História Chapeuzinho Vermelho - Capítulo 48


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chapeuzinho Vermelho
Personagens Chapeuzinho Vermelho, Lobo Mau, O Caçador, Personagens Originais
Visualizações 23
Palavras 906
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Josei, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii pessuuuu , demorei mas trouxe um capítulo grandinho até pra compensar .

Espero que gostem , Boa leitura♥

Capítulo 48 - Capítulo 48


Kalise


Acordei sentindo eu leve ar frio em meu corpo desnudo e Nathaniel sussurando alguma coisa que eu não entendi. 

Abro os olhos e assim que ele me vê acordada me olha com um olhar assustado se levanta e se veste as pressas e sai do quarto, antes mesmo que eu pudesse dizer alguma coisa .

Me levanto um pouco tonta e sentindo dores e ardências em alguns pontos do corpo , ainda nua paro na frente do espelho e observo meu corpo cheio de marcas rochas e avermelhadas e me lembro da noite passada.


*Flashback on*


Acordo com Francis adentrando no meu quarto com certa violência , ele estava com Lux no colo.

-Não sei o que aconteceu então não me pergunte , Nathaniel está descontrolado , quase arrombou a porta do meu quarto e me pediu pra pegar as crianças e avisar Minerva.-Ele diz pegando meu menino e saindo


Logo em seguida Nathaniel entra no quarto com certa dificuldade apesar da porta estar aberta.

Eu ja vi ele assim algumas vezes mas não podia ser...


Ele cai ajoelhado e da um grito de agoniado e de dor


Eu ainda estava chateada com ele mas não podia deixar ele ali , se Hakuryu o consumisse ele poderia ficar como o Castiel ou até pior .

Observo ele arfando alguns segundos e vou até a porta a fechando devagar , me aproximo dele decidida a fazer tal ato , afinal não seria a primeira vez .

Selo nossos lábios com um beijo carregado de desejo que vai ficando mais intenso , nos separamos por falta de ar e eu vejo a sua expressão surpresa sendo transformada em uma visão opaca e sem vida. 

Nesse momento soube que ele ja não estava mais sob controle de si.

Ele me beijou novamente mas agora com uma voracidade tremenda , nos levantamos e ele me jogou com força na cama.


-Pelos deuses- disse arfando 

Ele veio subindo na cama parando entre minhas pernas me dando mais um beijo mas agora mais calmo.


-Foge , você sabe que não to sob controle do meu corpo - ele disse com dificuldade e com uma voz grossa se sobrepondo a dele


-Não se preocupa comigo , eu vou ficar bem.


O beijei passando tranquilidade mas logo foi voltando a ficar mais feroz.

Ele desceu beijos e mordidas do meu pescoço aos meus pés ainda por cima da minha camisola fina .

Desceu as mãos pela minha roupa a rasgando com força me deixando apenas de calcinha.

Ele dava apertões nas minhas coxas e na minha bunda me fazendo arfar e gemer .

-Nath...a...niel 

Ele da um sorriso de canto carregado de luxúria

Ele começou a chupar meu seio direito, dando fortes chupões e algumas mordidas enquanto massegeva o esquerdo. 

Desceu a mão direita até minha intimidade que a essa altura já estava encharcada .

Os olhos dele voltaram ao normal -Sabe...que...se...eu..começar. .. não...da...pra...parar - disse arfando ainda com a voz grossa se sobrepondo a dele 

Só tive tempo de acentir quando seus olhos voltaram ao vazio.

Ele arrancou a calça numa velocidade incrível e tirou sua boxer preta revelando sua enorme ereção , sem pedir licença adentrou com tudo na minha intimidade dando estocas fortes e profundas .

Eu me contorcia de prazer

E dor ao mesmo tempo .

Com dificuldade troquei de posição ficando de frente pra ele enquanto me fazia sentar com força tentando acompanhar o ritmo dele .

Arranhava as costas dele pelo excesso de tesão misturado com dor até que sinto o meu ápice. 

-Nath...Se...Estiver ... me ... ouvindo... é...agora...

Ele se ajeitou e liberou suas presas fincando as em meu pescoço junto ao meu orgasmo.

Amoleci em seu colo enquanto sentia o líquido quente escorrendo de meu pescoço e ele se acalmando aos poucos.

Ele parou e eu o olhei levemente aliviada .

-Não foi o suficiente Kal , ele precisa de mais . - disse agoniado voltando ao estado de transe


Ta.. agora eu fiquei assustada .

Ele me pegou pelos cabelos e me deu varias mordidas sugando meu sangue , ja não sentia mais nada quando senti seu corpo cair contra a cama e eu apagar .


*Flashback off*


-Pelo menos ele está bem...-pensei alto.


Fui pagar Phoenix no esconderijo mas encontro Minerva o aninhando.Ela me viu e abriu um sorriso me entregando o bebê que dormia tranquilamente. 


-Sabe me dizer o que houve?- disse apontando para os meus hematomas claramente visíveis


-Hakuryu, sabe o que é mais incrível ? Faz anos que ele não toma o controle de Nathaniel.


-Complicado, parece que eles foram atacados por algo enquanto conversavam . Francis está tentando acalmar a Carrie até agora.


-Castiel?


-Não... Castiel não tem esse poder . O que os atacou é muito mais forte que ele.


-Era só o que nos faltava mas vamos resolver isso, você pode ficar com ele mais um pouco? Preciso conversar com o Nathaniel , prometo ser rápida. 


-Posso sim


Entrego Phoenix a ela e saio da sala indo em direção ao quarto de Carrie, onde estava Léo, Francis e Nathaniel que estava sentado Carrie, fazendo carinho enquanto dormia .


Ele me olhou com tristeza. 


-O que aconteceu com ela? - disse entrando no quarto


-Não sabemos , ela está presa em algum tipo de transe onde desperta medo nela , ela tem esses momentos que se acalma mas logo volta.


Me aproximei dela que estava respirando forte e com dificuldade , com certeza mais um pico de terror, sussurei em seu ouvido


"Desatea"


A respiração dela se acalmou e ela caiu num sono profundo .


-Agora ela vai ficar bem .- Olhei para o Nathaniel que estava ao meu lado - Será que podemos conversar?


Continua ...






Notas Finais


Até a próxima pessoal♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...