História Changing with time - Dramione - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Astoria Greengrass, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Córmaco Mclaggen, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Lilá Brown, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Pansy Parkinson, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Ronald Weasley, Theodore Nott, Viktor Krum
Tags Ação, Bruxos, Draco, Drama, Dramione, Ficção, Guerra, Hermione, Hogwarts, Magia, Romance
Exibições 499
Palavras 753
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente, já escrevi outras fics de Dramione e essa vou tentar terminar mesmo com a rotina cheia. Se gostar me fala, vou adorar saber ❤️

Capítulo 1 - Eu sou feia?


Eram quase 10:30 da manhã e ele ainda se encontrava em sono profundo, mas não era um sono tranquilo. Sonhava com a guerra, com morte, dor e sofrimento... Draco estava suando frio a esse ponto, se mexia inquieto na cama até que um grito escapou de sua garganta em um tom tão angustiando quanto o motivo pelo qual gritou. 
Havia gritado o nome dela, ultimamente era apenas o que ele sonhava, acordava todos os dias após relembrar em sua mente a tortura que Hermione sofre diante de seus olhos, podia não gostar dela, pois não gostava, mas Draco não era ruim apenas foi obrigado a ser, sentia-se  imundo pelo que a permitira passar e não se perdoava por isso.  

~ Hermione ~ 
Acordei cansada, me alojei na casa dos Weasleys depois do término da guerra, e embora me sinta acolhida aqui sinto falta dos meus pais, sinto falta do mundo trouxa.
 Às vezes penso se realmente deveria tê-los feito esquecer de mim, mas pelo menos sei que ambos estão a salvo em uma cidade pequena na França. 
Decidi que era hora de levantar e então tomei coragem e fui ao banheiro fazer minha higiene matinal, depois do banho  me olhei no espelho, eu estava com uma aparência péssima! Olheiras mais ricas do que pretas se acumularam embaixo dos meus olhos, meu cabelo mesmo molhado estava desgrenhado e seco, totalmente sem cuidados, fiquei uns minutos me olhando e então sai do banheiro enrolada na toalha.  
Quando entrei no quarto vi que Gina já estava lá, sempre sorridente com os cabelos lisos e brilhantes. Acho que fiquei talvez um pouco mais de alguns segundos olhando para o além com cara de quem não está muito alegre. 
- o que você tem Mione? Está com cara de enterro! -  a ruiva me pergunta enquanto mede distraidamente nas pontas dos seus cabelos
- Gina, seja sincera?! - ela acenou que sim com a cabeça então logo continuei - Eu sou feia? 
Acho que nunca vi alguém rir tanto na minha cara como nesse momento, entendendo aquilo como um sim gigantesco me obriguei a fazer cara de quem não liga e começar a me arrumar para o café. 
- porque isso agora? - disso respirado por dentre as risadas que simplesmente não cessavam
- Não sei, me sinto magra de mais, pequena de mais, tão simples de mais Gina! Seu irmão nem se quer me olha desde o beijo na câmara secreta 
Bom, o que aconteceu na câmara secreta foi simples na verdade, ambos achávamos que iríamos morrer então nos beijamos, após o final da guerra nunca mais conversamos disso. Para ser sincera sinto como se ele tivesse se arrependido ou simplesmente não gostou e não quer me magoar falando isso. 
- Não é nada Hermione Jean Granger! Essa guerra apenas lhe fez mal, ao seus cabelos ... - e assim fui recebi tanto "elogios" que sentia vontade de chorar já 
- Ah sim Gina, obrigada, estou bem melhor agora a amiga, ajudou taaaanto - disse de forma irônica 
- Não lhe disse por mal Hermione, pare de ser resmungona está parecendo até o meu irmão, só te disse que tem algumas coisas que podem mudar, entende? 
Gina foi me pedindo, fazendo minha cabeça até que concordei desde que o irmão dela conversasse comigo sobre o beijo que demos, e então depois isso, ela e Luna fariam o que bem entendessem de mim. 
Nós trocamos comemos e resolvemos que era hora de ir ou perderíamos o trem, então aparatamos todos, nos despedimos da Molly já que o marido estava no trabalho e embarcamos 

~ Draco ~ 
Acordei super atrasado, iria simplesmente dormir e dizer à minha mãe que perdi hora e que não ia rola Hogwarts esse ano, até que ela entra desesperada em meu quarto praticamente aos berros mandando eu ir logo. 
Acabei colocando minha calça do avesso e ela ficou mais louca ainda, quando embarquei já eram 10:58 andei até o final do trem a tempo de ver minha mãe acenando, aparentemente aliviada por "eu" ter conseguido chegar a tempo. 
Ao contrário do que demonstrava pra minha mãe não queria ir pra Hogwarts esse ano, não queria ver o testa rachado, nem o cabelo de cenoura e muito menos a sabe tudo da Granger, por incrível que parece não era por preconceito, na verdade nunca tive preconceito, meu pai tem e me ameaçava caso não tivesse. A realidade era, não queria vê-los, não queria ver ninguém porque eu sabia que todos naquela escola me odeiam profundamente. 


Notas Finais


Eae? Gostaram? :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...