver oque se passava lá fora e os que estavam lá fora viam tudo que se passava aqui dentro e logo vi uma pessoa passando em frente a porta e dando uma pequena olhada para onde eu e o garoto estava foi quando o mesmo voltou e parou em frente a porta me observando era Jin ele logo entrou e foi até minha cadeira sentando na cadeira a minha frente e virando para mim.
- Porque não saiu para o intervalo? – Disse e logo observando o garoto ao nosso lado
- Eu apenas não me senti bem então preferi ficar aqui dentro – Falei tirando os olhares do garoto e logo dirigindo eles para Jin que me olhava com um olhar fofo.
- Vamos dar uma volta aproveitando que o Hoseok esta mantendo o Tae ocupado, assim ele não nos faz passar vergonha- Disse se levantando e sorrindo mas antes que eu pudesse o acompanhar vi ele se dirigir para perto do garoto que estava ali ao nosso lado ele parecia assustado com a ação de Jin mas logo se acalmou quando Jin começou a acariciar seus sedosos fios lisos e castanhos e logo conversando com o garoto, não vou mentir fiquei com muita inveja de Jin naquela hora e com uma curiosidade imensa oque será que Jin e aquele anjinho estão conversando? Era impossível ouvir alguma coisa pois eles falavam tão baixo que nem com aquele silêncio todo eu consegui ouvir algo do que eles estavam conversando, depois de uns 5 minutos Jin finalmente se levantou do lado do garoto e fez sinal para nos retirar da sala e eu o acompanhei deixando o garoto sozinho dentro da sala.
- Jimin porque vocês não estavam conversando? – Disse se referindo a mim e o garoto que estava sozinho comigo na sala
- Não sei...Ei posso te fazer uma pergunta?- Digo olhando para Jin com um olhar curioso ele apenas fez que sim com a cabeça e eu logo prossegui com a pergunta – Porque aquele garoto correu quando viu o Tae e o Hoseok? – Perguntei intrigado eu realmente estava curioso em saber.
- Aaah, ele correu de novo? É que ano passado no ultimo dia de aula decidimos chegar cedo para aproveitar o ultimo dia fazendo loucuras como matar aula e subir até o telhado e ficar andando pelos corredores como uma forma de despedida para nós quatro- Disse se referindo a ele Tae, Hoseok e um outro amigo chamado Suga, Tae já me falou dele enquanto estávamos conversando a caminho do refeitório - E como Tae e Hoseok namoram eles queriam aproveitar já que Hoseok iria ficar fora por 3 meses, então estávamos nesse mesmo corredor encostados no ultimo armário quando Suga resolve ir ao banheiro e demorando de mais já irritando Tae e Hoseok que só queriam aproveitar o dia, quando Suga voltou Hoseok já estava extremamente irritado pela sua demora e claro que Suga não deixou barato e fez questão de fazer uma piada de mal gosto para irritar ainda mais o Hoseok piorando a situação e com isso deram inicio a uma discursão foi quando o garoto distraído cruzou os corredores de onde estávamos esbarrando em um Hoseok completamente possuído por sua raiva e sem pensar ele gritou com o garoto assustado que apenas pedia desculpa com a voz baixa e foi oque mais irritou Hoseok que sem pensar de novo acabou empurrando o garoto contra o chão e subindo em cima dele como se fosse bater nele mas foi impedido pelo Suga que logo o empurrou de cima do garoto dando um sermão que o acalmou um pouco Suga tirou o garoto do chão e o deixou ir embora e ele foi correndo assustado e desde esse dia ele tem medo do Hoseok e dos amigos dele- Me explicou 
- Nossa! Como Hoseok foi cruel com o pobre coitado- Disse incrédulo e chocado pela historia que Jin acabou de me contar
- Foi um momento de raiva de Hoseok ele agiu sem pensar e até hoje ele tem medo de nós...E talvez seja por isso que ele te ignora- Disse dando uma gargalhada muito alta 
- Eu nunca tentei conversar com ele – Soltei uma gargalhada acompanhando ele e fomos interrompidos pelo primeiro sinal, Jin queria ir para sua sala mais cedo antes que o segundo sinal tocasse e ele encontrasse um Taehyung lhe fazendo um questionário de onde e com quem estava já que ele sempre ficava em grupo com Tae, Hoseok e Suga, então ele entrelaçou suas mãos em minha cintura e eu coloquei meus braços em seu pescoço ele me apertou muito e por conta disso fiquei por uns segundos sem ar nos separamos mas suas mãos ainda estavam entrelaçadas sobre minha cintura e as minhas pelo seu pescoço Jin era muito carinhoso comigo e com os meninos ele era o mais fofo entre todos nós, ele depositou um breve beijinho na pontinha do meu nariz oque me fez rir e retribuir depositei em seu pequeno nariz um beijinho mas oque eu não contava era que o garoto que estava dentro da sala iria abrir a porta e ver aquela sena justo na hora que encostei meus lábios no nariz de Jin o garoto abriu a porta ele ficou um pouco constrangido de ver aquilo e eu mais ainda, eu estava muito perto de Jin e ele com as mãos em minha cintura logo que percebemos a presença do garoto nos separamos e claro eu estava corado parecia um tomate de tão vermelho que fiquei, o garoto abria a boca varias vezes parecia que ia falar algo mas nada saia quando saiu foi como um sussurro. 
- D-Desculpe atrapalhar e-eu n-não queria... – Foram as únicas palavras que saíram da boca do pequeno anjinho antes dele sair correndo eu e Jin não entendemos o porque de sua ação acho que foi pela vergonha de presenciar uma cena dessas entre amigos foi constrangedor mas engraçado eu e Jin soltamos uma risada da ação do garoto mas logo depois nos abraçamos de novo e Jin seguiu para sua sala.
 


Notas Finais


Então é isso.. Espero tenham gostado <3

Mais uma vez desculpe qualquer erro... Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...