História Chantaje - One Shot - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diplo
Tags Diplo, One-shot, Romance
Exibições 24
Palavras 1.144
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Musical (Songfic), Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, tive a ideia de uma continuação para "Needed Me" que percebi que muitas pessoas gostaram e decidi postar... Na minha cabeça tinha ficado muito melhor, mas faz tempo que não escrevo então não ficou do jeito que queria...
Espero que gostem, foi inspirada em "Chantaje" da Shakira com o Maluma.
Leiam com a música (link nas notas finais)

Capítulo 1 - Ven y dímelo en la cara


Wesley escolhia as palavras enquanto abotoava a camisa branca. Stela estava deitava na cama em sua frente, com o corpo coberto com o fino lençol branco e observava os movimentos das mãos do loiro que já ajeitava a gola da camisa.

- Acabou - Ele simplesmente disse fazendo com que um pequeno "o" se formasse nos lábios da morena - Hoje foi a última vez - Ao mesmo tempo que dizia a ela queria convencer a si mesmo do que estava dizendo.

- O que? Que brincadeira ridícula, Wes - Ela disse rindo, mas o nervosismo era perceptível em sua voz.

"Cuando estás bien te alejas de mi

Te sientes sola y siempre estoy ahí

Es una guerra de toma y dame

Pues dame de ese que tiene ahí"

- Eu não estou brincando, Ste - O quarto ficou em silêncio por algum tempo, Stela parecia não acreditar no que acabara de ouvir e procurava por respostas no olhar de Wesley, que lutava para não voltar atrás em sua decisão e agarrá-la naquele momento.

- Mas... Por que agora? Nós estamos em Capri, um lugar paradisíaco, longe de tudo só para ter um tempo para nós e você decide estragar tudo do nada?

Ele estava estranhando a reação dela, imaginava que ela tentaria seduzi-lo novamente ou simplesmente mandá-lo embora, mas estava sendo diferente do que imaginava, estava vendo uma Stela que se importava com ele e preocupada em perdê-lo.

"Oye baby, no sea mala

No me deje con las ganas 

Se escucha en la calle

Que ya no me quieres

Ven y dímelo en la cara..."

- Porque eu cansei de ser usado por você... - Passou a mão pensativo na barba que estava crescendo - E até onde eu sei eu sou seu amante, seu namorado sabe que você está aqui? - Disse sentindo um nó em sua garganta.

- Namorado?

- Não se faça de idiota, outro dia mesmo tinha fotos por todos os lugares de você com aquele jogador que eu nem sei o nome.

- Manuel? - Ela riu - Nós não estamos juntos, é tudo comercial, Wes - Engatinhou até ele, ficou de joelhos e deu-lhe um selinho sem se importar se o lençol tinha caído e estava totalmente exposta à ele, que respirou fundo mantendo o controle.

"Pregúntale a quién tu quieras

Vida, te juro que eso no es así

Yo nunca tuve una mala intención

Yo nunca quise burlarme de ti

Conmigo ves, poco se sabe

Un día digo que no y otro que sí"

- Wes, abra os olhos, olhe para mim.

- Não posso, Stela, eu te amo, mas eu sei que você nunca vai ser realmente minha e...

- Wes - Ela disse com a voz firme interrompendo-o e segurando seu rosto com as mãos - Olha na droga dos meus olhos e escuta o que eu vou te dizer: onde nós estamos? Isso mesmo, na minha casa de férias em Capri, um dos destinos mais românticos que eu conheço e preciso repetir novamente que estamos na MINHA casa? Isso não te diz absolutamente nada? Wes, você está no meu mundo e eu não sei mais viver sem você, sua companhia, suas risadas, suas brincadeiras, seu carinho, seu corpo, seu toque, seu tudo! Você não percebeu até agora que eu também te amo? - Ela dizia mais exaltada e ele parecia não acreditar no que ouvia.

"Yo soy masoquista

Con mi cuerpo un egoísta

Tú eres puro, puro chantaje

Puro, puro chantaje

Siempre es a tu maneira

Yo te quiero aunque no quiera

Tú eres puro, puro chantaje

Puro. puro chantaje

Voas libre como el aire

No soy de ti ni de nadie"

- Então por que você não fica comigo?

- Eu...  Eu tenho medo de relacionamentos, Wesley, você sabe que eu não assumo nada com ninguém.

- Por dinheiro você assume.

- Porra! Você não ouviu nada do que eu acabei de dizer? - Sentou-se decepcionada e puxou o lençol para se cobrir. Estava excedendo seus limites para tê-lo, expondo-se de corpo e alma e ele parecia fingir que ela não estava ali, que tudo o que ela dizia era em vão. Wesley pegou levemente em seu queixo para que ela olhasse em seus olhos e percebeu que ela não estava dizendo aquilo da boca pra fora, mas ele não podia passar a vida inteira naquele romance escondido, queria falar para todos que ela era sua mulher, morar com ela, viajar com ela sem se importar com paparazzi, assistir jogos de basquete, tudo o que eu casal normal faria.

"Como tú me tientas cuando tú te mueves

Esos movimientos sexys siempre me entretienen

Sabe manipularme bien con tus caderas

No sé porque me tienes en lista de espera"

- Eu simplesmente não suporto a ideia de ter outro te tocando ou agindo como se o fizesse, e eu simplesmente ser aquele cara que você vai visitar escondida no meio da noite... Se você realmente me ama por que não me aceita? E por que você esperou todo esse tempo?

- Eu nunca disse isso para nenhum outro homem, Wes, eu sempre tive medo porque eu sempre imagino que se eu me permitir isso você vai perder o interesse em mim ou me abandonar depois de um tempo - Ela tinha a voz embargada - Como está fazendo agora... E...

- Ste...

- Eu estou grávida, Wes - Os olhos do loiro arregalaram-se ao ouvir aquilo, não esperava que ela lhe dissesse algo do tipo. Mas não pode deixar de sentir um calor no peito ao saber que seria pai - O filho é seu, apesar de você imaginar que eu saio com vários caras você é meu único há muito tempo.

- Casa comigo, Stela.

- O que?

- Casa comigo? - Wesley tinha um sorriso largo no rosto e percebeu que Stela estava mais tranquila com sua expressão positiva, apenas temia que ela dissesse não para ele mais uma vez.

- Sim - Ela respondeu e ele viu seu sonho sendo realizado, já podia imaginar seu futuro com ela e os filhos brincando na praia enquanto os assistiam. Stela seria uma Pentz - Ainda vai embora?

- Nunca.

Ele tomou seus lábios num beijo apaixonado e ela desabotoava os botões de sua camisa, aquele era um novo começo para eles, tudo mudaria dali para frente e as coisas não seriam fáceis, mas eles se amavam o suficiente para fazer dar certo.

"Te dicen por ahí que voy haciendo y deshaciendo

Que salgo cada noche, que te tengo ahí sufriendo

Que en esta relación soy yo la que manda

No pares bola a esta mala propaganda"

Estavam deitados um ao lado do outro, ofegantes e com olhares intensos. Wesley a puxou pela cintura e ela o abraçou sentindo as batidas de seu coração voltarem ao ritmo normal.

- Eu te amo, Wes.


Notas Finais


Música: https://www.youtube.com/watch?v=6Mgqbai3fKo

O que acharam?
Não se esqueçam de comentar, quem sabe não me inspiro para continuar outra OS ou fazer uma nova??
Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...