História Changing with time - Dramione - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Astoria Greengrass, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Córmaco Mclaggen, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Lilá Brown, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Pansy Parkinson, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Ronald Weasley, Theodore Nott, Viktor Krum
Tags Ação, Bruxos, Draco, Drama, Dramione, Ficção, Guerra, Hermione, Hogwarts, Magia, Romance
Exibições 164
Palavras 847
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Podem me matarr!! Eu sumi mas! Estou aquiii e fiz o capitulo com muito amor e carinho!!
Queria dizer aqui né que estou MUITO FELIZ 😄 e impressionada com o tanto de favoritos e comentários que a fic tá ❤️🌹
Muito obrigada a todo mundo que comenta, da ideia e critica... Continuem conversando com a tia Duda que eu amo vocês tortinhas 🌞
Anyway, leiam aí, eu sei que tá curto mas daqui pra frente o casal principal começa a virar casal mesmo😍😍

Capítulo 13 - Provocações


~ Luna ~ 
Estava indo para as estufas, caminhando nervosamente e atenta pelos corredores do castelo deixei meus pés me guiarem até o local enquanto meus pensamentos mais precisamente sobre a noite que "passei" com o moreno me distraiam. 
Assim que adentrei no recinto meus olhos instintivamente procuraram pelos dele, falhando. Será que ele estava apenas caçoando de mim? É, deveria ser uma pegadinha de mal gosto e a noite do baile uma aposta ou algo do tipo; sentindo meu coração apertar no peito comecei a me dirigir a saída mas parei ao sentir uma mão grande me puxar pela cintura e me arrastar para perto de seu dono. 
- eae loirinha - o ouvi dizer baixinho próximo ao meu rosto 
- oi - sinto meu rosto corar com a proximidade de nossos rostos, podia sentir seu hálito frio contra minha pele - porque me pediu para vir aqui?- realmente estava curiosa sobre o porque; ele pareceu pensar em uma resposta adequada a minha pergunta por alguns, longos, segundos 
- Apenas, não sei, acho que só queria te ver - disse colocando uma mexa rebelde de meu cabelo atrás de minha orelha - talvez, por algum acaso provar de seus beijos - disse se aproximando de meu rosto enquanto suas mãos largas que estão em minha cintura fina me puxando para ele quase nos juntando tamanha era a proximidade de nossos corpos - quem sabe até mais do que isso - senti sua boca espalhando beijos sobre minha pele alva traçando  um caminho até minha orelha - ou não - sussurrou 
Nao tive tempo de responde-lhe é muito menos de raciocinar uma resposta descente, pois em questão de milésimos de segundos senti sua boca cobrindo a minha em um beijo quase afobado de tão necessitado que estávamos um do outro. 
Minhas mãos deslizaram até sua nuca puxando seu cabelo fazendo com que ele gemesse entre os beijos, aproveitei de sua distração e me distanciei dele me soltando de seu abraço; ele me olhou deixando claro que não havia entendido qual era meu objetivo, apenas puxei de dentro de mim toda a coragem que tinha e sorri sugestiva 
- Você me quer Blas? - perguntei no tom mais "inocente" que pude, ele pareceu não entender o porque de minha pergunta mas ainda sim respondeu que sim. Comecei a me afastar do moreno, pegado distância e quando estava longe o suficiente para me dar uma vantagem corri e gritei "então venha me pegar". 
Como ele era alto e ágil logo estava chegando em mim, sabia que se fossemos pegos estávamos fodidos então decidi ir para os jardins, ao longe avistei uma árvore grande. Me pareceu aconchegante. 
- te peguei - sussurrou ele após me abraçar que junto ao impulso de nosso corpos correndo resultou em uma queda na grama 
- E o que vai fazer com essa jovem inocente senhor Zabini? - perguntei sorrindo maliciosa 
- Não sei senhorita, o que ela gostaria que eu fizesse? - disse se apoiando nos cotovelos, ainda em cima de mim 
- Acho que seria indecente se eu lhe contasse - sussurrei em resposta me aproximando dele 


~ Draco ~ 
Que caralho de jantar foi esse? Tudo estava, simplesmente e completamente, fora do comum. Eu estava quase aceitando o fato da Granger não querer mais nada comigo, já havia aceito que nunca mais beijaria aquela boca delicada e que nunca mais passaria minhas mãos em seu corpo que parecia ter sido esculpido por merlim; até esse maldito jantar. 
Quando entrei no salão principal me sentei ao lado do Nott, Blas não estava la, ele me passou um pedaço de pergaminho dobrado e disse que mandaram me entregar, mas não disse quem. Desdobrei o papel e a letra que nele estava deixava claro que era de uma menina, tamanha era a delicadeza e as curvas de cada letra que soube que era da castanha 
" sei que se lembra tanto quanto eu" era apenas isso que estava escrito. 
Não tive tempo de pensar já que assim que terminei de ler ela entrou no salão e se dirigiu e sua mesa se sentado ao lado da ruiva; ela se virou pra mim e sorriu de maneira sugestiva, da mesma forma que me sorriu na noite do baile, do mesmo jeito que sorriu quando a beijei. Ela não só lembrava como eu, ela me queria como eu a queria, mas diferente de mim (até o presente momento) ela queria brincar 
Ah castanha, com fogo não se brinca, pensei, o jantar se passou vagarosamente enquanto trocávamos olhares discretos mas que deixavam claro nosso objetivos. 
Xx 
Agora que estou indo para as masmorras escrever uma cartinha para a dona dos olhos cor de avelã que me instigaram durante a última hora. Entrei em meu quarto peguei um pergaminho e uma pena, com uma caligrafia perfeito permita-me dizer escrevi: "que me lembro como você não é mentira, mas será que não preciso refrescar sua memória?" 
Não assinei, ela saberia, não só saberia como entenderia o recado; que comece o jogo Hermione apenas não esqueça que não se joga sozinho. 


Notas Finais


Eae tortinhas, curtiram? Vou atualizar as outras fics e já volto ❤️
Beijinhos de 🍫. E até a semana que vem (ou antes né, vai que)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...